HEMOGLOBINA
3 pág.

HEMOGLOBINA


DisciplinaBioquímica I57.791 materiais1.313.378 seguidores
Pré-visualização1 página
BIOQUÍMICA
Hemoglobina
 
Características gerais:
 Molécula que compõe as hemácias, formada por duas globinas \u3b1 e duas globinas \u3b2, além de um grupo prostético heme (não proteico) que se liga diretamente ao Fe2+ e confere a cor vermelha às células e ao sangue.
 Molécula responsável por transportar o oxigênio dos alvéolos pulmonares para os demais tecidos do corpo.
 24% da capacidade tamponante do sangue se deve a hemoglobina.
Estrutura:
 A estrutura da hemoglobina muda ao ligar-se ao oxigênio e ao desligar-se dele. Dessa forma há a abertura de um bolsão entre as globinas quando a hemoglobina está na forma desoxigenada.
 
Saturação:
 Uma hemoglobina pode fazer até quatro ligações com moléculas de gás oxigênio.
 A saturação do oxigênio do sangue depende da quantidade de moléculas de oxigênio associadas à hemoglobina. Dessa forma, quatro moléculas de O2 associadas geram 100% de saturação, enquanto três geram 75% de saturação, etc.
 
 
 Em um humano saudável, a saturação varia entre 89% e 98%, já que parte das moléculas está 75% saturadas e a outra parte, presente nos alvéolos, está 100% saturada.
 Quanto menor a saturação, mais oxigênio foi liberado do sangue para os tecidos. 
 *a Hb da mãe oxigena a Hb do feto.
Pressão parcial de O2:
 Saldo de oxigênio em um tecido após o consumo do gás.
 Tecidos que consomem muito oxigênio possuem pO2 menor.
 pO2 alta: tecidos não consomem muito O2 ou este está se ligando à hemoglobina (nos alvéolos).
 pO2 baixa: tecidos consomem muito O2 (como o cérebro).
Efeito de cooperatividade:
 A ligação com o primeiro O2 é mais difícil que a segunda. Quanto mais oxigenada a hemoglobina, maior é sua afinidade para receber um novo 02.
 Isso acontece até metade da curva que descreve a associação da Hb com o O2, já que depois, a curva se acomoda, pois a saturação não pode passar de 100% (quatro oxigênios ligados à Hb).
 A curva passa a ser uma sigmoide (com forma de S), por causa do efeito de cooperatividade, da acomodação e da saturação máxima.
Temperatura:
 Altas temperaturas favorecem a oxigenação dos tecidos, ou seja, o estado desoxigenado da Hb. Isso acontece porque a hemoglobina perde afinidade com o oxigênio em altas temperaturas.
 Por exemplo, á 43°C a hemoglobina está com 35% de saturação, então a maior parte do O2 foi liberado para os tecidos, que estão mais bem oxigenados.
 *baixa temperatura pode causar hipóxia tecidual.
 *na curva: deslocamento para a direita indica aumento da temperatura (o que é mais favorável para o corpo).
 
 BURST OXIDATIVO: A febre é uma resposta imunológica do corpo quando ele detecta a presença de agentes infecciosos no corpo, isso acontece para que o oxigênio seja liberado da Hb e transformado em radicais livres para ajudar no combate. 
 Também, durante atividade muscular intensa, há o aumento da temperatura corporal para que os músculos sejam mais bem oxigenados.
 FROST BITE: em temperaturas muito baixas, há morte do tecido (necrose), principalmente nas extremidades, como a ponta dos dedos, pois a baixa temperatura aumenta a afinidade da Hb com o oxigênio, o que não permite que os tecidos sejam oxigenados adequadamente.
pH:
 Quanto menor o pH (mais ácido), mais O2 o tecido recebe. A acidose é mais favorável para o corpo.
 Na alcalose os tecidos não são oxigenados adequadamente.
 Durante atividade física intensa, a liberação de ácido lácteo diminui o pH, somando isso ao aumento da temperatura, conclui-se que atividade física é muito importante para o organismo.
 Nos pulmões a variação de pH não é importante.
 *na curva: o deslocamento para a direita indica acidose e é favorável para os tecidos.
BPG \u2013 ácido 2,3-bifosfoglicérico:
 Molécula que se aloja no bolsão entre as globinas, afetando a afinidade da Hb pelo oxigênio, pois favorece o estado desoxigenado da molécula.
 Altos níveis de BPG fazem muita diferença nos tecidos, exceto nos pulmões. Eles podem ser elevados com o aumento da altitude (diminui a pressão atmosférica e a pO2), anemia (diminui a quantidade de hemoglobina) e problemas cardiorrespiratórios.
 Atividade física também aumenta os níveis de BPG, o que beneficia todo o corpo. 
*na curva: o deslocamento é para a direita, para compensar a alta saturação.
 **mioglobina: armazena O2 no musculo (só um grupo heme).
Efeito Bohr: 
 24% da capacidade tamponante deve-se à hemoglobina, pois toda Hb desoxigenada é uma base forte de Bronsted. 
 Toda vez que a Hb perde oxigênio para os tecidos, ela recebe prótons e sai dos tecidos protonada (o próton vem da reação entre CO2 e água, que libera H+ e bicarbonato).
 *nos tecidos a Hb favorece a formação de bic através de CO2.
 Nos alvéolos, a Hb chega protonada e sai oxigenada. Os prótons deixados nos alvéolos são neutralizados por bicarbonato, formando CO2.