Triagem Neonatal
4 pág.

Triagem Neonatal


DisciplinaEnfermagem Obstétrica236 materiais7.067 seguidores
Pré-visualização1 página
Um conjunto de exames
laboratoriais realizados logo
após o nascimento.
Entre o 3º e o 5º dia de vida.
Período para evitar falso-
negativo nas doenças
dependentes de amamentação.
Procedimento 
simples e rápido.
Possibilita identificar 
precocemente doenças 
genéticas, metabólicas, 
endócrinas e infecciosas.
\u2022 Hipotireoidismo congênito;
\u2022 Fenilcetonúria;
\u2022 Doença falciforme e outras
hemoglobinopatias;
\u2022 Fibrose cística;
\u2022 Deficiência de biotinidase;
\u2022Hiperplasia adrenal congênita.
Feito a partir do sangue
coletado do calcanhar
do bebê.
Feito na maternidade ou hospital,
antes da alta hospitalar.
Teste obrigatório, em todo
o território nacional, pela
Lei 3.914, de 1983.
Gratuito pelo SUS 
Vantagens: diagnostico
e tratamento precoce.
Triagem Neonatal.
Fonte: http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2123-teste-do-pezinho
Teste do Reflexo
Vermelho.
Simples, rápido e indolor.
Consiste na identificação de um reflexo
vermelho que aparece quando um feixe de
luz ilumina o olho do bebê. Semelhante ao
observado em fotos.
Detectar alteração que cause
obstrução no eixo visual:
\u2022 Catarata;
\u2022 Glaucoma congênito;
\u2022 Hemorragias;
\u2022 Retinoblastoma, entre outras.
Realizado ao nascer pelo 
pediatra, ou na 1 semana 
de vida ate os 3 anos de 
idade.
O teste detecta até graus muito
elevados de miopia ou
hipermetropia.
Se houver necessidade
consultar oftalmologista
Luz refletida de cor normal:
avermelhada, alaranjada ou
amarelada. Significa que as
estruturas dos olhos do bebê estão
saudáveis.
Luz refletida de cor alarmante:
esbranquiçada ou de forma
diferente entre os olhos.
Fonte: https://ares.unasus.gov.br/acervo/html/ARES/1641/2/teste_do_olhinho.png
O Teste da Orelhinha, ou
\u201cexame de emissões
otoacústicas evocadas\u201d. Consiste na produção de um
estímulo sonoro e na captação do
seu retorno por meio de uma
delicada sonda introduzida na
orelhinha do nenê.
Rápido, seguro e indolor.
Feito pelo pediatra, ainda no hospital, com o
nenê dormindo, a partir de 48 horas de vida.
Ele leva de 5 a 10 minutos para ser
concluído.
Caso de suspeita de alguma
anormalidade, o RN será
encaminhado para uma avaliação
otológica e audiológica completa.
Teste obrigatório,
assegurado pela Lei nº
12.303, de 2 de agosto de
2010.
Fonte: https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/cuidados-com-o-bebe/teste-da-orelhinha/
Diagnóstico precoce de cardiopatia
congênita crítica.
Feito Oxímetro de pulso.
Sensores são colocados na mão
direita e em um dos pés do bebê
para medir a concentração de
oxigênio no sangue arterial da
criança. Caso apresente alteração, realizar
exames mais específico:
ecocardiograma, em até 24 horas, no
próprio hospital, para diagnóstico e
tratamento, em alguns casos e
necessário cirurgia imediata.
O exame realizado em todos
os RN com mais de 34
semanas de idade gestacional,
entre 24 e 48 horas após o
nascimento.
Alterações:
\u2022Transposição das grandes artérias;
\u2022Atresia da válvula pulmonar;
\u2022Síndrome de hipoplasia do coração
esquerdo.
Fonte: http://www2.ebserh.gov.br/documents/214336/1108363/PRO.MED-NEO.058+-+R1+TRIAGEM+DE+CARDIOPATIA+CONG%C3%8ANITA.pdf/e66fc397-8a98-
446c-8528-367e0fa53dbe