A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
atividade 4 sist cardio 1

Pré-visualização | Página 3 de 3

gasosas, porém recém-
nascidos prematuros têm complicações respiratórias frequentemente graves que podem levar à 
morte. A principal causa delas tem relação com a produção de surfactante.
 
GANONG, W. F. Fisiologia médica . 22. ed. Porto Alegre: AMGH, 2010.
 
SADLER, T. W. Langman : embriologia médica. 13. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 
2017.
 
Com base na leitura do seu texto base e dos seus conhecimentos prévios sobre o assunto, 
analise as seguintes afirmações e a relação entre elas.
 
I. Quando ocorre o nascimento de bebês prematuros, a ausência de surfactante pode levar a 
complicações respiratórias devido à alta tensão superficial nos alvéolos.
 
PORQUE
 
II. A produção de surfactante nos pulmões só ocorre após o nascimento, agindo de forma a 
diminuir a tensão superficial e evitando o colapso alveolar.
 
Assinale a alternativa correta.
Resposta Selecionada:
Incorreta As proposições I e II são verdadeiras, e a II é justificativa da I.
Resposta Correta:
Correta As proposições I e II são falsas.
Feedback da resposta: Sua resposta está incorreta. Quando o recém-nascido é 
prematuro, o problema não é a ausência de surfactante, mas sim sua produção insuficiente. 
Dois meses antes do nascimento, as células alveolares tipo II já produzem surfactante, porém 
essa produção se torna maior nas duas últimas semanas antes do nascimento a termo.
Pergunta 10
0 em 1 pontos
No sistema linfático humano, circula um líquido semelhante ao sangue denominado linfa. Uma 
das diferenças é que a linfa não apresenta hemácias, plaquetas ou monócitos como no sangue. 
Em uma situação normal, a filtração do líquido que sai dos capilares é maior que a reabsorção 
do líquido na extremidade venosa. Sendo assim, a circulação linfática absorve esse excesso de 
líquido, formando a linfa.
 
Considere as funções do sistema linfático em nosso organismo e analise as afirmações a 
seguir.
 
I. Por meio do sistema linfático, as proteínas que eventualmente saem dos capilares retornam 
ao sangue.
II. O excesso de líquido das células e tecidos retorna à circulação sanguínea continuamente 
pela ação do sistema linfático.
III. O sistema linfático evita a coagulação sanguínea.
IV. O sistema linfático age na defesa do organismo por meio dos linfócitos que ficam nos 
linfonodos.
V. Pelo sistema linfático ocorre transporte de nutrientes e hormônios que agem em tecidos ou 
órgãos do corpo.
 
Assinale a alternativa que apresenta as assertivas corretas.
Resposta Selecionada:
Incorreta II, IV e V.
Resposta Correta:
Correta I, II e IV.
Feedback da resposta: Sua resposta está incorreta. O sistema linfático tem funções no 
retorno do excesso de líquidos e proteínas à circulação sanguínea, e na defesa orgânica por 
meio dos linfócitos. Porém, a circulação linfática não evita a coagulação do sangue. Por meio 
da circulação linfática, nutrientes (lipídeos) são absorvidos e transportados, porém hormônios 
não.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.