Econômia
5 pág.

Econômia


DisciplinaEconomia I34.512 materiais257.685 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Nas estruturas de mercado, empresas que fazem parte podem se organizar de maneira informal para fixar políticas de preços relativamente padronizadas com o objetivo de diminuir a concorrência e maximizar seus lucros. Esse tipo de prática é caracterizada como uma prática desleal e é conhecida popularmente como cartel. Com relação à formação de cartel e no contexto das estruturas de mercado, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Essa prática desleal é observada em estruturas de mercado monopolísticas. 
(    ) O cartel encontra ambiente mais fértil para se desenvolver em estruturas de mercado de concorrência perfeita.
(    ) É uma prática desleal de mercado que pode ocorrer em estruturas de mercado oligopolizadas.  
(    ) Quanto mais oligopolizado o mercado, maior é a facilidade para empresas formarem cartel se assim desejarem. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	F - V - V - F.
	 c)
	V - F - V - F.
	 d)
	V - V - F - V.
	2.
	No processo produtivo, temos os custos totais, que em resumo é a somatória dos custos fixos mais os custos variáveis. Logo, conforme a produção vai aumentando, começa acontecer o fenômeno conhecido como economias de escalas. Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Os custos fixos e variáveis totais vão diminuir, pois à medida que aumentar a produção vai se aproveitar a capacidade instalada.
	 b)
	Os custos variáveis vão diminuir em termos relativos, ou seja, o custo total e por unidade ficarão maiores.
	 c)
	Esses custos fixos (aluguel, salários etc.) serão diluídos num volume maior de produção, reduzindo o custo total por unidade e reduzindo também o peso relativo dos custos fixos.
	 d)
	Os custos totais aumentarão em termos absolutos, mas os custos variáveis e fixos por unidade ficarão iguais, pois o aumento da produção não muda a estrutura de custos.
	3.
	A Lei da Procura diz que a intensidade na procura de um produto está determinada sobre a relação entre o preço e a quantidade que o consumidor está disposto a adquirir desse produto. Sobre a Lei da Procura, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Quanto mais altos os preços, maiores poderão ser as quantidades procuradas.
(    ) Quanto mais baixos os preços, maior será o número de consumidores dispostos a adquirir a mercadoria.
(    ) Quanto mais altos os preços de um determinado produto, logo os consumidores começarão a procurar por produtos substitutos, sempre e quando esses produtos tenham preços competitivos e ofereçam características semelhantes.
(    ) Quanto mais baixo os preços de um determinado produto, menor quantidade de famílias prestes a consumir essa mercadoria terá.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	V - F - V - F.
	 d)
	F - V - F - V.
	4.
	O estudo da elasticidade procura compreender a sensibilidade que existe entres as variáveis preço e as variáveis quantidade oferta e/ou procurada de um determinado bem ou serviço. Na procura ou demanda, por exemplo, consumidores podem consumir maiores quantidades de um determinado bem ou serviço, quanto menor for o preço deste bem ou serviço. Nesse caso, a elasticidade da procura busca entender a sensibilidade entre as variáveis preço e quantidades demandadas. Há vários fatores que podem influenciar na elasticidade da demanda. Com relação a esses fatores, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Existência ou não de bens substitutos. 
II- Importância do produto ou serviço no orçamento familiar.
III- Essencialidade do produto.
(    ) Produtos que possuem bens substitutos apresentam elasticidade da procura tipicamente elástica.
(    ) Produtos que possuem pouco peso no orçamento familiar possuem procura inelástica. 
(    ) Produtos essenciais para o consumidor possuem procura inelástica.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	II - I - III.
	 b)
	I - III - II.
	 c)
	III - I - II.
	 d)
	I - II - III.
	5.
	A Teoria Marginal tem como base o poder da escolha do consumidor. É a utilidade marginal que nos dará a percepção para escolher se continuamos consumindo ou não um determinado bem. A teoria marginalista do consumidor está alicerçada em pelo menos cinco princípios: utilidade percebida, utilidade acumulativa, produtos complementares, comparações racionais e maximização da satisfação. Sobre esses princípios, analise as sentenças a seguir:
I- A utilidade pode estar sujeita a comparações racionais. No momento de satisfazer uma necessidade específica, o consumidor atribui graus de satisfação relativas em função dos produtos disponíveis e suas preferências.   
II- O consumidor reflete no momento de maximizar sua satisfação. Em razão disso, a decisão de consumir será racional, fazendo com que suas escolhas sejam levadas em consideração.          
III- A utilidade de um produto pode ser percebida. Isso significa que todo produto ou serviço, por melhor que seja, possui um limite. No momento de consumir unidades adicionais, o grau de satisfação total vai acumulando até chegar a saturação. 
IV- A utilidade total de um produto ou serviço é acumulativa. Isso quer dizer que a satisfação pode ser mensurada em termos relativos para cada consumidor. O consumidor percebe um grau subjetivo de utilidade em cada produto ou serviço.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 b)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença III está correta.
	 d)
	Somente a sentença I está correta.
	6.
	Há vários fatores que influenciam na elasticidade preço da procura (demanda). Um dos fatores mais importantes é a essencialidade do produto para o consumidor, de maneira geral, os produtos considerados essenciais e supérfluos. Essa classificação nos ajuda a entender se esses produtos apresentam elasticidade preço da procura elástica ou elasticidade preço da procura inelástica. Trata-se de uma informação importante para empresários e governo. Empresários podem aumentar ou não o preço desses produtos e governos podem aumentar a tributação ou não desses produtos. No contexto dos produtos essenciais e supérfluos, analise as sentenças a seguir:
I- Um produto essencial apresenta demanda majoritariamente elástica.  
II- Um produto supérfluo apresenta demanda inelástica.
III- Um produto essencial apresenta demanda inelástica. 
IV- Um produto supérfluo apresenta demanda elástica.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença IV está correta.
	 c)
	Somente a sentença III está correta.
	 d)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	7.
	O lucro pode ser definido como a diferença entre a receita total e o custo total. Os custos, por sua vez, são divididos em custos fixos e custos variáveis. Para o empresário saber em que nível os lucros podem ser maximizados, ele deve observar também o comportamento dos custos fixos e variáveis. Sobre essas categorias de custos, analise as sentenças a seguir:
I- Os custos variáveis estão diretamente vinculados ao processo produtivo. Quanto mais quantidades de um produto forem produzidas, maiores serão os custos variáveis.   
II- Os custos fixos não aumentam em função do aumento da produção. São exemplos de custos fixos: aluguel e amortização de equipamentos.         
III- Os custos variáveis são necessários para manter o potencial produtivo pronto para ser utilizado a qualquer momento. Estes custos não se alternam conforme aumenta a produção. 
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a sentença I está correta.
	 b)
	Somente a sentença III está correta.
	 c)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 d)
	As sentença II e III estão corretas.
	8.
	O objetivo do empresário é o lucro. A maximização de seu lucro é realizada por meio de um processo contínuo de aprimoramento do sistema de produção, das vendas, ampliação do mercado, entre