05-caderno_pnaic
114 pág.

05-caderno_pnaic


DisciplinaPedagogia158.741 materiais892.602 seguidores
Pré-visualização38 páginas
Ministério da Educação
Secretaria de Educação Básica
Diretoria de Apoio à Gestão Educacional
Pacto Nacional 
pela Alfabetização
na Idade Certa
A oralidade, a leitura e a escrita 
no Ciclo de Alfabetização
Brasília 2015
Caderno 05
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 1 9/10/2015 09:23:32
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Centro de Informação e Biblioteca em Educação (CIBEC)
Brasil. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão 
Educacional.
 Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. A oralidade, 
a leitura e a escrita no ciclo de alfabetização. Caderno 05 / Ministério da 
Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão 
Educacional. \u2013 Brasília: MEC, SEB, 2015.
 112 p.
 ISBN: 978-85-7783-188-3
 1. Alfabetização. 2. Currículo. 3. Recursos didáticos. 4. Planeja-
mento do ensino. I. Título.
CDU
xxxxx
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação Básica \u2013 SEB
Diretoria de Apoio à Gestão Educacional \u2013 DAGE
Tiragem 380.000 exemplares 
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA 
Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Sala 500
CEP: 70.047-900
Tel: (61) 2022-8318 / 2022-8320
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 2 9/10/2015 09:23:32
CADERNO 5 | A oralidade, a leitura e a escrita no Ciclo de Alfabetização
Coordenação Geral:
Telma Ferraz Leal, Emerson Rolkouski, Ester Calland de Sousa Rosa, Carlos 
Roberto Vianna
Organizadores:
Telma Ferraz Leal, Maria Silvia Bacila Winkeler, Ester Calland de Sousa Rosa
Autores dos textos das seções Aprofundando o Tema e Compartilhando:
Adriana Ranzani, Ariane Ranzani, Artur Gomes de Morais, Cancionila Janzkovski 
Cardoso, Denise Maria de Carvalho Lopes, Ester Calland de Sousa Rosa, Liane 
Castro de Araujo, Ludmila Thomé de Andrade, Maria Sílvia Cintra Martins, 
Marina de Cássia Bertoncello Limoni, Rutilene Santos de Souza, Suzana Maria 
Brito de Medeiros, Telma Ferraz Leal
Leitores Críticos: 
Beatriz Rodrigues Diniz, Cancionila Janzkovski Cardoso, Conceição de Maria 
Moura Nascimento Ramos, Dourivan Camara Silva de Jesus, Ester Calland de 
Sousa Rosa, Liane Castro de Araujo, Lígia Formico Paoletti, Maria da Graça Cos-
ta Val, Maria Silvia Bacila Winkeler, Mirna Franca da Silva de Araujo, Mônica 
Baltazar Diniz Signori, Tatiane Fonseca Niceas, Telma Ferraz Leal, Vera A. de 
Lucas Freitas
Apoio pedagógico: 
Amanda Kelly Ferreira da Silva, Denize Shirlei da Silva, Maria Karla Cavalcanti de 
Souza
Revisoras de Texto:
Ana Maria Costa de Araujo Lima, Bruna de Paula Miranda Pereira
Projeto gráfico e diagramação:
Labores Graphici
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 3 9/10/2015 09:23:32
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 4 9/10/2015 09:23:32
Sumário
07 Iniciando a Conversa
09 Aprofundando o Tema
09 Inter-relações entre oralidade e escrita no componente Curricular Língua 
Portuguesa \u2013 Liane Castro de Araujo
22 Práticas orais e escritas antes e depois que as crianças ingressam na escola 
\u2013 Maria Sílvia Cintra Martins
32 Formação de leitores na escola: leitura como prática social \u2013 Telma Ferraz Leal, 
Ester Calland de Sousa Rosa
46 Produção de textos escritos na escola: a linguagem em funcionamento \u2013 
Cancionila Janzkovski Cardoso
59 Por que defendemos um ensino sistemático da escrita alfabética? \u2013 Artur 
Gomes de Morais
68 Oralidade, leitura e escrita nas diferentes áreas de conhecimento \u2013 Ludmila 
Thomé de Andrade
82 Compartilhando
82 Projeto de letramento: O Massacre das Lagartas \u2013 Adriana Ranzani, Ariane Ran-
zani, Marina de Cássia Bertoncello Limoni
88 E era onça mesmo!: ensinando-aprendendo a ler na escola \u2013 Suzana Maria 
Brito de Medeiros, Rutilene Santos de Souza
95 Aprendizado da leitura: o que e como ensinar? Práticas que propiciam o 
avanço das crianças \u2013 Denise Maria de Carvalho Lopes
103 Para Aprender Mais
108 Sugestões de Atividades
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 5 9/10/2015 09:23:32
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 6 9/10/2015 09:23:32
7
A ORALIDADE, A LEITURA E A ESCRITA
NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
Iniciando a Conversa
 refletir sobre a concepção de alfabetização na perspectiva do letramento e suas \u2022	
implicações para a ação docente;
 analisar práticas alfabetizadoras, apreendendo os princípios pedagógicos \u2022	
subjacentes a elas;
 planejar o ensino no Ciclo de Alfabetização, para garantir os direitos de \u2022	
aprendizagem das crianças;
 refletir sobre as inter-relações entre oralidade e escrita, reconhecendo a \u2022	
diversidade e a heterogeneidade de gêneros discursivos escritos e orais, e suas 
implicações no trabalho pedagógico do componente Língua Portuguesa, no 
Ciclo de Alfabetização;
 compreender que os usos do oral e do escrito complementam-se nas práticas de \u2022	
letramento, e que a fala e a escrita se relacionam em vários níveis, dos aspectos 
sociodiscursivos aos aspectos notacionais. 
O ensino da Língua Portuguesa, ao longo da história da Educação brasileira, 
tem passado por muitas mudanças, que abrangem desde a definição dos objetos 
de ensino até os modos de ensinar. Em relação à alfabetização, as transformações 
têm sido realizadas em meio a embates frequentes sobre o que é alfabetizar e quais 
são as melhores estratégias para garantir a alfabetização das crianças. Abordagens 
sintéticas, que privilegiam o treino motor e perceptual, disputam espaço com 
abordagens mais enunciativas, que privilegiam a reflexão e a inserção do aprendiz 
nas práticas sociais em que a escrita se faz presente.
No âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (doravante 
PNAIC), adota-se a abordagem da alfabetização na perspectiva do letramento, na 
qual se busca favorecer situações propícias de aprendizagem do funcionamento do 
sistema de escrita alfabética, de modo articulado e simultâneo às aprendizagens 
relativas aos usos sociais da escrita e da oralidade. 
Além desse pressuposto, defende-se que a alfabetização é o processo em que as 
crianças aprendem não somente a ler e a escrever, mas também a falar e a escutar em 
diferentes contextos sociais, e que a leitura, a escrita, a fala e a escuta representam 
meios de apropriação de conhecimentos relevantes para a vida.
Desse modo, os objetivos deste Caderno são:
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 7 9/10/2015 09:23:33
 refletir sobre o ensino da oralidade na escola, considerando os objetivos didáticos \u2022	
e as interfaces que estabelece com a escrita;
 refletir sobre o ensino da leitura e da escrita no Ciclo de Alfabetização, para \u2022	
compreender os dois processos e suas interligações;
 compreender os pressupostos da defesa do trabalho sistemático para o ensino do \u2022	
Sistema de Escrita Alfabética, com vistas a garantir os direitos de aprendizagem 
das crianças, no Ciclo de Alfabetização;
 refletir sobre a integração entre Língua Portuguesa e os demais componentes \u2022	
curriculares, para planejar situações didáticas interdisciplinares.
PNAIC_Caderno 5_LINGUAGEM_pg001-112.indd 8 9/10/2015 09:23:33
9
A ORALIDADE, A LEITURA E A ESCRITA
NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
Aprofundando o Tema
Ver discussão sobre 
planejamento 
nos Cadernos de 
Formação da unidade 
2, PNAIC 2013.
INTER-RELAÇÕES ENTRE ORALIDADE E ESCRITA NO COMPONENTE 
CURRICULAR LÍNGUA PORTUGUESA 
Liane Castro de Araujo (Professora da Universidade Federal da Bahia)
A organização do trabalho pedagógico do componente curricular Língua 
Portuguesa exige, a um só tempo, a articulação entre os eixos e as dimensões do 
ensino e a consideração de suas especificidades. Nos Cadernos da Unidade 2, de 
2013, discutiu-se o planejamento do trabalho pedagógico desses eixos e dimensões, 
enfatizando-se uma perspectiva interativa de linguagem. Foi ressaltado o papel 
da escola em favorecer que os alunos participem de práticas