Direito de Informática - conflito entre Decreto 75699, a Lei 9609-98 e Lei 9610-98
10 pág.

Direito de Informática - conflito entre Decreto 75699, a Lei 9609-98 e Lei 9610-98


DisciplinaDireito da Sociedade da Informação156 materiais140 seguidores
Pré-visualização3 páginas
UNIVERSIDADE PAULISTA (UNIP) \u2013 Campus Alphaville 
 
LUIS FILIPE FERNANDES FERREIRA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A importância do Artigo 19 do Decreto 75699/75 no ordenamento jurídico em função 
do conflito entre a Lei 9609/98 e a Lei 9610/98 na proteção dos direitos autorais dos 
programas de computador 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SÃO PAULO 
2016 
Direito	de	Informática	-	conflito	entre	Decreto	75699,	a	Lei		9609-98	e	Lei	9610-98.docx																																															p	2	de	10	
	
 
LUIS FILIPE FERNANDES FERREIRA - RA: B85ECD-3 
 
 
 
 
 
 
A importância do Artigo 19 do Decreto 75699/75 no ordenamento jurídico em função 
do conflito entre a Lei 9609/98 e a Lei 9610/98 na proteção dos direitos autorais dos 
programas de computador 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SÃO PAULO 
Trabalho de pesquisa na data de 
08/08/2016 preparado pelo aluno 
Luis Filipe Fernandes Ferreira, nº 
RA B85ECD-3 da Turma DR8PR06 
\u2013 Sala 8 - para a matéria \u201cDireito 
de Informática\u201d do Curso de Direito 
período Noturno, ministrado pelo 
Professor Eduardo Pimenta. 
Direito	de	Informática	-	conflito	entre	Decreto	75699,	a	Lei		9609-98	e	Lei	9610-98.docx																																															p	3	de	10	
	
2016 
Sumário	
	
1.	 INTRODUÇÃO	...................................................................................................................................	4	
2.	 EXPLICAÇÃO	DO	TEMA	....................................................................................................................	4	
3.	 DESENVOLVIMENTO	........................................................................................................................	4	
3.1.	 SOBRE	A	CONVENÇÃO	DE	BERNA	.............................................................................................	4	
3.2.	 SOBRE	A	LEI	9609/98	................................................................................................................	5	
3.3.	 SOBRE	A	LEI	9610/98	................................................................................................................	6	
3.4.	 CONFLITO	DE	NORMAS	.............................................................................................................	8	
4.	 CONCLUSÃO	.....................................................................................................................................	9	
5.	 BIBLIOGRAFIA	................................................................................................................................	10	
	
 
Direito	de	Informática	-	conflito	entre	Decreto	75699,	a	Lei		9609-98	e	Lei	9610-98.docx																																															p	4	de	10	
	
1. INTRODUÇÃO 
 
Discorrer e analisar a importância do artigo 19 do Decreto 75699/75 
(chamada Convenção de Berna) para o ordenamento jurídico, considerando o 
conflito da Lei 9610/98 e da Lei 9609/98 na proteção dos direitos autorais do 
programa de computador 
 
 
2. EXPLICAÇÃO DO TEMA 
 
Fazer uma análise, de forma resumida, sobre a abrangência das Lei 9609/98, 
e da Lei 9610/98 ante a Convenção de Berna acerca do assunto de direitos autorais. 
3. DESENVOLVIMENTO 
3.1. SOBRE A CONVENÇÃO DE BERNA 
A Convenção de Berna foi criada para a proteção das obras literárias e 
artísticas em 9 de setembro de 1886, foi completada em Paris a 4 de maio de 1896, 
revista em Berlim a 13 de novembro de 1908, completada em Berna a 20 de março 
de 1914, revista em Roma a 2 de junho de 1928, em Bruxelas a 26 de junho de 
1948, em Estocolmo a 14 de julho de 1967 e em Paris a 24 de julho de 1971. No 
Brasil, o Congresso Nacional aprovou o Decreto Legislativo no. 94 de 04/12/1974 
que tratava desta Convenção, e assim a partir de 20/04/1975, a legislação brasileira 
recepcionou a citada Convenção. 
A Convenção de Berna busca definir parâmetros comuns de tratamento e 
proteção às obras literárias e intelectuais e seus autores, visando que a aplicação 
dessas regras seja seguida por todos os países signatários. Cabe ressaltar que a 
legislação local deve manter-se em vigência e andar de forma paralela com os 
Direito	de	Informática	-	conflito	entre	Decreto	75699,	a	Lei		9609-98	e	Lei	9610-98.docx																																															p	5	de	10	
	
dispositivos previstos na Convenção. Quanto à prevalência da legislação, deve-se 
verificar o disposto no Artigo 19: 
ARTIGO 19 
As disposições da presente Convenção não impedem que se reivindique a aplicação de disposições 
mais amplas que venham a ser promulgadas na legislação de qualquer país unionista. 
 
Assim, fica claro que não há impedimento que as legislações locais prevejam 
proteções e garantias maiores do que as previstas na Convenção, visto que o 
objetivo é a proteção do direito autoral de obra literária. Desta forma, se a legislação 
local for mais benéfica para o autor ela poderá e deverá ser aplicada. 
 
3.2. SOBRE A LEI 9609/98 
A Lei 9609/98 dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de 
programa de computador, sua comercialização no país, e dá outras providências. 
No Artigo 1o temos a definição de programa de computador: 
 
Art. 1º Programa de computador é a expressão de um conjunto organizado de instruções em 
linguagem natural ou codificada, contida em suporte físico de qualquer natureza, de emprego 
necessário em máquinas automáticas de tratamento da informação, dispositivos, instrumentos ou 
equipamentos periféricos, baseados em técnica digital ou análoga, para fazê-los funcionar de modo e 
para fins determinados. 
 
E no Artigo 2o, temos a informação do tipo de proteção que será dedicado à 
propriedade intelectual do programa de computador: 
 
Art. 2º O regime de proteção à propriedade intelectual de programa de computador é o conferido às 
obras literárias pela legislação de direitos autorais e conexos vigentes no País, observado o disposto 
nesta Lei. 
 
Assim pelo disposto na lei, a proteção cabível será a mesma dada às obras 
literárias, através da legislação dedicada aos direitos autorais. Está feito, desta 
forma, o link entre esta lei e a Lei 9610/98. 
Direito	de	Informática	-	conflito	entre	Decreto	75699,	a	Lei		9609-98	e	Lei	9610-98.docx																																															p	6	de	10	
	
3.3. SOBRE A LEI 9610/98 
Esta lei regula, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá 
outras providências, tendo sido mais tarde adaptada pela lei 12853/13 quer trata do 
mesmo assunto. 
Esta lei é bastante importante e separamos alguns Artigos a seguir para nos 
auxiliar na avaliação de sua abrangência e no tratamento de confronto com a Lei 
9609/98. 
Em seu Artigo 7o lista as obras intelectuais protegidas: 
 
Art. 7º São obras intelectuais protegidas as criações do espírito, expressas por qualquer meio ou 
fixadas em qualquer suporte, tangível ou intangível, conhecido ou que se invente no futuro, tais como: 
I - os textos de obras literárias, artísticas ou científicas; 
II - as conferências, alocuções, sermões e outras obras da mesma natureza; 
III - as obras dramáticas e dramático-musicais; 
IV - as obras coreográficas e pantomímicas, cuja execução cênica se fixe por escrito ou por outra 
qualquer forma; 
V - as composições musicais, tenham ou não letra; 
VI - as obras audiovisuais, sonorizadas ou não, inclusive as cinematográficas; 
VII - as obras fotográficas e as produzidas por qualquer processo análogo ao da fotografia; 
VIII - as obras de desenho, pintura, gravura, escultura, litografia e arte cinética; 
IX - as ilustrações, cartas geográficas e outras obras da mesma natureza; 
X - os projetos, esboços e obras plásticas concernentes à geografia, engenharia, topografia, 
arquitetura, paisagismo, cenografia e ciência; 
XI - as adaptações, traduções e outras transformações de obras originais, apresentadas como 
criação intelectual nova; 
XII - os programas de computador; 
XIII - as coletâneas ou compilações, antologias, enciclopédias,