A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ARQUITETURA DE SISTEMAS DE BANCO DE DADOS_A2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aluno: PEDRO AUGUSTO DA SILVA Matr.: 201910004448 
Disc.: ARQ.SIST.BAN.DADOS 2020.1 EAD (GT) / EX 
 
 
Prezado (a) Aluno(a), 
 
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não 
valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha. 
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. 
Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS. 
 
 
 
1. 
 
 
Qual o nome da regra em um banco de dados que assegura que um valor que apareça em uma relação 
para um dado conjunto de atributos também apareça para um certo conjunto de atributos em outra 
relação? 
 
 
 
 
Dependência Semântica. 
 
 
 
Integridade Referencial. 
 
 
 
 
Transitividade Composta. 
 
 
Integridade Conceitual. 
 
 
 
 
Dependência Composta. 
 
 
 
 
 
Explicação: 
Explicação: 
Integridade Referencial - As chaves estrangeiras têm que ser respeitadas, ou seja, se existe um 
determinado valor para o atributo na tabela onde ele é chave estrangeira, este valor deve existir na 
tabela onde ele é chave primária. 
Integridade semântica - Garante que o dado inserido em uma linha da tabela seja um valor válido. Para 
esse valor ser válido deve ser do mesmo tipo de dados definido na especificação da coluna na tabela. 
Dependência Transitiva - Uma dependência funcional transitiva ocorre quando uma colua, além de 
depender da chave primária da tabela, depende de outra coluna ou conjunto de colunas da tabela. 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Uma chave primária em um modelo relacional é quando: 
 
 
 
Ocorre em uma relação de existir mais de uma combinação de atributos possuindo a 
propriedade de identificação única. 
 
 
Um atributo único que possuem a propriedade de identificar de forma única uma linha da tabela. 
 
Um atributo ou combinação de atributos que possuem a propriedade de identificar de forma 
única uma linha da tabela. 
 
 
Ocorre um atributo de uma relação se for chave primária em outra relação. 
 
 
O Conjunto de atributos que serão chave primária, que organiza e dá acesso à tabela. 
 
 
 
 
 
Explicação: 
a chave primária para poder identificar uma linha da tabela deve obrigatoriamente ter valor, ou seja não 
pode ser nula, e única, não pode repetir o valor em outra linha 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
Quando deve ser utilizada uma chave primária composta? 
 
 
 
Quando a tabela possui atributo único. 
 
 
Quando for necessário referenciar dados de outra tabela. 
 
 
Quando houver somente uma chave candidata. 
 
 
Quando for necessário garantir a integridade referencial. 
 
Quando a tabela não possui atributo único e obrigatório. 
 
 
 
Explicação: 
Um atributo para ser chave primária deve obrigatoriamente ser único e obrigatório. Quando não existir 
atributo com estas características é necessário utilizar uma chave composta. 
 
 
 
 
4. 
 
 
Conforme a relação de empregado abaixo, através da álgebra relacional, escolha a opção que selecione 
o nome e endereço de cada empregado, que possua salário superior a R$ 5.000,00. 
Empregado(matrícula, nome, endereço, salário, departamento, cargo). 
 
 
δ nome,endereco (π salario>5000 (Empregado)) 
 
 
π nome,endereço (Empregado) X (δ salario>5000 (Empregado)) 
 
 
 
π salario>5000 X (δ nome,endereco (Empregado)) 
 
 
π salario>5000 (δ nome,endereco (Empregado)) 
 
π nome,endereco (δ salario>5000 (Empregado)) 
 
 
 
Explicação: 
A condição de seleção é definida como salario > 5000 e a partir da seleção é realizada a projeção das 
duas colunas 
 
 
 
 
5. 
 
 
Uma chave estrangeira em um modelo relacional é: 
 
 
 
 
O Conjunto de atributos que serão chave primária que organiza e dá acesso a tabela. 
 
 
 
Ocorre se um atributo de uma relação for chave primária em outra relação. 
 
 
Ocorre em uma relação de existir mais de uma combinação de atributos possuindo a 
propriedade de identificação única. 
 
 
Um atributo ou combinação de atributos que possuem a propriedade de identificar de forma 
única uma linha da tabela. 
 
 
Ocorre se um atributo de uma relação for atributo em outra relação. 
 
 
 
 
Explicação: 
a CHAVE ESTRANGEIRA (FK) materializa os relacionamentos no modelo lógico e consiste em exportar a 
CHAVE PRIMÁRIA (PK) de uma tabela para outra 
 
 
 
 
6. 
 
No modelo Relacional uma relação é uma tabela onde são armazenados dados. Podemos afirmar que as 
relações apresentam as seguintes características: 
 I. Não há tuplas duplicadas em uma relação. 
 II. Ordem das tuplas na relação é relevante para diferenciar as relações. 
 III. Os valores dos atributos devem ser atômicos, não sendo divisíveis em componentes. 
É correto apenas o que se afirma em 
 
 
II 
 
 
II e III 
 
 
 
 
I 
 
I e III 
 
 
III 
 
 
 
Explicação: 
A afirmativa II é falsa, uma vez que a ordem não é relevante para diferenciar as relações.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.