A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
PIM VII MAX MIX NOTA 9,0

Pré-visualização | Página 5 de 9

de curto prazo da empresa 
O Ativo não Circulante engloba as contas do Ativo Realizável a Longo Prazo e o Permanente. Já o Passivo não Circulante (PNC) é composto pelas fontes de financiamento próprio e de terceiros.
O Capital de Giro (CDG) é igual ao Ativo Circulante. O capital de giro foi retirado do Balanço Patrimonial da POSITIVO TECNOLOGIA referente ao 3ºtrimestre do ano de 2019- (30-09-2019)
CG= AC
CG= 1.457.640 (REAIS MIL) 
O Capital de Giro deve ser uma vez que será o Ativo Circulante responsável em sustentar as operações cotidianas da empresa. 
O Capital de Giro Líquido (CGL) demonstra a quantidade de dinheiro em caixa. Para o cálculo do CGL diminui-se o Passivo Circulante (PC) do Ativo Circulante (AC), logo: CGL=AC – PC
CGL=1.457.640-1.134.908= 322.732 (REAIS MIL) 
A seguir vamos calcular o Capital de Giro Líquido (CGL), sendo necessário para avaliar o efeito TESOURA, ou seja, avaliar o quanto a Liquidez da empresa POSITIVO está comprometida e se está;
CGL = 1.457.640-322.732 = 1.134.908 (REAIS MIL)
3.4 – Capital de Giro Próprio 
Keynes (1926) e Weston e Copeland (1992) indicam que entre as finalidades do capital disponível há a necessidade de se manter recursos em caixa para honrar os compromissos assumidos. Não há nenhuma sincronia entre os recebimentos e os pagamentos das operações das empresas. 
	O Capital de Giro Próprio são recursos próprios utilizados no financiamento dos ativos de curto prazo. O ciclo operacional é o tempo decorrido desde a aquisição da matéria-prima ou das mercadorias para venda até o recebimento das vendas de seus produtos. Corresponde ao montante que a empresa dispõe para honrar obrigações e manter sua operação funcionando enquanto não entram recursos para sustentá-la. Esse valor é dela mesmo, não sendo proveniente de terceiros. Resumindo é o valor que a empresa tem para se autofinanciar, sem precisar injetar dinheiro de terceiros.
Na prática a fórmula é conforme MATIAS (2007): Capital de Giro Próprio=Patrimônio Líquido-Ativos Permanentes-Realizáveis a Longo Prazo.
CGP=PL-AP-Realizável a Longo Prazo
CGP = 528.580 – 418.559 – 200.314 = 90.203 
CGP = 90.203 (REAIS MIL) 
Tabela 2: Balanço Patrimonial.
Fonte: site POSITIVO TECNOLOGIA S.A:
Tabela 3: Patrimônio Líquido
Fonte: POSITIVO TECNOLOGIA S.A:
3.5 – Saldo de Tesouraria (ST)
O saldo de tesouraria é o que vai indicar a necessidade ou não de capital de giro de terceiros. Para manter o saldo se tesouraria positivo, a empresa deve manter sempre positiva a diferença entre o ativo circulante e o passivo circulante financeiro.
Na prática, a fórmula é:
Saldo de Tesouraria = Ativo Circulante Financeiro – Passivo Circulante Financeiro, ou seja: ST = ACF-PCF
ST = 1.457.640 – 1.134.908
ST =322.732 (REAIS MIL) 
3.6- Estudo dos Indicadores de Endividamento
Os indicadores de Endividamento de uma Empresa são utilizados para verificar o grau de endividamento ou não de uma empresa. Ele mede a proporção de endividamento em relação ao seu Ativo. Evidencia esse endividamento se os ativos da empresa estão financiados por terceiros. Porém a empresa pode não ter endividamentos, quando o seu Ativo é financiado com recursos próprios. 
Entendendo o tamanho da dívida: EG – índice de endividamento geral
Participação de Capital de Terceiros (PCT) = Patrimônio a Curto Prazo (PC) mais Exigível a Longo Prazo (ELP) – DIVIDIDO pelos Ativos Totais, ou seja, o Patrimônio Líquido = PL; desse valor multiplica-se por 100 para obter a porcentagem da EG. 
EG=PCP + PLPC /ATIVOS TOTAIS *100
EG=? + 
3.7 - Grau de Alavancagem Operacional 
O Grau de Alavancagem Operacional significa a relação entre o aumento no lucro e o aumento na receita. É de extrema utilidade para as projeções dos resultados que determina o como a empresa obteria o ponto de equilíbrio, elaborando um processo decisório sobre os investimentos pretendidos de acordo com o capital da empresa.
 O (GAO) é a medida da variação do lucro. = Variação Percentual no Lucro Operacional (RESULTADO) dividido pela Variação Percentual nas Vendas. 
Se o lucro aumentou 20 % para um aumento de 10% nas vendas, dizemos que a alavancagem operacional é de 2 %%.
No caso da POSITIVO TECNOLOGIA, de acordo com os dados da Bovespa 
4-Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações; é o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro. É um conceito elaborado para fazer referência ao meio ambiente e a conservação dos recursos dos recursos naturais; é também a capacidade de utilizar os recursos e os bens naturais sem comprometer a disponibilidade desses elementos para as gerações futuras. 
Uma empresa Responsável é quando uma empresa decide contribuir para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo.
A Responsabilidade Social Empresarial vai além dos requisitos legais, obrigatórios para uma empresa responsável.
A RSC (Responsabilidade Social Corporativa) significa atividade empreendedora responsável na atividade real (mercado), sobre aspectos ecologicamente corretos e com as relações com empregados e todos os assuntos e locais relevantes e o intercâmbio entre todas as partes. Ou seja, a empresa responsável se preocupa em se manter no mercado com responsabilidade com seus funcionários, o meio ambiente que ela utiliza para seu espaço físico, além do que seu produto causa na natureza. 
É importante citar sobre o artigo 225 da Constituição Federal Brasileira:
Art:225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial á sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e a coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações (BRASIL, 2008).
A responsabilidade social de uma empresa pode ser compreendida em dois níveis:
-Interno: que se relaciona com os trabalhadores e, a todas as partes afetadas pela empresa e que, podem influenciar no alcance de seus resultados. 
-Externo: são as consequências das ações de uma empresa sobre o meio ambiente, os seus parceiros de negócio e o meio em que são inseridos.
Sobre as empresas, e o meio ambiente, vale considerar que a evolução das ideias ecológicas tem impulsionado a proteção ambiental e a diminuição na degradação de bens ambientais á sadia qualidade de vida. Nessa senda, é de grande valia a obediência ao Princípio do Ambiente Ecologicamente Equilibrado, o que faz hoje as empresas começar a pensar em estratégias e incluir projetos de sustentabilidade para o e-commerce, pois é um processo que pode ser bastante positivo para os consumidores, para os negócios e para o planeta.
O produzir consciente e o consumir consciente são uma preocupação de todos. Os clientes procuram cada vez mais empresas eco-friendly, e as empresas que embarcarem nessa premissa, terão a sua marca vista como uma empresa ecologicamente correta e equilibrada, logo terão um ganho de confiança desses clientes que estão preocupados em cuidar do meio ambiente e estes vão procurar empresas que obedecem as normas de legislação ambiental, que tem preocupação com os descartes das embalagens, que se preocupam com o bem estar de seus funcionários, ou seja, uma nova cultura de consumo está se estabelecendo, pois com o desenvolvimento das Redes Sociais e o maior acesso às informações, as pessoas estão cada vez mais interessas e preocupadas com todos os ecossistemas, o ambiente, aos animais e com as causas sociais. Logo o consumo consciente está cada vez mais em alta e associar o e-commerce as ações e atitudes sustentáveis, ajuda a melhorar a imagem da empresa e a fidelizar seus clientes, que estão em sintonia com as ações SUSTENTÁVEIS. 
4.1 - Ações Sustentáveis dentro de um e-commerce:
-Embalagem sustentável – utilizar materiais reciclados, biodegradáveis ou reutilizáveis, inclusive se possível desenvolver uma embalagem aonde exista a reutilização do cliente para outras tarefas. Programar o descarte e o reaproveitamento dessa embalagem dentro de uma política