A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA

Pré-visualização | Página 1 de 1

ATIVIDADE: Tendo como modelo as células eucariotas que possuem um núcleo organizado desenvolva sobre OS PRINCIPAIS processos de REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA que ocorrem desde a interação do DNA com as histonas até as modificações pós-traducionais apresentados para você neste encontro.
 A regulação da expressão gênica é, o processo pelo qual o DNA controla quais os genes serão expressos e quais serão silenciados de acordo com a função de c ada célula. A expressão gênica vai depender do tipo de célula e qual sua função, então. mesmo possuindo um mesmo DNA, duas células podem ser totalmente distintas umas das outras. Os eucariotos são grande parte dos organismos vivos, e são em sua maioria organismos complexos, formados por diferentes tipos de células. 
Assim sendo, existem diversos tipos de mecanismos para a regulação de seus 
Genes, em geral essa regulação é obtida durante o controle da transcrição do DNA em 
RNA ou na produção de uma proteína, ou seja, durante a tradução do RNA. 
1) Transcrição do DNA
Durante o processo de transcrição, proteínas chamadas de fatores de
transcrição se ligam o uma sequência genética especifica, que pode se localizar
próximo ou dentro do gene. Essas proteínas agem então promovendo ou impedindo
que esse gene seja transcrito em mRNA.
2) Aumento da quantidade de genes
Uma forma de aumentar a expressão de um determinado gene é aumentar o
seu número de cópias dentro do genoma. Assim uma maior quantidade mRNA será produzido a partir do DNA molde, consequentemente a quantidade de uma mesma proteína aumentará na célula.
3) Processamento de mRNA
Após a transcrição do DNA, o mRNA precisa ser processado para ser enviado
para fora do núcleo e se ligar aos tRNAs. Esse processamento é chamado de Splicing, onde os íntrons são retirados do mRNA e uma cauda poli -A é adicionada. Esse processamento ocorre em todos os processos de transcrição. Porém em alguns casos, os mRNAs podem perder éxons também, passando a produzir uma proteína diferente do original. Esse processo é chamado de Splincing alternativo e é um importante mecanismo de expressão gênica
4) Acessibilidade da cromatina
Como sabemos, o DNA se encontra no núcleo em conjunto com outras
proteínas, formando a cromatina. Essa união também pode ser regulada, genes que se encontram em locais mais relaxados da cromatina podem ser mais facilmente transcritos que genes e m locais mais condensados.
5) Atividade da enzima polimerase
A enzima polimerase é responsável p ela catalisação da transcrição d e genes,
para isso essas enzimas se ligam á regiões promotoras localizadas no DNA.
Em alguns casos, complexos proteicos podem se ligar à essas regiões,
impedindo o acesso da polimerase e impedindo a transcrição de um determinado gene.
6) Compensação do cromossomo X
A quantidade de proteínas produzida vai depender da quantidade de genes
que estão sendo transcritos, já o número de transcritos é influenciado pela
quantidade de genes disponíveis para a transcrição.