A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
APX1 2020.1 Teatro Educação

Pré-visualização | Página 1 de 1

APX 1 - 2020 - 1 
Avaliação Presencial Adaptada 1 
Disciplina Teatro e Educação 
Coordenação: Profª Carmela Soares 
 
 
 
	Nome: Joyce Martins
	
	
 
 
 
 
 
 
Caro (a) aluno (a): 
 
Prezado (a) aluno (a) essa é a sua Avaliação Presencial Adaptada 1 (APX1). Leia os enunciados com atenção e procure ser claro e objetivo na elaboração de suas respostas. 
Instruções: 
 
· Você vai encontrar 5 questões nesta prova; 
· Leia atentamente todas as questões; 
· Revise suas respostas e verifique se as idéias estão claras; 
· Esta avaliação é individual; • APX1 deve ser postada na plataforma. 
 
 
 
 
 
 
 
BOM TRABALHO!!! 
ª Questão (2,0 pontos)
 
TEXTO 1 
“Uma amiga, terapeuta de crianças, me contou de um menininho que pegou uma corneta e começou a brincar com ela como se fosse um telefone: uma ponta no ouvido, a outra ponta na boca, ele conversava com um amigo imaginário. Veio a avó, comprometida freudiana- mente com a “educação para a realidade”, e tratou de educar o menino, dizendo-lhe que aquele objeto era uma corneta e não um telefone. Com isso, evidentemente, ela quebrou o brinquedo dele. Comentou a minha amiga: “ A avó sabia que aquilo era corneta. O menini- nho sabia que aquilo era uma corneta e um telefone”. 
Quando eu era menino, muitos dos meus brinquedos eram assim. Quatro sabugos de mi- lho eram quatro bois, todos devidamente batizados, Malhado, Tritão, Teimoso e Risonho, amarrados por barbantes ao carro de bois, lata vazia de sardinhas. O que era não era. Para a criança que brinca, o que é, é aquilo que sua imaginação vê no objeto opaco. O menininho via o telefone na corneta. Eu via bois nos sabugos. As crianças sabem que as coisas podem ser outras. A imaginação faz as coisas ficarem outras. Guimarães Rosa en- tendia: “Tudo é real porque tudo é inventado”.1 (ALVES, p. 59, 2005). 
 
TEXTO 2 
 
“O jogo dramático infantil é uma forma de arte por direito próprio; não é uma atividade in- ventada por alguém, mas sim o comportamento real dos seres humanos ”.2 (SLADE, p. 17, 1978. 
Tomando como ponto de partida os textos acima, responda: 
 
A – Qual a importância do faz- de- conta para o aprendizado do teatro? 
Resposta: 
O faz – de – conta nos permite imaginarmos sermos outra pessoa, termos outro estilo de vida ou possuirmos objetos que não temos, no teatro ocorre a representação de um personagem, uma vida, através do estímulo do faz de conta é possível possuir maior desenvoltura teatral por ter lidado desde cedo com o mundo imaginário. 
 
B – Qual a diferença entre o faz-de-conta e o jogo teatral? 
Resposta: 
O faz – de – conta está ligado ao imaginário e criativo da criança, a onde ela recria a sua imaginação em objetos, já o jogo teatral é como você expressa um universo imaginário e faz com que as pessoas acreditem no que estão vendo, podendo ser encontrado em jogos de representação. 
 
 
 2º Questão (2,0 pontos)
 
Teça uma reflexão sobre a importância do corpo no ensino do teatro e o seu papel como instrumento de descoberta e conhecimento do mundo. 
Resposta: 
O corpo no ensino do teatro é importante pois é o instrumento por meio do qual o ator expressa e cria uma realidade cênica, o corpo é a casa, o abrigo que necessita ser descoberto. Na descoberta de mundo ele é essencial para que a o ser humano compreenda o seu corpo, suas funções e consiga expressar tudo o que sente e perceba o que sente através dele. 
 
3º Questão (2,0 pontos) 
 
Quem foi Augusto Boal e qual a sua importância para o teatro no Brasil e no mundo? 
 
 
1 ALVES, Rubem. Um céu numa flor silvestre: a beleza em todas as coisas. Campinas, SP: Verus Editora, 2005. 
2 SLADE, Peter. O jogo dramático infantil. São Paulo: Sumus, 1978. 
Resposta: 
 
Augusto Boal foi um teatrólogo, dramaturgo, ensaísta e diretor, criou o Teatro do Oprimido, onde possui em sua formulação uma árvore a onde colocam todas as idéias que serão trabalhadas. Ensinava as pessoas a se tornarem atores, ou seja, o método Teatro do Oprimido dava a população à oportunidade de ter voz e fala, sejam negros, pobres, empregadas ou pessoas com transtornos mentais 
 
 
4º Questão (2,0 pontos) 
 
Cite uma técnica do Teatro do Oprimido e descreva a forma como você pode explorar esta técnica na escola, na realização de um processo de criação teatral junto aos alunos. 
Resposta: 
 
A técnica escolhida foi o Teatro-Imagem, através dele fazem uso dos corpos para encenar situações, sejam elas problemas ou sentimentos que aconteceram em suas vidas, o objetivo deste trabalho é oferecer uma maior compreensão e consciência dos processos que vivemos. Na rotina escolar este tipo de Teatro seria interessante para representar situações de bullying ocorridas no dia a dia, enfatizando a importância de termos consciência de que esses atos geram problemas na vida do próximo, ou até mesmo para trabalharmos as diferenças existentes dentro do ambiente escolar, seja lingüística, étnica, ou de opção sexual. 
 
 
5º Questão (2,0 pontos)
 
A respeito do texto dramático, assinale apenas a alternativa correta: 
 
a) Os personagens narram os acontecimentos e o público percebe as ações através da fala do narrador. 
b) O conflito surge do choque entre os objetivos dos personagens e é responsável pelo desenrolar da ação dramática. (X) 
c) A rubrica é parte do diálogo dos personagens.