Buscar

Avaliação Final - Cinema e Linguagem Audiovisual

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

1 Qual a diferença entre atenção voluntária e involuntária? Qual a importância da segunda para a linguagem cinematográfica?
 Atenção Voluntária: a atenção voluntária é uma atividade mental implícita, é uma qualidade da percepção que funciona como uma espécie de filtro dos estímulos ambientais. Conscientes do objetivo que queremos atingir, só absorvemos o que vem de fora na medida em que contribui para nos dar o que estamos procurando, a atenção voluntária é controlável, pois o indivíduo, decidi intencionalmente aonde quer prestar atenção e inibindo atividades ou fatores concorrentes. 
Atenção Involuntária: é quando recebemos informações explicitas que estabelecem em que devemos nos concentrar para delas tirar ideias e entendimento. Na atenção involuntária, o ponto de partida fica fora de nós, não é controlável, a atenção acontece sem a interferência da vontade do indivíduo. 
No cinema, com as rápidas projeções das imagens na tela, o espectador é influenciado – tem a mente dirigida para os fins almejados daquela exibição A linguagem cinematográfica utiliza inúmeros recursos para controlar e conduzir a atenção involuntária do espectador, de modo a prendê-lo ao filme, buscando impedi-lo de fazer uso de sua atenção voluntária, a qual poderia concentrar-se em aspectos diferentes dos seleciona do pelos realizadores do filme. “A linguagem cinematográfica busca neutralizar, o mais possível, a atenção voluntária do espectador, ao passo que busca suscitar-lhe, o mais possível, a atenção involuntária.” (MUNSTERBERG, 1983, p. 30-32). Não deve esquecer que todo filme foi criado por alguém, com alguma intencionalidade, com uma ideologia.
2 O que você acha dos novos cinemas emergentes?
Os cinemas emergentes são as novas vozes ao redor do mundo Apesar da dominância do cinema do tipo Hollywoodiano no mercado, é possível reconhecer a emergência de novas produções de com a e aceitação dos públicos. O Cinema Emergente vem ajudar a preencher o vazio que muitas vezes permanece entre o espectador ávido de novos nomes ou linguagens. Um exemplo bem recente e a ascensão do cinema sul-coreano, com o filme “Parasita”. 
3 Análise e critique um filme pós-retomada.
Tropa de Elite I – 2007 
Um filme que retrata a relações de sociedade e polícia
A história do filme é baseada no livro Elite da Tropa, escrito por dois policiais do Bope e pelo antropólogo Luiz Eduardo Soares, ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro e ex-secretário Nacional de Segurança Pública do governo Lula. Retrata a situação da polícia do Estado do Rio de Janeiro vista pelos olhos do Capitão Nascimento (Moura), e dos dois aspirantes que tem comportamento e visão de mundo distintas, unidos por uma amizade de infância e pelo fato de serem policiais honestos, Matias e Neto são destacados no roteiro como os possíveis substitutos de Nascimento. É erguida então uma tríade moral que atende ao gosto de diversos grupos que assistem à obra. O filme é dirigido com extrema agilidade, com uma câmera o tempo inteiro inquieta. O filme mostra a violência carioca pelos olhos da polícia, retratando a guerra nos morros com uma narrativa realista e aberto às coerências e contradições internas de tudo que havia em jogo (policiais honestos, policiais corruptos, bandidos, comunidade, estudantes universitários, ONGs, o Papa e tudo o mais) e são as muitas formas de violência e a veracidade com que elas são tratadas acabam tendo para nós um efeito de aproximação pelo medo e pela identificação, porque mesmo que não vivamos diariamente a situação dos morros, sabemos que a violência e corrupção atingi a todos. E é essa honestidade que encantou a plateia, e não a violência em si. Tropa de Elite é, sem sombra de dúvidas, um filme marcante.
4 Explique a montagem dialética através da experiência feita por Kuleshov – efeito Kuleshov.
O que tem em comum: uma mulher no caixão, um prato de comida próximo a um copo e uma mulher deitada num sofá? Bom assim que o cineasta russo Lev Kuleshov realizou uma série de experimentos nos quais fazia uma justaposição de planos. Desse modo, as pessoas viam um homem com fome, caso a foto do ator fosse seguida do prato e da bebida; um homem triste, caso sua imagem fosse seguida pela imagem da mulher no caixão ou uma pessoa com desejo, caso a foto da mulher deitada viesse após a foto do ator. O interessante do experimento consiste no fato que a expressão do ator não muda e, no entanto, as pessoas, inconscientemente, davam outras significações ao seu humor, de acordo com a imagem que era sobreposta, aqui a narrativa é verdadeiramente criada – através da interação entre dois planos. O segundo plano cria sempre uma significância, um contexto, envia ao espectador a mensagem de que os dois planos estão relacionados e que interagem no mesmo espaço e no mesmo tempo.
5 Tomando como base Griffith e Eisenstein fale das diferenças entre linguagem narrativa clássica e o construtivismo russo no cinema
narrativa clássica: narrativas lineares, conservadora, mantém sempre a mesma estrutura narrativa, com início, meio e fim bem definidos e um encerramento fechado, tornando a montagem invisível. Griffith reivindicava para o cinema uma teatralidade clássica. 
construtivismo russo: é um movimento que veio a partir do processo de reorganização social através dos ideais revolucionários. Tinha a convicção de que o artista podia contribuir para suprir as necessidades físicas e intelectuais da sociedade como um todo, propunha uma arte que tivesse utilidade na vida das pessoas. Com o uso da dialética nas técnicas de montagem, o construtivismo visava superar a montagem orgânica americana. 
6 Por que o primeiro cinema permanecia na quarta parede?
É natural para o primeiro cinema permanecer na quarta parede, essa separação entre personagens e público pois o primeiro cinema tratavam-se, inicialmente, de cenas documentais do cotidiano, como a saída dos operários da fábrica, o trem chegando na estação, as crianças mergulhando no mar etc. O cinema estava nascendo e todos os movimentos que revolucionariam o cinema ainda iriam acontecer. 
7 Qual a importância de para a linguagem cinematográfica?
Sergei Eisenstein e um dos principais teóricos da história do cinema mundial. Para ele, todos os processos e os procedimentos da linguagem cinematográfica já existiam, antes, nas outras formas de arte, o cinema se apropria delas e, através da montagem, das novas possibilidades de combinação e potencialização, as transforma em algo possível apenas no cinema, a montagem cinematográfica, foi seu objeto de estudo, um estudo metodológico bastante aprofundado sobre a contribuição dos processos e dos procedimentos das artes em geral para a consolidação da linguagem cinematográfica e audiovisual.
8 Em poucas linhas defenda ou rejeite a importância do expressionismo alemão para a história do cinema.
O que mais chama a atenção no expressionismo alemão é a força e vontade de seus idealizadores em produzir arte com os sentimentos de derrota, falta de perspectiva e vergonha no pós guerra , além da crise econômica e mesmo assim, conseguir deixar um legado, presentar o real de maneira abstrata por meio do escuro, das sombras, formas distorcidas, alto contraste e os movimentos de câmera que pretendiam passar ao espectador sensação de mal estar.
9 Análise e critique um filme da retomada.
Carlota Joaquina, a princesa do Brasil - 1995
O filme de Carla Camurati é considerado a primeira grande produção da fase de retomada do cinema brasileiro. O sucesso se deve à história leve, uma sátira sobre a vida da família real portuguesa, e que contava com um elenco de atores conhecidos da TV, abordava um gênero que nunca tinha sido produzido por falta de dinheiro: a reconstituição histórica. O filme debocha com violência da vinda de d. João 6º ao Brasil, fugindo das tropas napoleônicas. A trama avança e a fotografia com a direção de arte servem como moldura de forma muito eficiente que faz questão de mostrar que nenhum dos personagens em questão é uma figura acima de falhas. Seja a falta de higiene das pessoas,sejam os decretos malucos de Dom João VI que expulsava pessoas de suas casas, seja os amantes de Carlota Joaquina que seu marido fazia questão de premiar. Tudo se mostra como uma enorme sátira que não polpa ninguém.
10 Qual a importância de Griffith para a linguagem cinematográfica?
Griffith é considerado como o criador da linguagem cinematográfica. Desenvolveu a montagem paralela, que consiste em mais de uma história em um mesmo e que juntas concluem uma ideia final, movimentos de câmera como o close, o suspense produzido através do salvamento no último minuto, o travelling, itens responsáveis por toda dinâmica do filme e explorados até os dias de hoje.

Outros materiais