A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
prova III SOCIEDADE EDUCAÇÃO E CULTURA

Pré-visualização | Página 1 de 1

05/06/2020 UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo Da Vinci - Portal do Aluno - Portal do Aluno - Grupo UNIASSELVI
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php 1/1
Acadêmico: Thaís Moura Rocha (1290891)
Disciplina: Sociedade, Educação e Cultura (HID10)
Avaliação: Avaliação Final (Discursiva) - Individual FLEX ( Cod.:512266) ( peso.:4,00)
Prova: 19152863
Nota da Prova: -
1. As concepções das mentalidades medievais e renascentistas são muito diferentes entre si, indicando uma espécie de tese e
antítese entre ambas. Nesse sentido, os principais pontos de divergência dizem respeito às concepções de universo, natureza
e de homem. Nas concepções medievais, Deus é o centro de tudo, e nas renascentistas, a verdade deve ser alcançada através
da experimentação. Disserte sobre as principais diferenças entre as duas concepções de mentalidades e sociedades.
Resposta Esperada:
Os principais aspectos que caracterizam as mentalidades e a sociedade medievais são os de que o ser humano era compreendido
com certo desprezo, por ser considerado um pecador por natureza, e a origem de seu pecado estava na própria natureza. A
concepção de Teocentrismo é de que Deus é o centro do universo e responsável por toda a criação do universo, bem como a fé
cristã/católica é a fonte de explicação do universo.
As mentalidades e a sociedade renascentista tinham como valores os do Antropocentrismo, que colocava no centro do universo o
homem. Nesta concepção, o homem seria a criatura mais perfeita, deveria dominar a natureza e explicar todas as suas causas e
efeitos. A verdade sobre a natureza deveria ser obtida e extraída por meio de experiências e de observações guiadas pelo uso da
razão (do raciocínio) e de métodos controlados. A justificativa desta relação com a natureza estaria em que a natureza é estudada
e conhecida para que o homem possa conhecer a si próprio.
2. Trata-se de tema usual nós encontrarmos afirmações que defendem a educação como um dos caminhos para que os
indivíduos possam fazer parte do mercado de trabalho, assim como que a educação deve preparar para cidadania, formando
indivíduos críticos. Nesse contexto, disserte sobre os desafios que a educação assume em nossa época.
Resposta Esperada:
O mercado de trabalho é marcado por inovações técnicas, o que por sua vez promove a extinção e surgimento de atividades e
profissões. Por outro lado, a educação se apresenta como frágil, desde o Ensino Fundamental, o que repercutirá na má formação
humanística e baixa qualificação da mão de obra; gerando desemprego, criminalidade e violência. Diante deste cenário, a
educação e formação da mão de obra podem contribuir com soluções criativas e viáveis economicamente e trabalhar num
contexto de alta tecnologia, automação industrial, de mudanças e insegurança constantes, e até, quem sabe, de economia
solidária, cooperativismo e associativismo.