Mitose
1 pág.

Mitose


DisciplinaBiologia40.217 materiais1.509.967 seguidores
Pré-visualização1 página
MITOSEMITOSE FUSO EM DESENVOLVIMENTO
CROMÁTIDES DE 
UM CROMOSSOMO
CENTROSSOMO
O ENVELOPE NUCLEAR 
SE DESINTEGRA
FUSO MITÓTICO
POLO DO FUSO
PLACA EQUATORIAL
CROMOSSOMOS 
FILHOS
02
03
04
0506
1. Durante a interfase, a célula aumenta de tamanho. O DNA dos
cromossomos é replicado, e o centrossomo é duplicado.
2. Na prófase, os cromossomos replicados, cada um consistindo
em duas cromátides-irmãs intimamente associadas, se
condensam. Fora do núcleo, o fuso mitótico se forma entre os
dois centrossomos, os quais começaram a se separar.
3. A prometáfase se inicia repentinamente com a fragmentação do
envelope nuclear. Os cromossomos podem agora se ligar aos
microtúbulos do fuso pelo cinetocoro, e sofrem movimentos
ativos.
4. Na metáfase, os cromossomos estão alinhados no equador do
fuso, exatamente na metade entre os dois polos. Os
microtúbulos dos cinetocoros em cada cromátide-irmã se ligam
aos polos opostos do fuso.
5. Na anáfase, as cromátides-irmãs se separam sincronicamente, e
cada uma delas é puxada lentamente para o polo do fuso ao
qual está ligada. Os microtúbulos do cinetócoro encurtam, e os
polos do fuso também se distanciam, contribuindo para a
segregação dos cromossomos.
6. Durante a telófase, os dois conjuntos de cromossomos chegam
aos polos do fuso. Um novo envelope nuclear é formado em
torno de cada conjunto, completando a formação dos dois
núcleos e marcando o fim da mitose. A divisão do citoplasma
começa com a formação do anel contrátil.
CENTROSSOMOS
ENVELOPE NUCLEAR
NÚCLEO
01