Buscar

PDF QUÍMICA - ESTEQUIOMETRIA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Química 
Estequiometria 
Estequiometria 
 Estequiometria é o cálculo da quantidade das 
substâncias envolvidas numa reação química. 
Este é feito com base nas leis das reações e 
é executado, em geral, com o auxílio das 
equações químicas correspondentes. Esta 
palavra, estequiometria, é derivada do grego: 
stoikheion = elemento, e metron = medida ou 
medição. 
 Nas reações químicas, as substâncias 
reagem entre si originando produtos em 
proporções específicas. Desse modo, é 
possível calcular quanto de produto será 
formado, ou o rendimento da reação. Se 
quisermos determinado rendimento, 
podemos também calcular quanto deverá 
ser utilizado de reagente. 
 Por meio dos cálculos estequiométricos é 
possível fazer essas e outras relações 
específicas. Mas, antes de tudo, 
precisamos conhecer as proporções 
existentes entre os elementos que 
formam as diferentes substâncias. E essas 
proporções são dadas pelas fórmulas 
moleculares, percentuais e mínimas ou 
empíricas. 
 Além disso, a base dos coeficientes de 
qualquer reação são as leis ponderais: 
 Lei da conservação da massa: Num 
sistema fechado, a massa total dos 
reagentes é igual à massa total dos 
produtos; 
 Lei das proporções constantes: Toda 
substância apresenta uma proporção em 
massa constante na sua composição. 
 Usa-se nos cálculos estequiométricos a 
relação mostrada abaixo: 
1 mol ↔ 6. 1023 moléculas ou fórmulas 
unitárias ↔ massa molar em g/mol ↔ 
22,4 L (nas CNTP*) 
Exemplos 
 Exemplo: Qual a quantidade de matéria de 
álcool etílico, C2H6O (l), que deve reagir 
para fornecer 12 mols de gás carbônico? 
Considere esta uma reação de combustão 
completa. 
 Equação balanceada: 
 C2H6O (l) + 3 O2(g) → 2CO2 (g) + 3 H2O (v) 
 Observe que 1 mol de álcool produz 2 mols 
de gás carbônico, assim pode-se fazer 
uma regra de três simples para resolver o 
problema: 
 1 mol ------------------- 2 mols 
 X-------------------------12 mols 
 X=6 mols 
 Resposta:6 mols de álcool etílico são 
necessários para gerar 12 mols de gás 
carbônico. 
 Lembre-se que é possível relacionar 
também massa, número de moléculas e 
volume molar. Porém, em todos esses 
casos é necessário seguir as seguintes 
regras fundamentais: 
 
 1. (PUC-PR). Em 100 gramas de alumínio, 
quantos átomos deste elemento estão 
presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 
mol = 6,02 x 1023 átomos. 
 Alternativa d) 2,22 x 1024 
 1° passo: Encontrar quantos mols de 
alumínio correspondem à massa de 100 g: 
 
 2° passo: A partir do número de mols 
calculado, obter o número de átomos: 
 
 3° passo: Escrever o número de átomos 
encontrado no formato de notação 
científica, apresentado nas alternativas da 
questão: 
 
 2. (Cesgranrio) De acordo com a Lei de 
Lavoisier, quando fizermos reagir 
completamente, em ambiente fechado, 
1,12g de ferro com 0,64g de enxofre, a 
massa, em g, de sulfeto de ferro obtida 
será de: (Fe=56; S=32) 
 Alternativa c) 1,76 
 1° passo: Escrever a equação química 
correspondente e verificar se o 
balanceamento está correto: 
 
 2° passo: Escrever as proporções 
estequiométricas da reação e as 
respectivas massas molares: 
1 mol de Fe 1 mol de S 1 mol de FeS 
 56 g de Fe 32 g de S 88 g de FeS 
 3° passo: Encontrar a massa de sulfeto de 
ferro obtida a partir da massa de ferro 
utilizada: 
 
 3. (FGV) A floculação é uma das fases do 
tratamento de águas de abastecimento 
público e consiste na adição de óxido de 
cálcio e sulfato de alumínio à água. As 
reações correspondentes são as que 
seguem: 
CaO + H2O → Ca(OH)2 
3 Ca(OH)2 + Al2(SO4)3 → 2 Al(OH)3 + 3 CaSO4 
Se os reagentes estiverem em 
proporções estequiométricas, cada 28 g 
de óxido de cálcio originarão de sulfato de 
cálcio: (dados - massas molares: Ca=40 
g/mol, O=16 g/mol, H=1g/mol, Al=27 g/mol, 
S=32 g/mol) 
 Alternativa b) 68 g 
 1° passo: Para a reação: 
 
Escrever as proporções estequiométricas da 
reação e as respectivas massas molares: 
1 mol CaO 1 mol H2O 1 mol Ca(OH)2 
56 g CaO 18 g H2O 74 g Ca(OH)2 
 
 
 2° passo: Encontrar a massa de hidróxido 
de cálcio produzida a partir de 28 g de 
óxido de cálcio: 
 
 3° passo: Para reação: 
 
 4° passo: Calcular a massa de sulfato de 
cálcio produzida a partir de 37 g de 
hidróxido de cálcio: 
 
 4. (UFRS) O ar atmosférico é uma mistura 
de gases contendo cerca de 20% (em 
volume) de oxigênio. Qual o volume de ar 
(em litros) que deve ser utilizado para a 
combustão completa de 16 L de monóxido 
de carbono, segundo a reação: CO(g) + ½ 
O2(g) → CO2(g) quando o ar e o monóxido 
de carbono se encontram a mesma 
pressão e temperatura? 
 Alternativa e) 40 
 1° passo: Encontrar o volume de oxigênio 
para reagir com 16 L de monóxido de 
carbono: 
 
 2° passo: Encontrar o volume de ar que 
contenha 8 L de oxigênio para reação, já 
que a porcentagem de oxigênio no ar é 
de 20%: 
 
 
 5. (UFBA) Hidreto de sódio reage com 
água, dando hidrogênio, segundo a 
reação: NaH + H2O → NaOH + H2 Para 
obter 10 mols de H2, são necessários 
quantos mols de água? 
 Alternativa c) 10 mols 
 Na reação: 
 
Observamos que a proporção 
estequiométrica é 1:1. 
Ou seja, 1 mol de água reage para formar 
1 mol de hidrogênio. 
A partir disso, chegamos a conclusão 
que: 
Como a proporção é 1:1, então, para 
produzir 10 mols de hidrogênio deveria se 
ter como reagente 10 mols de agua

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes