TEMA DE REDAÇÃO - TEMA 02 - JUNHO (1)
3 pág.

TEMA DE REDAÇÃO - TEMA 02 - JUNHO (1)

Pré-visualização1 página
PROENEM.COM.BR
REDAÇÃO
O TRABALHO DA IMPRENSA COMO 
ATIVIDADE ESSENCIAL À SOCIEDADE
PROENEM.COM.BR1
REDAÇÃO O TRABALHO DA IMPRENSA COMO ATIVIDADE ESSENCIAL À SOCIEDADE
IN
ST
R
U
ÇÃ
O A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos 
ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal 
da língua portuguesa sobre o tema \u201cO TRABALHO DA IMPRENSA COMO ATIVIDADE 
ESSENCIAL À SOCIEDADE\u201d, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos 
humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para 
defesa de seu ponto de vista.
TEXTO 1
O presidente da República, Jair Bolsonaro, editou (...) um decreto enfatizando a imprensa como 
atividade essencial que não pode ser paralisada, principalmente em meio às medidas de enfrentamento 
ao coronavírus. A norma dispõe que as restrições impostas pela Lei 13.979/2020, que trata das ações 
de combate ao coronavírus, não podem afetar o \u201cexercício pleno\u201d e o funcionamento das atividades e 
serviços relacionados à liberdade de imprensa.
De acordo com o decreto, os serviços de comunicação são considerados essenciais no fornecimento 
de informações à população e dão efetividade ao princípio constitucional da publicidade em relação aos 
atos praticados pelo Estado.
https://www.gov.br/planalto/pt-br/acompanhe-o-planalto/noticias/2020/03/planalto-enfatiza-a-imprensa-como-servico-
indispensavel-durante-combate-ao-coronavirus
TEXTO 2
A pandemia causada pelo coronavírus colocou quase toda a população mundial em isolamento. Antes, 
na correria do dia a dia, as mídias sociais eram usadas por muitos de nós como fonte de informação (tudo 
na ponta do dedo) em textos curtos. Quase não havia a preocupação em confirmar a veracidade dos 
fatos. Com o isolamento social, as pessoas estão se dando conta de que, em se tratando de uma crise 
sanitária de proporções inimagináveis, as redes sociais podem ser um criadouro de notícias falsas, de 
fontes pouco confiáveis, que espalham o vírus das fake News.
https://economia.uol.com.br/colunas/2020/04/15/cenario-de-pandemia-fortalece-a-midia-e-o-jornalismo.htm
TEXTO 3
Na China, onde o coronavírus surgiu, a ausência de veículos de comunicação independentes permite 
que o governo central de Pequim elabore sua narrativa sobre a origem do vírus, ainda pouco explicada. A 
forma como o regime lidou com a crise não é sequer questionada em razão da censura.
No Irã, um editor, Fardin Moustafai, foi acusado na Justiça por publicar números sobre o avanço da 
doença em Saqqez que contrariam as informações oficiais. 
Nas Filipinas, jornalistas enfrentam, além da censura habitual do governo de Rodrigo Duterte, 
dificuldades para fazer reportagens nas ruas por conta do controle de policiais. 
A própria pandemia tem vitimado jornalistas. Segundo a ONG suíça Press Emblem Campaign (PEC), 
desde 1º de março, pelo menos 55 profissionais de 23 países morreram por causa do coronavírus. Segundo 
o levantamento divulgado, o Equador foi o país mais afetado, com pelo menos nove profissionais da área 
mortos por covid-19, seguido por Estados Unidos (oito) e Brasil (quatro).
https://gauchazh.clicrbs.com.br/mundo/noticia/2020/05/jornalismo-sem-medo-ou-favor-defende-unesco-em-campanha-pela-
liberdade-de-imprensa-ck9p2i335007g015n8i0aaq8a.html
PROENEM.COM.BR2
REDAÇÃO O TRABALHO DA IMPRENSA COMO ATIVIDADE ESSENCIAL À SOCIEDADE