A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
AV I SOCIOLINGUISTICA UNIASSELVI

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina:
	Sociolinguística (LED02)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:512576) ( peso.:1,50)
	Prova:
	17712376
	Nota da Prova:
	5,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	A sociolinguística é um campo de conhecimento da linguística importante para os avanços científicos acerca da linguagem e na prática pedagógica de profissionais de Letras. Considerando a constituição da sociolinguística como uma escola de pensamento da linguística, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) As contribuições de Saussure servem de importante fundamento para a formação do campo de estudos sociolinguísticos nos Estados Unidos, utilizadas nas ideias de William Labov.
(    ) A sociolinguística pressupõe que, se não quisermos privar a língua de sua realidade, a variação linguística não pode ser separada das condições externas de que ela depende. 
(    ) O estudo estruturalista impulsiona a sociolinguística variacionista laboviana, na ancoragem de uma abordagem associal e abstrata à língua.
(    ) As metodologias de pesquisa na sociolinguística variacionista, que apresentaram fenômenos da variação e da mudança linguísticas, inovaram os estudos sobre as línguas.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - F - V.
	 b)
	F - V - V - V.
	 c)
	V - V - V - F.
	 d)
	F - V - F - V.
	2.
	A diversidade linguística é motivada por inúmeros fatores externos, que são: gênero/sexo, idade, escolaridade, contexto de interação social, dentre outros. Nesse sentido, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Os fatores externos à língua dizem respeito à organização sociocultural da comunidade de fala.
(    ) Estudos sociolinguísticos mostram que o fator gênero/sexo é o único que não pode influenciar na variedade usada pelo falante.
(    ) Os efeitos da escolarização nas variáveis linguísticas serão aqueles que procuram preservar as formas de prestígio e a padronização da língua.
(    ) O fator que influencia na escolha da variedade adequada para cada situação de fala é o contexto social de interação.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - V.
	 b)
	F - F - F - F.
	 c)
	V - V - F - V.
	 d)
	F - V - V - F.
	3.
	Sempre que, em uma sociedade, as pessoas utilizarem uma variedade em comum, dizemos que esta é uma comunidade linguística. Com relação à ideia de comunidade linguística ou de comunidade de fala, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A comunidade de fala é o grupo de pessoas que utilizam o mesmo conjunto de regras de uma língua.
(    ) A comunidade de fala não precisa necessariamente falar a mesma língua.
(    ) Os indivíduos de uma comunidade de fala NÃO utilizam todas as variantes em comum.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - F.
	 b)
	V - F - V.
	 c)
	F - V - F.
	 d)
	V - V - V.
	4.
	A variação linguística pode ser compreendida como o processo pelo qual duas formas, com um mesmo valor de significado, podem ocorrer em um mesmo contexto. Dizemos, portanto, que as diferenças de uso da língua provêm de diferentes variações, que podem ser: diastráticas, diatópicas, diacrônicas, diafásicas e diamésicas. 
A seguir, você encontrará definições de expressões idiomáticas da língua portuguesa retiradas de dicionários disponíveis on-line:
Dicionário Mineiro
UAI u.a.i. 1. O correspondente ao UÉ dos paulistas: Uai é uai, uai! [1]
Dicionário Goiano
Uai - palavra que normalmente não tem sentido, mais ou menos como o tchê do gaúcho. Usada normalmente para respostas.
EX.: Pergunta: Goiano, você vai à festa hoje? Resposta: Uai, vou!
Nota do Gump: Dá a impressão de que o uai é parecido com o ué usado em outras regiões. Contudo, o ué muitas vezes é usado no caso de a pessoa achar a pergunta estranha [...]. [2]
Dicionário capixaba
Capixaba não SE ESPANTA, fala IÁ (o equivalente ao uai dos mineiros). [3]
O tipo de variação linguística mais característico das definições e exemplos apresentados é a variação:
FONTE:
[1] http://www.bernabauer.com/dicionario-mineiro/. Acesso em: 10 maio 2011.
[2] http://www.christiangump.net/guia-de-cidades/dicionrio-goians. Acesso em: 10 maio 2011.
[3] http://www.malcteria.net/vepiada.asp?nome=63. Acesso em: 10 maio 2011.
	 a)
	Diatópica.
	 b)
	Diamésica.
	 c)
	Diastrática.
	 d)
	Diacrônica.
	5.
	A variação linguística de uma língua é o modo pelo qual ela é usada, sistemática e coerentemente, de acordo com o contexto histórico, geográfico e sociocultural no qual os falantes dessa língua se manifestam verbalmente. É o conjunto das diferenças de realização linguística falada pelos locutores de uma mesma língua. Todas as línguas possuem variações linguísticas. Estas variações são decorrentes de inúmeros fatores. No que se refere à variação diastrática, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A variação diastrática relaciona-se às diferenças linguísticas nos vários estratos sociais das comunidades linguísticas.
(    ) Os estratos sociais são classificados como faixa etária e escolaridade apenas.
(    ) Os grupos sociais participantes de estudos que enfocam a variação diastrática podem adotar, muitas vezes, gírias ou jargões.
(    ) As gírias ou jargões são utilizadas sempre por pessoas de maior escolarização.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	V - F - V - F.
	 d)
	F - F - V - F.
	6.
	A língua é a característica que nos difere dos demais seres, permitindo-nos expressar sentimentos, revelar conhecimentos, expor nossa opinião frente aos assuntos relacionados ao nosso cotidiano, e, sobretudo, promovendo nossa inserção ao convívio social. Todas as línguas possuem variações linguísticas. Essas variações são causadas por inúmeros fatores. No que se refere à variação diatópica, analise as seguintes sentenças:
I- As diferenças existentes entre a língua portuguesa falada e escrita nas diferentes regiões do mundo e dentro do Brasil são exemplos de variação diatópica.
II- Falar em variação diatópica é exatamente o mesmo que falar das diferenças fonológicas e lexicais da língua por razões geográficas.
III- Para os estudos linguísticos, a variação diatópica somente é caracterizada pelas diferenças que ocorrem na língua portuguesa falada.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 d)
	As sentenças I e II estão corretas.
	7.
	Língua natural é qualquer linguagem desenvolvida naturalmente pelo ser humano, e que por isso mesmo implica interações sociais de sua vida. Podemos dizer que as línguas, a partir de uma percepção social, variam de acordo com inúmeros fatores. No que se refere aos fatores que determinam a variedade entre as línguas, analise as seguintes sentenças:
I- Um dos fatores de variação é o que diz respeito à região do falante. Cada região possui características fonéticas distintas.
II- A situação na qual o falante está no momento da fala também é fator de variação.
III- Nível social e escolaridade devem ser desconsiderados quando se trata do estudo da variação linguística.
IV- A "norma culta" brasileira é composta por diferentes variedades linguísticas.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I, II e IV estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 d)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	8.
	O termo "norma-padrão" é alvo de discussões no campo da Sociolinguística. Para podermos participar dessas discussões, é necessário que conheçamos, primeiramente, o conceito ao qual esse termo remete. Sobre a norma-padrão, analise as seguintes sentenças:
I- A norma-padrão consiste na língua falada pelas pessoas de maior escolaridade.
II- A norma-padrão ou norma culta corresponde às variedades prestigiadas faladas por determinados

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.