Linguista Aplicada a Lingua Inglesa II - avaliação II
4 pág.

Linguista Aplicada a Lingua Inglesa II - avaliação II


DisciplinaInglês24.793 materiais163.108 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.
	Texto 1:
"Se duas línguas forem de uma mesma família linguística (como o português e o espanhol), ocorrerá mais transferência positiva dos elementos que são semelhantes; se forem de famílias linguísticas diferentes (como o português e o inglês), haverá mais transferência negativa de elementos não semelhantes, ou interferência, e, com isso, mais chances de surgirem erros".
FONTE: LADO, R. Linguistics across cultures. Ann Arbor: Michigan University Press, 1957. p. 22.
Texto 2:
"Uma parte do conhecimento da nossa L1 é transferida para a segunda língua, embora não saibamos com exatidão que aspectos são transferidos e em que grau, porque essa definição depende da proximidade entre nossa L1 e a segunda língua e as circunstâncias de aprendizagem, entre outros fatores. Quando os parâmetros da L1 e da segunda língua são os mesmos para o mesmo princípio, temos transferência positiva. Quando são diferentes, uma transferência negativa ou interferência pode ocorrer".
FONTE: MOTA, M. B. Aquisição de segunda língua. Florianópolis: UFSC, 2008. p. 20.
Durante o aprendizado, uma parte do conhecimento da nossa L1 é transferida para a segunda língua. Nessa circunstância, podemos ter uma transferência positiva ou uma transferência negativa, também chamada interferência. Ciente disso, assinale a alternativa que descreve uma transferência positiva e/ou uma transferência negativa do português para o inglês, na aprendizagem do inglês como segunda língua:
	 a)
	Para os falantes de variedades de português brasileiro, o /t/ e o /d/ africados, como em "tia" e "dia" (nas variedades urbanas brasileiras), seriam exemplos de transferência positiva, pois em inglês tais fonemas se realizam sem africação.
	 b)
	A pronúncia da palavra inglesa thing como "ting" seria um exemplo de transferência positiva na aprendizagem do inglês, já que o aprendiz reconhece a identidade do grafema t com o fonema /t/.]
	 c)
	Para os falantes de variedades de português brasileiro que possuem o /R/ retroflexo (o chamado "R caipira"), este som seria um bom exemplo de transferência negativa na aprendizagem do inglês.
	 d)
	A vogal epentética do português brasileiro (geralmente realizada como [i]), que aparece em sílabas de palavras que não respeitam o padrão silábico da língua (como a sílaba final de facebook, pronunciada "facebook[i]") é um bom exemplo de transferência negativa na aprendizagem do inglês.
	2.
	Em morfologia, os processos de formação de palavras pressupõem a existência de um lexema acrescido de partículas mínimas de significados, chamadas morfemas. Sobre as palavras que apresentem formação por composição, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Basketball, sweetmeat, superstructure, anticlimax.
	 b)
	Become, became, sunflower, crosswalk.
	 c)
	Lifetime, elsewhere, simply, grandmother.
	 d)
	Activity, baseball, fireworks, passport, together.
	3.
	Em termos de morfologia flexional, sabemos que os 'nomes' em português podem receber marcas de gênero e número. Em latim, por exemplo, eles recebem marcas de gênero, número e caso. Que marcas os 'nomes' em inglês podem receber?
	 a)
	Gênero, número e pessoa.
	 b)
	Gênero e número.
	 c)
	Número apenas.
	 d)
	Gênero, número e caso.
	4.
	Com relação aos processos morfológicos de formação de palavras, elas são formadas por um lexema e por partículas mínimas de significados, as quais chamamos de morfemas. Acerca do exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
(    ) Em uma derivação, temos a formação de novos vocábulos pelo acréscimo de afixos.
(    ) Exemplos de derivações são: health > healthy > unhealthy.
(    ) Em uma flexão, não temos a formação de novos vocábulos, mas sim a marcação de categorias nominais ou verbais com o acréscimo de flexões.
(    ) Exemplos de flexões são: walk > walks > walked > walking; girl > girls.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - V.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	V - V - V - F.
	 d)
	V - F - V - V.
	
	No nível estrutural de uma língua, a morfologia e a sintaxe interagem entre si, constituindo o que se costuma chamar de morfossintaxe. Considerando tal interface, assinale a alternativa CORRETA que apresenta o morfema que pode se afixar à maioria do nomes da língua inglesa?
	 a)
	-ing
	 b)
	-er
	 c)
	-s
	 d)
	un-
	 *
	Observação: A questão número 5 foi Cancelada.
	6.
	Leia o texto a seguir:
Your choices, your future 
This year, millions of Latin American teenagers will leave school without a clear idea of what THEY are going to do next. Most young people believe there is plenty of time to think about THEIR future - but is there? Of the 106 million 16-24 year olds in Latin America, an astonishing 22 million will end up without a job or a place at college. Youth unemployment is a huge problem in Latin America. For every unemployed older person, there are three unemployed young people. And 30 million young people put up with insecure, badly-paid jobs in the informal economy. Consequently, there is a lot of pressure on young people to get a good education and good qualifications. Since governments and businesses are responsible too, they provide initiatives to fight the problem of youth unemployment. Later this year, an organization called Youth Career Initiative is offering training for young people in the hotel industry in Brazil, Mexico and Costa Rica. The young participants will work for six months in top hotels. This will enable THEM to learn new skills and get good jobs when they finish.
Considerando as relações morfossintáticas expressas no texto, assinale a alternativa CORRETA que classifica as palavras THEY, THEIR e THEM destacadas:
	 a)
	Reflexive pronoun, personal pronoun and emphatic pronoun.
	 b)
	Subject pronoun, possessive adjective and object pronoun.
	 c)
	Possessive adjective, relative pronoun and personal pronoun.
	 d)
	Personal pronoun, possessive pronoun and relative pronoun.
	7.
	A morfologia derivacional é a parte da morfologia que descreve a formação de novos vocábulos pelo acréscimo de morfemas derivacionais (ex.: touch > untouch > untouchable). Na língua inglesa, os morfemas derivacionais podem ser:
	 a)
	Prefixos, sufixos e infixos.
	 b)
	Prefixos e sufixos.
	 c)
	Apenas sufixos.
	 d)
	Apenas prefixos.
	8.
	Um lexema é uma unidade de base do léxico de uma língua, que pode ser morfema, palavra ou locução. Considerando a morfologia e o léxico da língua inglesa, quanto lexemas existem na seguinte lista: man, men, girls, girl, mouse?
	 a)
	4.
	 b)
	3.
	 c)
	5.
	 d)
	2.
	9.
	Assim como na língua portuguesa, na língua inglesa também existem diferenças entre a língua padrão (standard english) e a língua não padrão (non-standard english), sendo que tais diferenças decorrem do contexto de interação e de fatores sociais, como nível de escolarização e classe social. Sobre os conceitos de língua padrão (standard) e não padrão (non-standard), analise as afirmativas a seguir:
I- Ao denominarmos cada língua, assumimos que o inglês padrão (standard english) e o inglês não padrão (non-standard english) são de fato línguas distintas.
II- A língua padrão, que segue os preceitos da gramática normativa, é uma língua modelar, utilizada em certo momento da história e em determinada sociedade, tida como referência para os usuários.
III- Na história das línguas, algumas formas de se utilizar a linguagem que não eram aceitas podem passar a sê-las, integrando a língua padrão, e outras caem em desuso, dissossiando-se dela.
IV- O termo "norma culta" é sinônimo de "língua padrão", já que a língua culta, isto é, a das pessoas com nível elevado de instrução, reflete-se invariavelmente nos usos considerados corretos da língua.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	 b)
	As afirmativas I e IV estão corretas.
	 c)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	10.
	Leia texto a seguir:
"Dialogues involve two or more speakers and can be subdivided into