A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Metodologia e Conteúdos Básicos de Geografia I

Pré-visualização | Página 1 de 2

Metodologia e Conteúdos Básicos de Geografia (SOC16)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:513509) ( peso.:1,50)
	Prova:
	20658737
	Nota da Prova:
	8,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Paul Vidal de La Blache é figura de grande importância para a constituição da geografia humana na passagem do século XIX ao século XX. Na época de Paul Vidal de La Blache, a geografia era encarada como auxiliar da história. Por isso, a geografia lablachiana acaba criando tipologias próprias à geografia, em vias de sistematização, e centra-se no estudo da relação entre o homem e o meio, temática que até a atualidade permanece recorrente, além de retomar discussões com relação ao conceito de região, que na geografia também permanece uma temática atual. Rejeitava a ideia preconizada que caracterizou a escola alemã de geografia, em que as condições naturais do meio influenciavam e determinavam as atividades humanas e a vida em sociedade. Referente às ideias que fizeram contraponto à tese de Vidal de La Blache no século XIX, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Yves Lacoste e sua geografia a serviço do Estado Maior.
	 b)
	Milton Santos e seu estudo do espaço em objetos e ações.
	 c)
	Karl Marx, que influenciou o desenvolvimento da geografia marxista.
	 d)
	Friedrich Ratzel, alemão e teórico do determinismo geográfico.
	2.
	Historicamente, pode-se afirmar que o objeto de estudos da ciência geográfica nem sempre foi o mesmo, pois esta área de conhecimento passou por diferentes correntes e concepções teórico-metodológicas e filosóficas. Segundo Müller (2011), a dificuldade para definir o objeto de estudo da geografia ainda persiste, pois ainda existem divergências sobre a questão. Busca-se, porém, superar a fragmentação e as dicotomias (divisões). Com relação ao objeto de estudo da geografia na contemporaneidade, analise as seguintes afirmativas:
I- Há um consenso geral entre os teóricos da geografia sobre a questão do espaço, o espaço geográfico, como principal conceito da geografia, auxiliado por um conjunto de categorias: lugar, região, território, sociedade, paisagem, entre outros.
II- Alguns autores consideram como objeto de estudo da geografia as relações socioespaciais, suas dinâmicas e implicações sobre os espaços. 
III- Há autores que explicam a geografia como uma ciência complexa, múltipla e em constante reformulação, alternando seu foco de estudos entre o binômio: geografia regional X geral; geografia crítica X tradicional; geografia dos lugares e da percepção X geografia das cidades e cultural.
IV- Outros tantos autores a veem como o estudo da diferenciação de áreas, através das descrições das paisagens e seus elementos geográficos.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: MÜLLER, Rosimar Bizello. Metodologia e conteúdos básicos da geografia. Indaial: UNIASSELVI, 2011.
	 a)
	As afirmativas I e II estão corretas.
	 b)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	 c)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	3.
	Durante a Idade Média, o conhecimento geográfico sofreu um retrocesso, comparando-o com os avanços atingidos pela civilização grega, influenciado pelo poder do controle social e político exercido pela Igreja Medieval, atrelando os conhecimentos aos ensinamentos bíblicos. A partir da segunda metade do século XV, transformações como a expansão das atividades comerciais e a interrupção do caminho terrestre para as Índias pelos turcos otomanos (passaram a cobrar impostos elevadíssimos para permitir passagem das caravanas de comerciantes italianos) modificaram os horizontes geográficos dos europeus. Assinale  a alternativa CORRETA que apresenta o conjunto dos conhecimentos geográficos que foram possíveis com as navegações dos europeus no final do século XV e início do XVI:
	 a)
	Elaboração de mapas, identificando rotas marítimas, descrições de elementos geográficos naturais, como rios, lagos, montanhas, litorais e aspectos culturais dos povos até então desconhecidos.
	 b)
	Organização e sistematização dos relatos de viagens em livros impressos e acessíveis a toda a população.
	 c)
	Elaboração de mapas junto a registros de diários de viagens, confirmando os perigos existentes no oceano desconhecido, reforçando antigos mitos sobre a existência de criaturas marítimas gigantes.
	 d)
	Organização de bibliotecas, administradas por representantes do povo, onde estavam expostos os mapas elaborados durantes as viagens, com as descrições detalhadas das paisagens observadas durantes as viagens.
	4.
	O capitalismo é um sistema econômico que se desenvolveu entre o século XV e XVIII e foi se consolidando. Ele é caracterizado pela aquisição de capital proveniente do comércio e apropriação do trabalho humano. Com relação a esta corrente, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) No capitalismo financeiro, as indústrias e os bancos fundem o capital que passa a ser gerido por instituições financeiras, sejam os bancos, as corretoras de valores ou as empresas multinacionais.
(    ) Uma das características do capitalismo é o lucro, que são os valores acumulados que resultam do trabalho. O objetivo principal é o acúmulo de capital.
(    ) No capitalismo, o Estado controla toda a economia gerada no país.
(    ) No capitalismo, a educação, a saúde pública e a alimentação são totalmente garantidas pelo governo.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - V.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	F - F - V - F.
	 d)
	F - V - V - F.
	5.
	Os conhecimentos geográficos acumulados pelas civilizações orientais foram fundamentais para a elaboração dos conhecimentos básicos da ciência moderna. Inclusive foram utilizados pelos gregos, que se tornaram uma civilização dominante. As civilizações orientais permitiram também o desenvolvimento econômico com a troca de produtos que engendrou a intensificação das relações comercias entre os povos que viviam em áreas mais distantes. Assim, a navegação se intensificou entre o mar Mediterrâneo e no mar Vermelho, ocasionando o aparecimento de núcleos coloniais e a dominação econômica e política dos povos em ascensão. Referente aos conhecimentos geográficos e as civilizações orientais, analise as afirmativas a seguir:
I- Os fenícios percorreram o Mediterrâneo e o mar Negro e, alcançando o sul da Espanha, atravessaram o estreito de Gibraltar e exploraram a costa europeia do Atlântico até a Alemanha e a Oceania, possivelmente até o Bratislava. Traziam em suas embarcações mercadorias inexistentes na bacia do Mediterrâneo que eram trocadas por outros produtos.
II- No século VII a.C., a serviço do Faraó Nécao II, os fenícios fizeram a circunavegação da África. É importante destacar também que um faraó planejou construir um canal que cortasse o istmo de Suez, ligando os mares Negro e Vermelho, com a finalidade de estender as navegações mediterrâneas até o oceano Índico, detendo-se em seu propósito ao constatar que o nível do mar Vermelho era mais elevado do que do mar Negro e que a abertura do canal provocaria a invasão do mar Negro pelas águas do mar Vermelho e a consequente inundação das planícies costeiras, onde se localizavam importantes cidades e campos cultivados.
III- Um exemplo típico da sistematização do conhecimento foram os estudos do rio Nilo, Tigre e Eufrates realizados pelas civilizações agrícolas da Mesopotâmia e do Egito. Os estudos levavam em conta a origem, a extensão e o regime dos rios no que tange à periodicidade e à variação do volume de água durante o ano.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a afirmativa III está correta.
	 b)
	Somente a afirmativa I está correta.
	 c)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	6.
	Antes da década de 1930, a produção geográfica no Brasil era restrita, limitada a traduções de textos produzidos no exterior, principalmente na França. Durante a década de 1930, foram criados os primeiros cursos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.