Logistica Supply chain
3 pág.

Logistica Supply chain


DisciplinaLogística27.490 materiais103.393 seguidores
Pré-visualização1 página
DIFICULDADE DA APLICAÇÃO DE NOVAS TECNOLOGIAS EM OBRAS DA 
CONSTRUÇÃO CIVIL NO INTERIOR DO PAÍS. 
AUTOR: MOISÉS APARECIDO RIBEIRO (M. A. RIBEIRO) 
RESUMO: 
Atualmente uma serie de novas tecnologias têm surgido nos mais variados 
canteiros de obras pelo Brasil, otimizando ou mesmo barateando os custos de 
execução, sendo aplicada com maior frequência nos grandes centros e capitais. 
Alguns fatores têm dificultado a implantação dessas novas tecnologias em canteiros 
instalados longe dos grandes centros, são eles: logística, mão de obra 
desqualificada, ou ainda questões culturais. 
PALAVRAS-CHAVES: Logística, Supply Chain, Cultural, Qualificada, Interior. 
 
No atual cenário em que se encontra a construção civil, novas tecnologias são 
empregadas nos mais variados canteiros de obras do Brasil, mas apesar dessas 
inovações em vários setores, ainda existem lugares, em sua maioria cidades 
situadas no interior do Brasil, em que estas tecnologias não são aplicadas muitas 
vezes pela falta de mão-de-obra qualificada, questões culturais ou mesmo logística. 
No âmbito cultural ainda existem lugares que se utilizam de argumentos 
sugerindo que novas tecnologias ou mesmo a modernização do setor acarretaria na 
redução de postos de trabalho e demissões desta mão-de-obra não qualificada. 
Investimentos na qualificação dos trabalhadores da construção civil abrangem uma 
dimensão social e cultural, não se limitando a termos técnicos da construção, mas 
no desenvolvimento de uma formação básica de habilidades a fim de promover uma 
mudança de comportamentos e atitudes. Outra dificuldade que as construtoras 
encontram é a resistência nos níveis hierárquicos mais baixos, o que dificulta seu 
envolvimento para as atividades voltadas à avaliação e melhoria da qualidade. A 
adesão dos funcionários às transformações necessárias é ponto fundamental para 
que os objetivos do programa sejam alcançados (PRADO, AMARAL e TOLEDO, 
2001). 
Já o setor de logística representa parcela muito importante quanto à utilização 
de materiais e equipamentos tecnológicos, pois é fundamental no envio e 
deslocamento de maquinários e materiais utilizados na construção civil pelo interior 
do país. 
A logística, até a pouco tempo atrás, existia para continuar operações 
nascidas em regiões mais desenvolvidas, como o Sul e Sudeste do país, 
essencialmente \u201cGilvan Huosell Ramos\u201d. Com a criação do Supply Chain (SCM) 
que nada mais é que um gerenciamento de fornecimento em cadeia, utilizando a 
logística e as informações recebidas de toda a cadeia, pode-se avaliar os pontos 
fortes e fracos da mesma, auxiliando o fornecimento, decisões a serem tomadas que 
resultam na redução de custos e um aumento significativo de qualidade, gerando um 
aumento de competitividade de produtos e preços diferenciados com relação a 
concorrência; os resultados esperados após a aplicação do sistema SCM são: 
Diminuir custos, eficiência, aumentar os lucros, aperfeiçoar os ciclos da cadeia de 
fornecimento, satisfação de clientes e fornecedores, criar valores e serviços que 
proporcione a uma empresa uma vantagem competitiva. Adquiri o lugar certo, com o 
produtor certo, na quantidade certa com o menor custo e menor estoque possível. 
Buscando superar o fator distância, o setor logístico investe em estocagens em 
locais diversos, a fim de atender as mais variadas demandas, uma excelência que 
ainda está muito distante da realidade na qual se encontra inserida na atualidade. 
Baseado nos padrões tradicionais, os baixos níveis tecnológicos demonstram que a 
tecnologia antiga não é mais adequada e que proporciona operários sem 
qualificação, promovendo o desperdício de materiais, e que por diversas vezes não 
cumprem o cronograma de obras. Já a modernização de técnicas operacionais de 
maquinas, equipamentos, materiais, a maior profissionalização dos trabalhadores e 
equipe técnica, tem impulsionado cada vez mais o crescimento da construção civil, 
tornando-o um dos setores que mais emprega no Brasil, de acordo com referencias 
de levantamentos ocorrido no ultima pesquisa 2010 que faz uma comparação com o 
ano de 2002, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) juntamente com 
o Ministério do Trabalho, e a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) 
apontam no ultimo levantamento que além de impulsionar a geração de emprego 
liderando o setor aponta outro fator importante na pesquisa que mostra o aumento 
da escolaridade dos funcionários, há uma \u201ccrescente melhoria das condições de 
trabalho\u201d e da formalização dos empregos, gerando renda e desenvolvimento, além 
de importar novas tecnologias. 
Um dos setores que mais têm contribuído para a geração de empregos no Brasil é o 
da construção civil, tanto em termos de quantidade de vagas como de qualidade do 
trabalho. 
Tendo por base levantamentos feitos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e 
Estatística (IBGE) e o Ministério do Trabalho, o estudo da CBIC mostra que, além do 
aumento da escolaridade dos funcionários do setor, há uma \u201ccrescente melhoria das 
condições de trabalho\u201d e da formalização dos empregos. 
 
REFERENCIAS 
 
AGEU CAMARGO: Ao Gerenciamento de canteiro de Obras: Disponível em 
15/10/2014 <http://www.ebah.com.br/content/ABAAAehwQAI/ao-gerenciamento-
canteiro-obras> 
ALINE REGINE SANTOS: Definições e Conceitos de Supply Chain Management; 
Disponível em 25/10/2014 <http://www.logisticadescomplicada.com/definicoes-e-
conceituacao-de-scm-gerenciamento-da-cadeia-de-suprimentos/>. 
ANTONIO FERNANDO NAVARRO; Dificuldades Relacionadas à Implantação e 
Certificação de sistemas de Gestão; Disponível em 09/10/2014 
<http://www.ebah.com.br/content/ABAAABvCEAF/dificuldades-relacionadas-a-
implantacao-certificacao-sistemas-gestao-construtoras>. 
BERTO LUIZ FREITAS PEIXOTO; MARIA DE LOURDES BARRETO GOMES: 
Ganhos em produtividade decorrente de inovação tecnológica na construção civil; 
Disponível em 14/10/2014 <http://coplas.com.br/upload/artigos/artigos_6-pt.pdf>. 
Luiz Eduardo Prosdocimi Corrêa: Gestão de Projetos aplicados à construção civil; 
Disponível em11/10/2014 
<http://www.techoje.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/410>. 
PORTAL TRANSPORTA BRASIL; As dificuldades de infraestrutura do setor 
logístico no Brasil; Disponível em 14/10/2014 <http://www.bplog.com.br/blog/as-
dificuldades-de-infraestrutura-do-setor-logistico-no-brasil/>. 
PEDRO PEDUZZI: Estudo mostra que construção civil é setor com mais emprego e 
melhores salários; Disponível em 06/11/2014 
<http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2010-04-30/estudo-mostra-que-
construcao-civil-e-setor-com-mais-emprego-e-melhores-salarios>. 
SILAS COLOMBO; Região Norte representa desafio logístico para o transportador; 
Disponível em 12/10/2014 <http://www.transportabrasil.com.br/2012/04/regiao-norte-
representa-desafio-logistico-para-o-transportador/>. 
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAehwQAI/ao-gerenciamento-canteiro-obras
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAehwQAI/ao-gerenciamento-canteiro-obras
http://www.ebah.com.br/content/ABAAABvCEAF/dificuldades-relacionadas-a-implantacao-certificacao-sistemas-gestao-construtoras
http://www.ebah.com.br/content/ABAAABvCEAF/dificuldades-relacionadas-a-implantacao-certificacao-sistemas-gestao-construtoras
http://coplas.com.br/upload/artigos/artigos_6-pt.pdf
http://www.techoje.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/410
http://www.bplog.com.br/blog/as-dificuldades-de-infraestrutura-do-setor-logistico-no-brasil/
http://www.bplog.com.br/blog/as-dificuldades-de-infraestrutura-do-setor-logistico-no-brasil/
http://www.transportabrasil.com.br/2012/04/regiao-norte-representa-desafio-logistico-para-o-transportador/
http://www.transportabrasil.com.br/2012/04/regiao-norte-representa-desafio-logistico-para-o-transportador/
http://www.transportabrasil.com.br/2012/04/regiao-norte-representa-desafio-logistico-para-o-transportador/