A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Introdução aos Estudos Teológicos AV

Pré-visualização | Página 1 de 3

Aula 1 
1. No medievo, a cosmovisão integra as esferas civil e religiosa. A partir de que aspecto é compreendido 
o ser humano e o mundo? 
A partir da fé. 
2. A Teologia Escolástica influencia ainda hoje o exercício da Teologia, seja pela metodologia, seja pela 
herança de seus pressupostos e conteúdo. Qual dos pontos abaixo expõe sua metodologia inicial? 
É uma Teologia em que os participantes discutem questões de fé. 
3. Podemos observar que a Teologia vai construindo seu exercício de acordo com o contexto em que se 
insere, a partir dos desafios que enfrenta. Atualmente, como a Teologia compreende sua ação? 
A Teologia tem a realidade como referência. 
4. A principal preocupação de Sócrates é o homem, o que não é algo novo, pois essa preocupação era 
própria dos sofistas e de toda a época, mas Sócrates considera o homem de outro ponto de vista: 
A interioridade 
Aula 2 
1. A reflexão da relação razão e fé é sempre muito oportuna. Ela já estava presente desde a 
Antiguidade. Agostinho elaborou uma teoria que explica esta relação, a teoria da Iluminação Divina. 
O que esta significa? 
A razão precede de Deus e é eterna. 
2. As opções a seguir identificam corretamente elementos constitutivos da religião enquanto 
experiência individual e fenômeno social, à exceção de uma. Assinale-a. 
Princípio da descrença. 
3. Organizar o conhecimento prévio que se tem é uma etapa antes de avançar e aprofundar. Em que 
etapa deve estar esta organização do instrumental intelectual da pesquisa? 
Na fundamentação teórica. 
4. A relação entre religião e ciência traz a marca do racionalismo e do fideísmo. Como estes podem ser 
compreendidos? 
Teologia e ciência precisam superar suas incompreensões, pois se complementam. 
5. O homem toma conhecimento do sagrado porque este se mostra como algo absolutamente diferente 
do profano. A fim de indicarmos o ato da manifestação do sagrado, propusemos o termo hierofania. 
Este termo é cômodo, pois não implica nenhuma precisão suplementar: exprime apenas o que está 
implicado no seu conteúdo etímológico, a saber, que algo de sagrado nos é revelado". (ELIADE, 
Mircea. O sagrado e o profano. São Paulo: Martins Fontes, 1992, p. 13.) 
Com base no trecho acima, assinale a alternativa que caracteriza corretamente a concepção de 
hierofania. 
A hierofania é a manifestação do sagrado e a percepção de sua existência em qualquer objeto, pessoa ou 
lugar. 
Aula 3 
1. Entre as grandes religiões proféticas, também conhecidas como "religiões do livro", encontram-se 
O islamismo e o judaísmo. 
2. Só há registro de um cânon hebreu depois que os apóstolos escreveram o Novo Testamento. No 
entanto, os primeiros padres tinham os livros deuterocanônicos como referências de suas reflexões, 
considerando-os livros sagrados. O que são textos deuterocanônicos? 
São os textos da LXX e não presentes no cânon hebraico. 
3. Há um caminho entre o anúncio do Evangelho pelos apóstolos e o cânon da Sagrada Escritura. Qual 
das opções melhor corresponde a este caminho? 
Pregação oral, escritos diversos, seleção dos escritos para o culto, fixação do cânon. 
4. Nomes como Nero e Diocleciano trazem imagens à nossa mente da coragem e heroísmo dos 
primeiros cristãos. Quanto à perseguição cristã pelo Império Romano, o que podemos afirmar? 
Os cristãos passaram por momentos de tolerância. 
Aula 4 
1. O Ocidente reagiu à crescente autonomia entre os poderes civil (Império Romano no Oriente) e 
religioso (Igreja Católica) e aos consequentes problemas sociais com a Reforma Gregoriana (séculos 
XI-XII). Qual foi sua principal direção em relação à política, principalmente em seus excessos.? 
Medidas de restauração do cristianismo primitivo. 
2. A Idade Média é um período de mil anos com grandes diferenças regionais e em sua extensão 
temporal. No entanto, podemos identificar uma influência religiosa que perpassa todo o período. 
Em qual dos itens podemos observar um elemento da Teologia cristã que configurou a vida social 
neste período? 
Regra de São Bento. 
3. A Idade Média é marcada pela configuração da Europa pelo Cristianismo. Qual o item do novo 
método ¿ da regra de São Bento ¿ configura o pensamento teológico do Ocidente e permeia a cultura 
medieval? 
Ora et labora (ora e trabalha). 
Aula 5 
1. O mundo pós-moderno apresenta a secularização do sagrado e a diversidade da experiência religiosa 
como pessoal. Qual dos itens abaixo podemos identificar como um campo de pesquisa para a 
Teologia frente aos novos desafios? 
 
O diálogo com a cultura. 
2. As opções a seguir identificam corretamente denominações de religiões afro-brasileiras, à exceção 
de uma. Assinale-a. 
Kuarup, no Pará e no Amazonas. 
3. A humanidade assumida por Jesus Cristo fez dele nosso mediador junto ao Pai. Os evangelhos 
enfatizam sua morte e ressurreição como expiação dos pecados e garantia da vida eterna. Qual dos 
itens abaixo confirma esta Teologia cristã? 
A cruz é o único caminho de Deus para a salvação. 
4. Podemos dizer que o século XX é marcado pelo surgimento de novos campos de conhecimento e pela 
pluralidade de credos religiosos em uma mesma nação. Qual o pensamento presente neste período 
que expressa o estudo dos credos desvinculado de uma religião? 
A fé religiosa é entendida a partir da cultura. 
5. O Concílio Vaticano II é o primeiro concílio pastoral da história. Qual encaminhamento do Concílio 
que favorece o diálogo teológico ecumênico e inter-confessional? 
A presença e contribuição de diversas denominações no Concílio. 
Aula 6 
1. Teologia Bíblica tem seu fundamento e sua importância na premissa de que a Escritura é a Palavra 
de Deus inspirada. A escrita da Palavra expõe o testemunho da comunidade de fé da Antiga e da 
Nova Aliança, da herança recebida em sua história. É preciso dom especial para discernir a Palavra 
nos eventos históricos, transmitindo-a por meio das palavras humanas de modo fiel. Seu autor 
humano é chamado de: 
Hagiógrafo. 
2. A Teologia Sistemática é também denominada de Fundamental. De que modo pode ser 
compreendida? 
Organização sistemática dos conteúdos da fé num sistema explicativo. 
3. A Teologia Prática é a reflexão que considera a responsabilidade e a atuação eclesial no mundo 
atual, no diálogo com outras Teologias e com áreas de conhecimento. Qual dos itens abaixo que NÃO 
podemos relacionar à Teologia Prática? 
A Teologia Prática envolve tanto a vida da Igreja quanto sua presença no mundo. 
4. A Teologia Bíblico-exegética é referência das demais, pois a Sagrada Escritura é a fonte primária 
da Teologia. Qual o início de sua pesquisa? 
A partir do texto bíblico, buscamos os sentidos que o mesmo quer comunicar. 
5. No final da Idade Média, a situação religiosa em que o homem vive torna-se problemática. A teologia 
está em profunda crise, chegam ao Ocidente os livros gregos e latinos; a devoção ao antigo chega ao 
extremo. 
Aparece o humanismo, que prolifera abundantemente. 
Aula 7 
1. É a confirmação de toda a esperança cristã, da plenitude da vitória sobre a morte, de modo histórico. 
É Deus que vem ao encontro da humanidade e a leva até Ele, assumindo a cruz, o não, o limite e a 
morte como experiências divinas a partir de Jesus Cristo. Esse conceito se refere à: 
Ressurreição 
2. Há a exposição da doutrina da Igreja em um aprofundamento quanto ao Espírito Santo. No período 
entre os concílios, passa-se do estudo das ações do Espírito para seu conhecimento como Terceira 
Pessoa da Trindade. A formulação do artigo de fé ratifica o que Atanásio e os padres capadócios 
elaboraram, assinalando a igualdade entre as pessoas do Pai, do Filho e do Espírito Santo. São 
Padres Capadócios, EXCETO: 
Afonso de Ligório 
3. Como o Termo teologia era usado entre os gregos? 
O cristão aceita a verdade sobre a existência de Deus primeiramente pela fé, que não é cega, mas baseada 
em provas e estas se acham primeiro nas escrituras e depois na natureza 
4. Na cristologia neotestamentária encontramos alguns títulos