boas práticas avac-r em supermercados
236 pág.

boas práticas avac-r em supermercados


DisciplinaRefrigeração e Ar Condicionado260 materiais2.233 seguidores
Pré-visualização38 páginas
Diga nã
o aos vaz
amentos. 
Juntos, p
rotegend
o a 
camada de
 ozônio
.
PROGRAMA BRASILEIRO DE 
ELIMINAÇÃO DOS HCFCs-PBH
TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO
PARA BOAS PRÁTICAS DE
REFRIGERAÇÃO EM SUPERMERCADOS
 
PROGRAMA BRASILEIRO DE 
ELIMINAÇÃO DOS HCFCs-PBH
TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO
PARA BOAS PRÁTICAS DE
REFRIGERAÇÃO EM SUPERMERCADOS
2
Presidência da República
Dilma Rousseff
Ministério do Meio Ambiente
Izabella Teixeira
Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade 
Ambiental
Carlos Augusto Klink
Departamento de Mudanças Climáticas
Adriano Santhiago de Oliveira
Gerência de Proteção da Camada de Ozônio
Magna Luduvice
3
PROGRAMA BRASILEIRO DE 
ELIMINAÇÃO DOS HCFCs-PBH
MMA
Brasília, 2014
MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE
SECRETARIA DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E QUALIDADE AMBIENTAL
DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS
TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO
PARA BOAS PRÁTICAS DE
REFRIGERAÇÃO EM SUPERMERCADOS
4
COORDENAÇÃO
Frank Amorim
Stefanie von Heinemann
AUTORIA
Gutenberg da Silva Pereira 
Rolf Huehren
COLABORAÇÃO
Oswaldo Bueno
Henrique Saule
Gabriela Teixeira Rodrigues Lira
FOTOGRAFIA
Gutenberg da Silva Pereira
Rolf Huehren
PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO E ARTE
Leandro Celes
REVISÃO
Sete Estrelas Comunicação
Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental
Departamento de Mudanças Climáticas, Gerência de Proteção da Camada de Ozônio
SEPN 505, Lote 2, Bloco B, Ed. Marie Prendi Cruz
CEP: 70.730-542 \u2013 Brasília-DF
Telefone: (61) 2028-2248
E-mail: ozonio@mma.gov.br
Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH
SCN Quadra 1, Bloco C, Sala 1501, Ed. Brasília Trade Center
CEP: 70.711-902 \u2013 Brasília-DF
Telefone: (61) 2101-2170
E-mail: giz-brasilien@giz.de
 
Catalogação na Fonte
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
M59r Ministério do Meio Ambiente
Programa Brasileiro de eliminação dos HCFCs-PBH - Treinamento e capacitação 
para boas práticas de refrigeração em supermercados / Ministério do Meio 
Ambiente. Brasília: MMA, 2014.
234 p. ; Il. Color. 
ISBN 978-85-7738-196-8
1. Manual (Refrigeração). 2. Câmaras frigoríficas \u2013 Brasil. 3. Refrigeração. 4. 
HCFCs (PBH). 5. Vazamento de fluídos frigoríficos. 6. Protocolo de Montreal. I. 
Ministério do Meio Ambiente. II. Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade 
Ambiental. III. Departamento de Mudanças Climáticas. IV. Título. 
CDU(2.ed.)621.565
REPRODUÇÃO DESTE DOCUMENTO
Este documento pode ser reproduzido na íntegra ou em parte sem consentimento prévio por escrito 
desde que a parte reproduzida seja atribuída ao Ministério do Meio Ambiente e à Deutsche Gesellschaft 
für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Estado do Rio Grande do Sul (SENAC)
em cooperação com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (SENAI) 
Av. Alberto Bins, 665 - 12o andar 
CEP: 90.030-142 \u2013 Porto Alegre-RS 
Telefone: (51) 3284-2313
E-mail: diretoria@senacrs.com.br
 
5
 
 
 
 
 
PREFÁCIO
Em 2007, durante a comemoração dos 20 anos de existência do Protocolo 
de Montreal e após o bem-sucedido processo de eliminação do consumo de 
CFCs (Clorofluorcarbonos), os Países Parte do Protocolo de Montreal decidi-
ram antecipar o cronograma de eliminação do consumo de HCFC, por meio 
da aprovação da Decisão XIX/6. 
Para isso, o governo brasileiro coordenou a elaboração do Programa Brasi-
leiro de Eliminação dos HCFCs (PBH), entre os anos 2009 e 2011, que foi 
aprovado em julho de 2011 pelo Comitê Executivo do Fundo Multilateral 
para a Implementação do Protocolo de Monteral, com um orçamento de 
US$ 19.597.166,00, para a execução da primeira fase.
As ações do PBH estão voltadas, principalmente, para a eliminação do con-
sumo do HCFC-22, utilizado como fluido frigorífico para sistemas de refrige-
ração e ar condicionado, e do HCFC-141b, utilizado como agente expansor 
para a fabricação de espumas de poliuretano. No que se refere ao HCFC-22, 
destaca-se o Programa de Treinamento e Capacitação de Mecânicos e Técni-
cos de Refrigeração no Setor de Refrigeração Comercial. 
Este manual foi elaborado com o objetivo de ilustrar as mais importantes 
ferramentas e práticas utilizadas nos serviços de instalação, operação, manu-
tenção e reparo de sistemas de refrigeração comercial de supermercados. O 
manual visa oferecer orientação profissional aos mecânicos e técnicos que 
trabalham no setor de supermercados para a aplicação das boas práticas nos 
serviços relacionados à refrigeração, fornecendo conhecimento essencial 
para a contenção de vazamentos de fluidos frigoríficos.
Sabe-se que uma quantidade significativa de emissões de HCFC-22 pode-
ria ser evitada por meio da aplicação de boas práticas durante a instalação, 
operação, manutenção e reparo de equipamentos de refrigeração e ar condi-
 Prefácio6
cionado. Boas práticas incluem atividades de manutenção preventiva, detec-
ção de vazamentos, registro de dados técnicos, operação adequada, além do 
recolhimento, reciclagem e manuseio correto dos fluidos frigoríficos, entre 
outros procedimentos. Essas atividades demandam profissionais devidamen-
te capacitados e treinados, que podem contribuir para uma redução significa-
tiva do consumo de fluidos frigoríficos.
Boas práticas nos serviços de refrigeração trazem benefícios ao meio am-
biente e qualidade aos serviços de instalação e manutenção, proporcionando 
maior tempo de vida útil e maior eficiência energética dos sistemas.
Espera-se que este manual facilite e intensifique o intercâmbio de conheci-
mento entre os profissionais do setor e sirva como meio de informação aos 
que não puderam participar do programa de treinamento e capacitação. As 
ilustrações contidas devem fazer lembrar, identificar e comunicar de forma 
fácil os elementos das boas práticas nos serviços de refrigeração. 
 7
SUMÁRIO
Prefácio 5
O Protocolo de Montreal e a Destruição da Camada de Ozônio 11
Substâncias Destruidoras da Camada de Ozônio (SDOs) e a Refrigeração 12
A adesão do Brasil ao Protocolo de Montreal 13
Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs (PBH) 14
O IBAMA e o Cadastro Técnico Federal 16
A Legislação Brasileira e o Protocolo de Montreal 18
A Camada de Ozônio \u2013 Suas Causas e Efeitos 19
1. Importância de recolher, reciclar e regenerar fluidos frigoríficos e 
reduzir vazamentos 23
2. Segurança na Refrigeração 27
2.1. Equipamentos de Proteção Individual \u2013 EPIs 28
2.2. Recomendações de segurança para o manuseio de fluidos frigoríficos 30
2.3. Cilindros de fluido frigorífico 32
2.4. Manuseio de cilindros de fluido frigorífico 33
2.5. Referências normativas 35
3. Fluidos Frigoríficos 37
3.1. Classificação dos fluidos frigoríficos 37
3.2. Fluidos frigoríficos usados na refrigeração comercial 38
4. Operação com tubulações 43
4.1. Tubulações 43
4.2. Ferramentas e equipamentos para o manuseio com tubulações 44
4.3. Curvas em tubulações de cobre/alumínio 49
4.4. Flangeamento 51
4.5. Expansão e conexões de tubos e componentes 55
4.6. Processos de brasagem 56
4.7. Treinamento prático de brasagem \u2013 Corpo de prova 61
4.8. Fixação de tubos 63
4.9. Isolamento da tubulação 64
4.10. Prevenção de vibração de tubos e componentes 65
4.11. Tubos flexíveis 66
8 Sumário
5. Refrigeração Comercial - equipamentos e componentes 69
5.1. Tipos de equipamentos 70
5.2. Componentes do sistema frigorífico 71
5.3. Tipos de circuitos de refrigeração 85
5.4. Princípio de sistema de duplo estágio de compressão 92
5.5. Princípio do sistema usado no kit didático 95
6. Ambiente de trabalho e ferramentas 99
6.1. Área de trabalho 99
6.2. Sala de máquinas 100
6.3. Abertura do circuito de refrigeração 101
6.4. Ferramentas para manuseio de fluidos frigoríficos 101
6.5. Ferramentas elétricas 106
7. Recolhimento, reciclagem e regeneração do fluido frigorífico 109
7.1. Recolhimento 109
7.2. Reciclagem 119