FUNDAMENTOS DO DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO_Exe_04
4 pág.

FUNDAMENTOS DO DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO_Exe_04


DisciplinaFundamentos do Direito Empresarial e Tributário1.370 materiais1.562 seguidores
Pré-visualização2 páginas
FUNDAMENTOS DO DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO 
 
Lupa Calc. 
 
 
 
 
 
Vídeo 
 
PPT 
 
MP3 
 
GST1700_A4__V1 
 
 
Aluno: ANDREIA SILVA DOS SANTOS Matr.: 
Disc.: FUND.DIR.EMP.TRIB. 2020.1 EAD (GT) / EX 
 
 
Prezado (a) Aluno(a), 
 
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não 
valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha. 
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. 
Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS. 
 
 
 
 
 
 
1. 
 
 
O tributo é um gênero, que, segundo a Constituição Federal possui cinco 
espécies. Dentre as espécies abaixo, qual a que não é espécie tributária? 
 
 
Contribuições de Melhoria. 
 
 
Taxas. 
 
 
Tarifa. 
 
 
Empréstimo Compulsório. 
 
 
Impostos. 
 
 
 
Explicação: 
Os tributos são: impostos, taxas, contribuições de melhoria, sociais e empréstimo compulsório. 
 
 
Gabarito 
Coment. 
 
 
 
 
 
 
 
 
2. 
 
 
Sabemos que o homem é por natureza um ser social, pois que por si só é incapaz 
de prover todas as suas necessidades básicas de forma satisfatória, e, além disto, 
não tem somente as necessidades básicas, possui outras. O Estado é decorrência 
dessa natureza social do homem, visto que este ¿ o homem - abre mão de parte 
de sua liberdade em prol do bem comum e para ver as necessidades públicas 
satisfeitas. O Estado pode ser conceituado como conjunto de pessoas reunidas 
objetivando um fim comum, em um dado território, sob a tutela de um poder 
político soberano. Desse conceito podemos abstrair os elementos constitutivos 
dos Estados, quais sejam o povo, o território, a soberania e o poder. Para que o 
Estado alcance os seus objetivos ele necessita de recursos, utilizando-se para isto 
da sua atividade financeira, que pode ser resumida como sendo: 
 
 
lucro que tem com operações financeiras, e a aplicação deste lucro; 
 
 
a administração de qualquer entrada de dinheiro nos cofres públicos. 
 
 
a obtenção, a administração e a aplicação dos recursos financeiros; 
javascript:abre_frame('1','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('1','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('2','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('2','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('3','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('3','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
javascript:calculadora_on();
javascript:abre_frame('1','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('2','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:abre_frame('3','4','','F13P6ORW2T0KGVKX6HKS','314437151');
javascript:duvidas('796945','795522','1','3523956','1');
javascript:duvidas('796607','795522','2','3523956','2');
 
 
a cobrança de tributos e a sua conversão em renda estatal; 
 
 
somente a aplicação dos recursos que o Estado obtém com a venda de empresas estatais; 
 
 
 
Explicação: 
Atividade plural com a obtenção, a administração e a aplicação dos recursos financeiros; 
 
 
 
 
 
 
 
3. 
 
 
A Taxa de Coleta de Lixo é de competência: 
 
 
 
Da União, dos Estados e dos Municípios. 
 
 
Dos Estados. 
 
 
Dos Municípios. 
 
 
Dos Estados e Municipios. 
 
 
Da União Federal. 
 
 
 
Explicação: 
Por se tratar de um tributo recolhido pela esfera municipal. 
 
 
 
 
 
 
 
4. 
 
 
Responda com base na Constituição Federal - Sim ou Não. É vedado que as 
contribuições sociais para a seguridade social tenham base de cálculo própria de 
impostos? Incide contribuição social para a seguridade social sobre aposentadoria 
e pensão concedidas pelo regime geral de previdência social? As contribuições 
sociais para a seguridade social sobre a folha de salários, a receita ou o 
faturamento de pessoas jurídicas poderão ter alíquotas ou bases de cálculo 
diferenciadas, em razão da atividade econômica ou da utilização intensiva de mão 
de obra? 
 
 
Sim, sim, não 
 
 
Sim, sim, sim 
 
 
Não, sim, sim 
 
 
Sim, não, não 
 
 
Não, não, sim 
 
 
 
 
 
 
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
javascript:duvidas('796633','795522','3','3523956','3');
javascript:duvidas('796463','795522','4','3523956','4');
javascript:duvidas('3331408','795522','5','3523956','5');
 
5. 
 
 
Origina-se do patrimônio do Estado, cujo regime jurídico predominantemente é 
de Direito Privado, e tem como característica principal o Estado explorando seu 
próprio patrimônio, que é representada pela forma de aumento patrimonial 
semelhante à utilizada por qualquer outra pessoa, física ou jurídica, envolvendo 
transações e negócios tipicamente privados, como doações, heranças, venda de 
produtos e prestação de serviços etc. O Estado tem acesso a esse tipo de receita 
por uma relação negocial, como se fosse uma empresa, uma pessoa jurídica de 
direito privado. Que tipo de receita se trata o texto acima: 
 
 
Receita Originaria. 
 
 
Receita Patrionial 
 
 
Receita Agropecuária. 
 
 
Receita de Contribuições. 
 
 
Receita Derivada. 
 
 
 
Explicação: 
Segundo Brasil (2004), é a Receita Pública efetiva das rendas produzidas pelos ativos do Poder Público, 
pela cessão remunerada de bens e valores (aluguéis e ganhos em aplicações financeiras), ou aplicação 
em atividades econômicas (produção, comércio ou serviços). 
 
É uma classificação da Receita Corrente. As Receitas Originárias também são denominadas como receitas 
de economia privada ou de direito privado. Alguns exemplos são: Receitas Patrimoniais, Receitas 
Agropecuárias, Receitas Comerciais, Receitas de Serviços, etc. 
 
 
 
 
 
 
 
 
6. 
 
 
Acerca da espécie tributária CONTRIBUIÇÕES PARAFISCAIS OU ESPECIAIS, é 
INCORRETO afirmar: 
 
 
Embora, literalmente, o texto constitucional utilize a expressão ¿compete exclusivamente a 
União¿ ( art.149, caput), é relevante registrar que no caso das contribuições sociais, 
especificamente em relação ás contribuições previdenciárias, existe uma exceção. 
 
 
A Constituição Federal de 1988 assegura que a competência para a instituição das 
CONTRIBUIÇÕES PARAFISCAIS OU ESPECIAIS é exclusiva da União. 
 
 
As contribuições estão sujeitas à lei complementar de normas gerais em matéria tributária, 
papel atualmente desempenhado pelo CTN. 
 
 
A Constituição Federal de 1988 assegura que a competência para a instituição das 
CONTRIBUIÇÕES PARAFISCAIS OU ESPECIAIS é exclusiva dos Estados. 
 
 
Os estados, o DF e os Municípios, que possuam regimes próprios de previdência social para seus 
servidores (CF, art.40), devem (é obrigatório) instituir contribuição cobrada dos servidores, para 
o custeio do regime previdenciário. 
 
 
 
 
 
 
 
7. 
 
 
Município institui contribuição de melhoria no valor de trezentos reais, para todos 
os contribuintes, em razão de obra pública de calçamento de vias públicas 
municipais realizada no exercício de 2008. Esta contribuição de melhoria é: 
 
 
indevida, porque não está sendo cobrada de maneira individualizada em razão da valorização 
imobiliária, deixando de considerar o quantum que cada imóvel teve de valorização em razão da 
obra pública. 
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
javascript:duvidas('796837','795522','6','3523956','6');
javascript:duvidas('796664','795522','7','3523956','7');
 
 
devida, porque o Município tem direito a se reembolsar das obras públicas que beneficiam os 
moradores,