A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
A sociolinguista 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

· 
	A sociolinguista Ecker, em seus estudos, apresenta que há três ondas de análise que estudam as variações linguísticas ao longo do tempo. Ela nos apresenta que não há uma sobreposição de uma com a outra, mas que as três caminham juntas, somente com a alteração da forma que cada uma delas verá as variantes.
 
Considerando o apresentado no enunciado, analise as afirmativas a seguir.
 
I) Primeira onda: ligada aos estudos labovianos, com foco nas variantes definidas geograficamente.
II) Segunda onda: baseada nos estudos etnográficos, representando a realidade local.
III) Terceira onda: ligada aos estudos labovianos, com foco nas variantes definidas geograficamente.
IV) Primeira e segunda ondas: ambas buscam apresentar algo estático, tendo como objetivo principal a descrição da língua.
 
Está correto o que se afirma em:
		Resposta Selecionada:
	 [Sem Resposta]
	Resposta Correta:
	 
I, II e IV, apenas.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta, visto que a primeira onda se preocupa com as diferenças geográficas, a segunda tem como foco questões etnográficas e a terceira onda se baseia na prática linguística. Essa última não se prende às questões geográficas ou etnográficas, mas sim ao posicionamento do indivíduo na condição social. Isso porque cada campo social exige um posicionamento diferente do falante.
· Pergunta 2
0 em 1 pontos
	
	
	
	Atualmente, no ensino da língua, uma das atitudes que temos que ter é construir objetivos de aprendizagem que vão ao encontro dos estudos da sociolinguística e das novas práticas pedagógicas vigentes. A partir do momento em que reconhecemos a existência da variedade linguística em todas as línguas, precisamos permitir que o estudante seja capaz de:
 
Selecione a única alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Conheça a gramática normativa e a considere fundamental para ser um bom usuário da língua, independentemente da situação de fala.
	Resposta Correta:
	 
Seja capaz de usar cada vez mais um maior número de recursos da língua  de modo adequado à produção de sentidos em situações específicas de comunicação.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta, pois o docente de língua portuguesa deve elaborar atividades que tenham como objetivo central desenvolver no estudante a capacidade de selecionar recursos linguísticos adequados à situação comunicacional. Ele deve ter em mente que o seu conhecimento prévio serviu de base para o aprimoramento de novas informações e produções. Também deve identificar que conhecer as regras gramaticais é importante, mas não é fator primordial para a ascensão social.
	
	
	
· Pergunta 3
0 em 1 pontos
	
	
	
	Com base nos estudos da sociolinguística, que demonstra a importância do trabalho com a variedade linguística, e repensando da função do docente de língua portuguesa, devemos destacar que: "Para cumprir bem a função de ensinar a escrita e a língua padrão, a escola precisa livrar-se de vários mitos".
 
BAGNO, M. Preconceito linguístico . São Paulo: Loyola, 2017. p. 75.
 
Assinale a alternativa correta, em que essa passagem mantém o mesmo sentido da citação.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Apesar de sempre cumprir bem a função de ensinar a escrita e a língua padrão, esses mitos ainda se mostram presentes.
	Resposta Correta:
	 
Para cumprir seu objetivo de ensinar a escrita da norma culta, a escola deve rejeitar os vários mitos.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta, porque, de modo geral, as escolas ainda não conseguem cumprir bem o seu papel, devido à presença forte dos mitos em torno da língua. A ideia é que possamos compreender que a escola reconhece a necessidade de se libertar desses mitos e que todas as variantes possuem valor e que cada uma delas deve ser utilizada em uma situação específica.
	
	
	
· Pergunta 4
0 em 1 pontos
	
	
	
	Ao estudar a língua portuguesa, percebemos que há algumas diferenças entre os falares, tendo como referência diferenças regionais e de formalidade do texto, por exemplo. Com base nos estudos da sociolinguística e na prática docente, vamos fazer a leitura dos trechos identificados a seguir e analisar se há algum erro na escrita de algum deles, identificando como caracterizá-los.
 
Analise as afirmativas a seguir.
“I. Cara, eu conheço ele desdos tempos do colégio! A gente vai aumoça sempre junto. Você já tinha visto ele?
II O senhor me desculpe, mas eu não a vejo desde aquela época remota. Não obstante, poderíamos tentar um contato.
III. O senhô vai armoça gorinha memo ? Eu ponhei a chave bem debaixo do tapetinho. Despois nois vorta .
IV. Vós poderíeis dizer-me que estou equivocado. Entretanto, saberíeis dizer exatamente em que aspecto?”.
FARACO, C. A; TEZZA, C. Prática de texto . Petrópolis: Vozes, 1992. p. 10.
 
Está correto o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e III, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I, II, III e IV.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta, pois avaliar somente as frases de modo isolado não nos permite reconhecer se estão corretas ou não, porque precisaríamos de informação do contexto comunicacional para poder identificar se há “erro” e como podemos corrigi-lo. De modo isolado, a única análise que podemos fazer é notar que as quatro fazem parte da língua portuguesa.
	
	
	
· Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	Hoje em dia, umas das etapas que mais geram discussão quando se fala em práticas docentes da linguagem diz respeito à correção dos possíveis “erros” nos textos. Pensando na avaliação de textos escritos e orais de nossos estudantes, selecione a alternativa que ressalta o maior cuidado que os professores têm que ter ao corrigir as produções de seus estudantes.
 
Selecione a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Valorizar a adequação do texto à situação comunicativa proposta.
	Resposta Correta:
	 
Valorizar a adequação do texto à situação comunicativa proposta.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A sua resposta correta, pois, ao contrário do que se fazia no ensino tradicional, hoje em dia, a preocupação maior não é mais indicar somente os erros de ortografia e gramática. A nova metodologia de ensino, e também de avaliação, está mais preocupada com a adequação da linguagem do que com a situação de divulgação da mensagem. A linguagem tem que ser estudada em sua prática social, na interação com o outro.
	
	
	
· Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	A partir dos estudos sobre as variedades linguísticas, também é preciso se repensar sobre as novas formas de ação corretiva. Sobre esse fato, Bechara nos afirma: 
“[...] quando se fala de ação corretiva, obviamente não estamos querendo entender a procura do erro de gramática e a correção dele, mas sim um exame de eficácia com que foi estruturada a mensagem”.
BECHARA, E. Ensino de gramática. Opressão? Liberdade? São Paulo: Ática, 2005. p. 47.
Com base nos estudos da sociolinguística e na citação de Bechara, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s).
(  ) É importante analisar se a criança conseguiu se expressar, mesmo que ainda apresente alguns “erros” gramaticais.
(   ) A correção do “erro” deve ser o ponto-chave da ação corretiva do docente de língua portuguesa.
(    ) A busca pela identificação do erro e a correção dele deve ser o ponto-chave das aulas de português.
(   ) A eficácia da comunicação se mostra presente na capacidade de transmitir a mensagem e não somente nos “erros” gramaticais.
Assinale a alternativa que apresente a sequência correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
V, F ,F V.
	Resposta Correta:
	 
V, F ,F V.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A sua resposta está correta, pois, ao se repensar o ensino de língua portuguesa, é necessário também se reestruturar as formas de correção das atividades aplicadas em sala de aula. Temos o terrível hábito de ficar procurando indicar onde há erros de escrita dos textos, muito mais do que verificar se a comunicação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.