Projeto de pesquisa para elaboração do tcc
14 pág.

Projeto de pesquisa para elaboração do tcc


DisciplinaProjeto de Intervenção Serviço Social78 materiais604 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Elizerte Martins Noronha
TEMA DO PROJETO DE TCC
A importância do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no cotidiano, atendimento e atividades do CRAS/PAIF.
O Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à disciplina de Projeto de TCC \u2013 do Curso de Serviço Social \u2013 do Centro Universitário Leonardo da Vinci \u2013 UNIASSELVI, como exigência parcial para a obtenção do título de Bacharel em Serviço Social.
Nome do Tutor - Ana Claudia Costa de Lima
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO ......................................................................................................................4
2 APRESENTAÇÃO DO TEMA ...............................................................................................5
3 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL ..................6
4 JUSTIFICATIVA ....................................................................................................................7
5 OBJETIVOS DA PESQUISA.................................................................................................8
5.1 OBJEIVO GERAL...............................................................................................................8
5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS..............................................................................................8
6 METODOLOGIA DE PESQUISA:..........................................................................................9
7 CRONOGRAMA..................................................................................................................10
8 REFERÊNCIA......................................................................................................................11
REFERÊNCIA.................................................12
APÊNDICES.......................................13
1 INTRODUÇÃO 
Este estudo trata-se de um projeto de pesquisa acadêmica, que objetiva atender as necessidades de conclusão do curso de Serviço Social, assim sendo, pensar, planejar e formular o projeto de TCC e ter como finalidade, analisar a importância do Serviço de convivência para o fortalecimento de vínculos familiares, com enfoque, no serviço de convivência, (SCFV) no CRAS, ou seja, na relevância das ações voltadas para este seguimento.
O SCFV é um Serviço de proteção Social Básica do SUAS \u2013 Sistema Único de Assistência Social, o mesmo é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI). O Serviço de convivência e Fortalecimento de vínculos (SCFV) realiza atendimentos em grupos únicos, sem divisões, a as atividades são, roda de conversa, palestra, atividades recreativas entre outras. 
Este é um tema discorrido no campo da política da assistência, nesse sentido, acredito que essa pesquisa será de grande importância para a população do bairro da Portelinha, e para a política, por ser um campo pouco pesquisado, o objetivo geral desta pesquisa é averiguar os benefícios do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para as famílias no CRAS \u2013 Portel. Nesse contexto, temos como objetivos específicos: 1) complementar o trabalho socioassistencial com famílias, prevenindo a ocorrência de situação de risco social e fortalecendo a convivência familiar e comunitária; 2) a importância do reconhecimento familiar e o aprender, a partir de uma inclusão social iniciada no seio da família; 3) traçar estratégias através das rodas de conversa, do lúdico, e do convívio familiar e comunitária, para o enfrentamento das questões sociais; 4) identificar a influência do Serviço Convivência e Fortalecimento de Vínculos na história de vida dos usuários do serviço local, com foco nas famílias com crianças de 0 a 12 anos. ;5) prevenir a institucionalização e a segregação de crianças, assegurando o direito à convivência familiar e comunitária; 6) Oportunizar o acesso às informações sobre direitos e sobre participação cidadã, estimulando o desenvolvimento do protagonismo dos usuários; 7) Promover através da boa convivência familiar o bom rendimento escolar; 
Todas as atividades desenvolvidas, tem como finalidade: promover a socialização entre os usuários, o fortalecimento dos vínculos familiares, o sentimento de pertencimento de identidade e a troca de experiencias.
Partindo dessa realidade de convivência com o próximo, podemos dizer que é o melhor experimento, que a vida pode proporcionar. Pois ela nos ensina além dos livros, além da formalidade, além dos conceitos pré-concebidos.
E nesta análise, podemos acompanhar, como a realidade de uma comunidade pode se beneficiar com a política pública intermediada de forma igualitária. Quero pontuar que a convivência é um fator importante e indispensável na vida de todos os sujeitos.
A Assistência Social teve o cuidado em organizar um serviço que atenda a necessidade e a demanda das comunidades, então surgiu os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV, para as famílias atendidas.
Infelizmente, mesmo com um grande potencial de mudança que tem o serviço de convivência para os usuários, ainda enfrentamos muitas dificuldades para que o mesmo venha surtir o efeito desejado. Faltam recursos materiais e humanos, faltam salas adequadas para receber essas famílias, entre tantas coisas mais que poderíamos enumerar, que torna insatisfatória o serviço dentro do CRAS Portelinha.
Mas apesar de todos esses entraves, o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, proporcionando aos seus usuários, o resgate para uma boa convivência familiar e comunitária, a promoção social, a construção e reconstrução de suas histórias e vivencias individuais e coletivas. 
Este estudo consiste em uma pesquisa bibliográfica de campo e será de natureza qualitativa com caráter exploratório. A pesquisa qualitativa com caráter exploratório, estimula os entrevistados a pensarem livremente sobre algum tema, objeto ou conceito.
Que segundo Cervo e Bervian (1996) é muito empregada pelos pesquisadores, e também deixar o público alvo a vontade para expressar suas realidades. 
Assim, uma vez traçado o plano de ação, até a comunidade em que as famílias estão inseridas, é importante considerar que, o planejamento e elaboração deste projeto, tem que ser visto como um trabalho pautado entre teoria, e o conhecimento da ação que se quer efetivar. Verifica-se, que, é esta proposta deste projeto, promovida pela aluna estagiária do curso de serviço social, da instituição de ensino Uniasselvi desta cidade, sendo realizada junto aos Gestores do CRAS, famílias usuárias da Política de Assistência Social.
2. APRESENTAÇÃO DO TEMA
 A proposta desta pesquisa, justifica sua importância na proporção que identificamos as necessidades de famílias com crianças em situação de vulnerabilidades sociais e afetivas.
 Dentre os principais fatores estão: crianças que passam a maior parte do tempo na rua, sozinhos em casa com outras crianças, por ausência dos pais na escola, por situações de separação entre cônjuge, alcoolismo na família, brigas, trabalho infantil etc.
 Estes agravantes, resultam em uma grande fragilidade no seio familiar, e pouco rendimento escolar das crianças, problemas estes, que serão agravados com tempo, decorrente da falta de afeto e de uma boa convivência no âmbito familiar.
 Neste sentido nosso projeto está voltado para o fortalecimento dos vínculos familiares, através de, palestras, rodas de conversa, brincadeiras, tudo para que, as famílias escritas no SCFV possam desfrutar de um momento pensado especialmente para elas. 
 O objetivo deste projeto, é coletar os dados para a pesquisa e trabalhar a integração familiar e comunitária, como forma de potencialidade, visando, fortalecer, e ir de encontro com a fragilidade observada.
 Assim contribuir com as famílias que estão inseridas no CRAS Portelinha, e ainda, promover momentos de socialização, troca de experiencias,