A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Prova_Online_Sociologia_das_Cotradições_Sociais

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1
O estudo sobre as classes sociais é um elemento fundamental dentro da teoria proposta por marx. sabendo disto analise as afimrações abaixo:
I-A sociedade burguesa moderna, que brotou das ruínas da sociedade feudal, aboliu complemtamente os antagonismos das classes, os conflitos e os interesses econômicos de classe.
II-A sociedade burguesa moderna estabeleceu novas classes, novas condiççoes de opressão, novas formas de luta no lugar das antigas.
III-A época da burguesia simplificou os antagonismos de classe. A sociedade como um todo está cada vez mais dividindo-se em dois grandes campos hostis, em duas grandes classes que se confrontam frente a frente: burguesia e proletariado.
Para o pensamento de Marx podemos considerar que:
A-Apenas as afirmatições II e III estão corretas, 
B-As afimações I,II e III estão corretas, 
C-Apenas a afirmação I está correta, 
D-Apenas as afirmações I e II estão corretas, 
E-Apenas as afirmações I e III estão corretas
Questão 2
O Trecho abaixo foi retirado do livro " O Manifesto do Partido Comunista", escrito por Marx e Engels. Complete as Lacunas da sentença a seguir em acordo com essa obra: Contudo, a nossa época, a época da_______, possui uma característica distintiva: simplificou os _________. A sociedade como um todo está cada vez mais dividindo-se em dois grandes campos hostis, em duas grandes classes que se confrontam frente a frente:______e_________" (MARX, 1996. p10). Agora, 
Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:
A)Burguesia-Contradições Sociais_Capitalistas_Classe Média,
B) Industrialização-Problemas Sociais-Empregadores-Patrões,
C) Monarquia-Antagonismos de classe-Patrões-Empregados,
D)Classe Média_Desigualdades Sociais-Trabalhadores-Empregados,
E)Burguesia-Antagonismos de Classe-Burguesia-Proletariado
Questão 3
Para que a força de trabalho seja oferecida como mercadoria no mercado é necessário que ocorram algumas condições. Essas condições estão diretamente ligadas ao modo como produzimos e reproduzimos a nossa vida material e social. Por isso, na teoria marxista essas condições podem ser?
I-O possuidor da força de trablalho deve dispor livremente dela, ser "livre proprietário de sua capacidade de trabalho" e negociá-la em condições de igualdade com o comprador.
II-O proprietário da força de trabalho e possuidor de dinheiro estabelecem uma relação como possuidores de mercadorias, ambos são "pessoas juridicamente iguais".
III-O possuidor da força de trabalho, o trabalhador, não possua meios de produção que lhe permitam produzir mercadorias e vendê-las no mercado.
Assinale a alternativa correta da questão:
A) Apenas a Afirmação I está correta,
B) As afirmações I, II e III estão corretas,
C) Apenas as afirmações I e III estão corretas,
D) Apenas as afirmações II e III estão corretas,
E) Apenas a afirmação III está correta
Questão 4
"O Comunismo não priva homem algum do poder de se apropriar de produtos da sociedade. Tudo o que ele faz é privá-lo do poder de subjugar o trabalho de outros através da apropriação" (MARX, K; ENGLES, F. O manifesto comunista. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996).
Associando a citação acima com as contradições sociais na teoria de Marx e Engels, atribua "V" para as afimações verdadeiras e "F" para as de conteúdo falso:
(V) O elemento central da teoria , é a procura por eliminar a contradição entre o caráter social da produção realizada pela classe trabalhadora e a forma privada de apropriação pelo capitalista dos produtos produzidos socialmente.
(V) Trata-se, na teoria de Marx e Engels, de abolir a propriedade burguesa (e não os bens de uso pessoal) e o modo de apropriação que se baseia na exploração e na subjugação dos trabalhadores.
(V) A socialização dos meios de produção significa, então a transformação da propriedade privada dos meios de produção em propriedade social, isto é, em propriedade coletiva.
Marque a alternativa correta da questão:
A) V-F-V, 
B) F-V-V,
C) V-V-V,
D) V-V-F,
E) F-F-V,
Questão 5
De acordo com a teoria crítica Andréia Galvão (2011): "Luta de classes é um conceito controverso no interior do marxismo". (GALVÃO, 2011, p. 113)
Criar o conceito de luta de classes sem seu sentido restrito e amplo, analise com afirmações a seguir:
I-A luta de classes em seu limite de entrada, conforme definição presente no livro, O Manifesto Comunista, refere-se a todo tipo de conflito desencadeado entre diferentes classes sociais.
II-A luta de classes, tal como concebida em o Manifesto Comunista, por Marx e Engels refere-se às lutas que resultam em uma tranformação histórica, ou seja, na passagem de modo de produção para outro.
III-No seu sentido amplo, a luta de classes refere-se a todos os enfrentamentos desencadeados entre duas classes sociais antagônicas.
É o correto o que se afirma em:
A) I,II e III
B) II, e III, apenas
C) I e III, apenas
D) I e II, apenas
E) II, apenas
Questão 6
Algumas condições são necessárias para que a dinâimica de uma sociedade capitalista se desenvolva. Prioritariamente, na relação capital e trabalho, se encerra o processo em que os elementos de uma sociedade capitalista moldam essa forma histórica de produção. Pensando na relação capital e trabalho, que dá suporte a todo constructo capitalista, propriamente, podemos analisar as afirmações a seguir com "V" para as verdadeiras e "F" para as de conteúdo falso:
(V) O capital, só surge onde o possuidor de meios de produção e de susbsistência encontra o trabalhador livre como vendedor de sua força de trabalho no mercado, e esta é uma condição histórica que encerra uma história mundial.
(V) O Capital, é uma relação social. Uma relação de produção de uma sociedade tipicamente burguesa. Daí sua forma histórica específica de relação com o trabalhador "Livre".
(F) O trabalhador no capitalismo é, sem o seu consentimento, o membro da classe dominante. Para Marx, a questão é sua própria consciência de classe, que o determina como dominado da dinâmica capitalista de produção.
Marque a alternativa correta da questão:
A) V-V-F,
B) F-V-V,
C) V-F-V,
D) F-F-V,
E) V-V-V,
Questão 7
Ao analisar a obra de Marx, Harry braverman afirma:
"(...) nenhuma sociedade antes do capitalismo subdividiu sistematicamente o trabalho de cada especialidade produtiva em operações limitadas. Essa forma de divisão do trabalho torna-se generalizada apenas com capitalismo" (BRAVERMAN, 1977, p. 70).
Sabendo disto, analise as afirmações abaixo:
(V) No capitalismo, as operações de cada etapa do processo produtivo são separadas e atribuídas a diferentes trabalhadores, que não tendo mais a posse dos meios de produção e contando apenas com a sua força de trabalho, a vendem ao capitalista (proprietário desses meios).
(V) No capitalismo, o trabalhador, que antes possuía o conheciemnto e o domínio do processo produtivo, passa a realizar funções específicas e a estar submetido a um processo de barateamento e desqualificação da sua força de trabalho.
(F) No capitalismo, o trabalhador passa a poder desenvolver todas as sua potencialidades enquanto produtor, o trabalhador se torna mais significativo e mais efetivo para o trabalho. Assim, no capitalismo, o trabalhador tem mais oportunidade de desenvolvimento social sem a exploração pelo próprio capitalismo.
Assumindo V para o que for vedadeiro e F para as afirmativas falsas, sobre o pensamento da teoria marxista acerca da divisão do trabalho no capitalismo:
A) V-V-F,
B) V-F-V,
C) F-F-V,
D) V-V-V,
E) F-V-V,
Questão 8
A exploração não é algo exclusivo da sociedade capitalista, mas pode ocorrer em qualquer sociedade na qual as forças produtivas permitam uma produção excedente, isto é, que exceda o necessário para a sobrevivência da população (BOTTOMORE, 2012), e seja apropriada não por aqueles que a produziram, mas por um grupo social que a controla.
Neste sentido pode-se afirmar, de acordo com a teoria marxista, que:
A) A origem da exploração e da classe dominante está relacionada exlcusivamente ao surgimento do capitalismo.
B) A origem da exploração e da classe

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.