A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Questões de farmacologia com resposta

Pré-visualização | Página 1 de 7

F a r m a c o l o g i a I I | 1 
 
Antibióticos................. 
Bactérias sensíveis a Azitromicina, exceto: 
a. Escherichia coli 
b. Micoplasma 
c. Treponema palidum 
d. Pseudomonas aeruginosa 
e. Haemophilus Influenzae 
Antibiótico indicado para o tratamento da INFECÇÃO 
RESPIRATÓRIA para Haemophilus influenzae, exceto: 
a. Amoxicilina 
b. Levofloxacina 
c. Clindamicina (Haemophilus influenzae é gram-) 
d. Sulfametoxazol Trimetoprim (SMT – TMP) 
e. Cefuroxima (G2) 
São antibióticos para Pseudomonas sp, exceto: 
a. Ciprofloxacino 
b. Levofloxacino 
c. Clindamicina 
d. Ticarcilina + Ac. Clavulânico 
e. Amicacina 
Obs: Cloranfenicol não pega Pseudomonas e 
Clindamicina não pega gram-negativos. 
São antibióticos que atravessam a barreira 
hematoencefálica (BHE), exceto: 
a. Cloranfenicol (+ atravessa) 
b. Cefepime (G4) 
c. Ceftriaxone (G3) 
d. Cefalotina (G1) 
e. Cefuroxima (G2) 
São antibióticos que atravessam a barreira 
hematoencefálica (BHE), exceto: 
a. Cefuroxima (G2) 
b. Ceftriaxone (G3) 
c. Cloranfenicol 
d. Metronidazol 
e. Azitromicina 
Obs: Cefuroxima é a única cefalosporina de 2ª geração 
que passa a BHE. Qualquer cefalosporina de 3ª geração 
passa e de 4ª também. 
Mulher grávida com diagnóstico de Sífilis, alérgica à 
amoxicilina, que antibiótico indicaria nesse caso: 
a. PenicilinaG Benzatina(ATB de escolha – s/alergia) 
b. Penicilina G procaína 
c. Ciprofloxacino (não cobre Sífilis) 
d. Azitromicina 
e. Ceftriaxone (G3)(não cobre Sífilis) 
Paciente, 42 anos, com diagnóstico de litíase 
(coraliforme), feito exame de urina que acusou bactéria 
Proteus mirabilis. São fármacos indicados para o 
tratamento dessa doença, exceto: 
a. Ciprofloxacino 
b. Amoxicilina 
c. Metronidazol (Só cobre anaeróbios – 
PROTOZOÁRIOS) 
d. Cefuroxima (G2) 
e. Sulfametoxazol Trimetoprim (SMT – TMP) 
Paciente com diarreia crônica, feito diagnóstico de 
Doença de Chron, que antibiótico você indicaria: 
a. Ciprofloxacino 
b. Amoxicilina 
c. Cloranfenicol 
d. Metronidazol (efeito anti-inflamatório) 
e. Nenhuma das alternativas, porque a doença de 
Chron não é infecciosa (Cerca de 50% dos pacientes 
com doença de Chron não é infeccioso) 
Paciente com infecção urinária com o diagnóstico de 
Proteus mirabilis,são indicados para essa doença, 
exceto: 
a. Cloranfenicol 
b. Metronidazol 
c. Ciprofloxacino 
d. Cefuroxima (G2) 
e. Sulfametoxazol Trimetoprim (SMT – TMP) 
Obs.: Proteus mirabilis é gram-negativo e Metronidazol 
só pega anaeróbios 
 
Medicamentos para uso da Doença de Chron: 
a. Metronidazol 
b. Claritromicina 
c. Ceftriaxone 
d. Azitromicina 
e. Levofloxacino 
Paciente com insuficiência renal com infecção urinária 
por Pseudomonas auriginosa, que antibiótico você 
daria sem modificar a dose? 
a. Ciprofloxacino 
b. Ceftriaxona (G3) 
c. Azitromicina 
d. Ampicilina 
e. Amoxicilina + Clavulanato 
Assinale a alternativa incorreta em relação a 
Clindamicina: 
a. Atua inibindo a síntese de proteína bloqueando 50S 
(macrolídeos/clindamicina/cloranfenicol) 
b. Atividade contra Streptococcus, Staphilococcus 
sensíveis à penicilina 
c. Não pode ser administrado às grávidas e é 
considerado droga C. (categoria B) 
d. Não atravessa a BHE 
e. Produz colite pseudomembranosa em 1 – 10% dos 
casos. 
Com relação a eritromicina, assinale a INCORRETA: 
a. Ácido gástrico destrói a molécula de eritromicina 
b. Inibem a síntese de proteínas em ribossomos 50S 
c. O estolato de eritromicina é o único que pode ser 
administrado para grávida. (Contra – indicado em 
adulto – hepatite colestática) 
d. Altas doses de eritromicina podem causar surdez. 
e. A eritromicina não está indicada para infecções por 
Escherichia coli. 
São antibióticos indicados na gravidez, exceto: 
a. Clindamicina 
b. Sulfametoxazol em 1º trimestre 
c. Metronidazol em 2º e 3º trimestres 
d. Eritromicina estolato 
e. Amoxicilina 
F a r m a c o l o g i a I I | 2 
 
Obs: Sulfametoxazol não pode ser usado no 3º trimestre 
porque gera kericterus. Eritromicina estolato não pode 
ser usada em adulto porque gera hepatite colestática. 
São bactérias sensíveis à Sulfametoxazol Trimetoprim 
(SMT – TMP): 
a. Escherichia coli 
b. Haemoplilus influenzae 
c. Staphilococcus aureus 
d. B. fragilis 
e. Salmonella 
Antibióticos indicados para B. fragilis, exceto: 
a. Metronidazol 
b. Ceftazidima (G3) 
c. Cefepime (G4) 
d. Cloranfenicol 
e. Clindamicina 
Obs.: B. fragilis é anaeróbio e cefepima é cefalosporina de 
quarta geração, que não pega anaeróbios. 
Paciente com infecção pélvica feito cultura acusou B. 
fragilis, são antibióticos para essa anaeróbio, exceto: 
a. Piperacilina + Tazobactam (pega tudo, menos 
MARSA) 
b. Cefepime (G4)(não cobre anaeróbio) 
c. Clindamicina 
d. Metronidazol 
e. Cloranfenicol 
Em relação a penicilina, assinale a INCORRETA: 
a) A penicilina G cristalina é indicada para o tratamento 
da neurosífilis 
b) A Amoxicilina é boa alternativa para o tratamento 
profilático da endocardite 
c) O Ácido Clavulânico tem pequeno efeito 
antimicrobiano 
d) A amoxicilina se concentra muito bem no ouvido 
médio (tratamento de otite) 
e) Penicilina G Benzatina tem que ser administrada 
antes dos alimentos ou duas horas depois dos 
alimentos. – Não existe Penicilina G Benzatina oral!! 
 
 
Com relação ao cloranfenicol, assinale a INCORRETA; 
a. Pode produzir anemia aplásica inexplicada. 
b. Está indicada para o tratamento de abscessos 
cerebrais 
c. É eficaz para tratamento de meningites 
meningocóccica. 
d. Tem interação medicamentosa com acetominofeno 
e. Pode produzir Kernicterus. (SMT – TMP) 
Assinale a alternativa INCORRETA em relação à 
AZITROMICINA: 
a. Níveis Tissulares elevados. 
b. Considerada categoria B na gravidez 
c. Não atravessa BHE 
d. Está indicada no tratamento de gonorréia e 
cancróide. 
e. Produz interação medicamentosa com Warfarina e 
Cimetidina, significativas. (POR ISSO O PERUANO 
TIRÁ O CHAPÉU – NÃO TEM INTERAÇÃO 
MEDICAMENTOSA) 
São Antibióticos que tem atividades imunológicas, 
exceto: 
a. Eritromicina 
b. Claritromicina 
c. Clindamicina 
d. Metronidazol 
e. Levofloxacino 
São Antibióticos que atuam intracelularmente, exceto: 
a. Levofloxacino 
b. Clindamicina 
c. Azitromicina 
d. Claritromicina 
e. Amoxicilina (Penicilina não atua intracelular) 
Antibiótico com propriedade antimicrobiana, 
antiprotozoárias e imunológicas: 
a. Metronidazol 
b. Cefalexina 
c. Azitromicina 
d. Claritromicina 
e. Cloranfenicol 
 
Mulher violentada é medicada com coquetel de anti – 
HIV. Que antibiótico você usaria para diminuir a chance 
de DST? 
a. Ciprofloxacino 
b. Levofloxacino 
c. Metronidazol 
d. Azitromicina 
e. Penicilina G Benzatina 
Obs.: Pega micoplasma, só não pega Trichomonas 
São fármacos que produzem litíase urinária: 
a. Ciprofloxacino 
b. Captopril 
c. Azitromicina 
d. Indinavir 
e. Sulfonamidas 
Obs: Ambas as drogas produzem Litíase urinária – 
outros: Suplemento de cálcio, Suplemento de Vitamina 
D, Ácido ascódio (> 4 g/dia), triantereno. 
São substãncia inibidora da formação de cálculos, 
exceto: 
a. Citrato 
b. Magnésio 
c. Pirofosfato 
d. Glicosaminoglicanos 
e. Sulfonamidas 
Obs: Além dessas, temos: Nefrocalcina, Proteína de 
Tamm – Horsfall, Mucoproteínas, Bikunin, Uropontina. 
São diagnóstico diferencial de causa Neuromuscular e 
esqueléticas: 
a. Dor muscular 
b. Dor na Costela 
c. Herpes Zoster 
d. Osteomilitis ilíaca 
e. Síndrome Munchausen 
Obs: Síndrome Munchausen – Causa ginecológica. 
São alternativas de tratamento de cólica renal, exceto: 
a. Inibidores de prostaglandinas 
b. Antiespamódicos (alcalóide da beladona) 
c. Metoclopramida 
d. Acupuntura 
F a r m a c o l o g i a I I | 3 
 
e. Tansulosina 
Obs: Antiespamódicos não serve para tratamento, 
podemos ainda utilizar Opiáceos e derivados 20 
QUESTÕES  18 ATB / 2 Litíase 
São bactérias sensíveis a Penicilina G aquosa, exceto: 
a) Streptococcus pyogenes 
b) Neisseria meningitidis 
c) Neisseria gonorrhoeae 
d) Escherichia coli 
e) Treponema pallidum 
Com relação as penicilinas assinale a incorreta: 
a) são classificadas como fármacos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.