A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
APOL 1 Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional

Pré-visualização | Página 1 de 1

APOL Objetiva 2 - TEMAS CONTEMPORÂNEOS: DA DIVERSIDADE DE GÊNERO À FAIXA GERACIONAL
“Como formas culturais de nos referirmos aos sujeitos (e a nós mesmos), as representações nos dão sentido e certamente se transformam e se distinguem — histórica e socialmente”.
C = o corpo só se tornaria inteligível no âmbito da cultura e da linguagem.
 “A cultura da paz está pautada em valores humanos que precisam ser colocados em prática, a fim de passarem do estado de intenção para o exercício da ação, transformando-se, concretamente, em atos. Tais valores, que se traduzem em éticos, morais e estéticos, nos encaminham para o despertar de expressões de amor e manifestações de respeito, que têm estado adormecidas, nos últimos tempos”.
E = o combate às desigualdades e às exclusões sociais, assim como o respeito aos direitos de cidadania.
 “A violência na escola ocorre desde intimidações físicas e verbais à degradação do espaço físico ou depredação. Louças e janelas quebradas, banheiros com encanamento entupido, furto de torneiras e lâmpadas, atos de vandalismo (pichações de paredes, muros, carteiras quebradas dentre outros), são alguns exemplos de violência cometida contra o patrimônio escolar, pelos alunos”.
E = As pichações e o vandalismo.
“O educando deve ser estimulado a perceber estas diferenças e a reagir a elas quando necessário. Todo um conjunto de pressões extraescolares tornam a dinâmica interna da vida intraescolar mais complexa de ser pensada, avaliada e contornada por gestores e educadores”.
D = A escola tanto influencia ativamente a formação dos sujeitos sociais quanto é influenciada por eles.
“O passo seguinte foi cada turma realizar práticas que caracterizassem envolvimento e novas atitudes em relação à preservação do patrimônio escolar, tais como mutirão de limpeza; coleta de lixo no pátio e nas proximidades da escola; estímulo às lideranças estudantis (líderes de turmas e Grêmio Estudantil) para seu engajamento no trabalho edificante; alunos realizando pequenos reparos no que foi depredado do patrimônio; apoio dos pais em todas as ações de conscientização”.
E = ocorre uma mudança física do ambiente escolar, realizada por intermédio do envolvimento e participação direta dos alunos e da comunidade.
 “Nas últimas décadas, a sociedade brasileira sofreu mudanças significativas em relação aos valores referentes à sexualidade, exigindo, assim, uma escola que se aproxime das necessidades reais atuais e contemple as demandas decorrentes do desenvolvimento pessoal e social do indivíduo”.
E = As formas de viver a sexualidade devem ser entendidas como questões da sociedade e da cultura.
“A escola sofre interferências de grupos externos que podem modificar toda a sua organização interna ou rotina diária, manifestada pelas invasões de galeras de forma direta e ameaçadora para solucionar problemas ocorridos fora do ambiente escolar, e também do narcotráfico que se manifesta de forma bem sutil, através dos alunos, com o objetivo de aumentar o seu domínio social e físico tanto dentro ou fora das escolas”.
C = As questões de gênero, relações raciais, os meios de comunicação e o espaço social no qual a escola está inserida.
“Acredita-se que só quando as atitudes cidadãs passarem a ser uma constante no espaço escolar e principalmente, em sala de aula, por todos aqueles que fazem parte do dia a dia do fazer escolar, é que se terá uma geração de cidadãos participativos, envolvidos com o próprio bem-estar, assim como de seus semelhantes”.
A = A formação não deve pressupor a eliminação de diferenças em favor da adaptação dos sujeitos a padrões normativos.
“Nas grandes escolas, a impessoalidade do ambiente aumenta e com isso os adultos dão menor atenção aos jovens com problemas. Simultaneamente, nessas grandes escolas há uma menor capacidade por parte dos adultos de controle dos comportamentos juvenis.
C = A falta de concentração nas atividades.
 “Já em 1940, o número de mulheres empregadas nas fábricas atingiu a capacidade máxima. A quantidade de órgãos militares praticamente dobrou e, em todos os cantos do mundo, elas apareceram como soldadoras, enfermeiras, pilotos de aviões, motoristas, secretárias, datilógrafas etc.
D = A Segunda Guerra Mundial
“A cultura da paz está pautada em valores humanos que precisam ser colocados em prática, a fim de passarem do estado de intenção para o exercício da ação, transformando-se, concretamente, em atos. Tais valores, que se traduzem em éticos, morais e estéticos, nos encaminham para o despertar de expressões de amor e manifestações de respeito, que têm estado adormecidas, nos últimos tempos”.
E = o combate às desigualdades e às exclusões sociais, assim como o respeito aos direitos de cidadania.
“A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino complexa porque envolve dimensões que transcendem a questão educacional. Até uns anos atrás, essa educação resumia-se à alfabetização como um processo compreendido em aprender a ler e escrever”.
C = com uma visão compensatória de ensino, ou seja, muitos alunos da EJA precisam recuperar um tempo perdido.
“A gestão democrática é entendida como a participação efetiva dos vários segmentos da comunidade escolar, pais, professores, estudantes e funcionários na organização, na construção e na avaliação dos projetos pedagógicos, na administração dos recursos da escola, enfim, nos processos decisórios da escola”.
E = um aumento na participação da comunidade escolar e comprometimento em relação à observação das regras.
“De forma geral, observa-se que as agressividades reproduzidas por alunos podem estar relacionadas ao que eles presenciam ou vivem dentro do convívio doméstico, familiar ou social, mesmo não sendo comportamentos aceitáveis socialmente.
A = Apenas as afirmativas I e III são corretas.
“Ao focalizar os jovens negros e brancos que passam cada vez mais a frequentar a EJA nos últimos anos e localizá-los na prática específica de uma escola da rede municipal de ensino de Belo Horizonte, aproxima-se de um fenômeno cada vez mais intenso e ainda pouco discutido na pesquisa educacional: o rejuvenescimento ou juvenilização da EJA”.
E = I E II
“Um exemplo é a maneira como as informações e regras são impostas aos alunos. Tais métodos de controle são tidos como violência silenciada e são atos que, sutilmente repressivos, podem ocasionar um comportamento negativo de parte dos alunos contra a escola, manifestado de diversas maneiras. A terceira variação é a da violência na escola, que são as agressões físicas ou intimidações que acontecem entre os alunos dentro ou muito próximo da instituição escolar”.
A = Apenas as afirmativas I e II são corretas.
“Na escola transita a fala: ‘todos aqui são iguais’. ‘Não tem essa de brancos, pretos, amarelos, pobres, ricos, bonitos e feios’. ‘Esquece’ que todos os seres são diferentes (aliás a diferença é uma característica intrínseca a nós, de acordo com a genética [...]; e, negando as diferenças, instituem-se as desigualdades, as hierarquias, o racismo enquanto negação do outro”.
E = VVF

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.