A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Teoria e Crítica Literária-convertido

Pré-visualização | Página 2 de 3

Martins Fontes, 2006. p. 212. 
 
Considerando o dado fragmento de texto e os conteúdos do texto-base A literatura 
vista da margem: os heróis pós-estruturalistas, assinale a alternativa correta sobre a 
relação entre linguagem e discurso segundo os teóricos pós-estruturalistas: 
Nota: 10.0 
 
A A linguagem é tomada como um fenômeno individual. 
 
B O discurso está para o indivíduo, assim como a linguagem está para o coletivo. 
 
C 
Todo o discurso passa a ser entendido como uma construção social. 
Você acertou! 
Comentário: “Na verdade, o objetivo da análise do discurso, como propôs 
Foucault, é analisar as construções ideológicas presentes em um texto, pois todo 
discurso é uma construção social, não individual. Dessa forma, o texto só pode 
ser analisado se considerarmos o contexto histórico-social” (texto-base A 
literatura vista da margem..., p. 94,95). 
 
D Os mecanismos do discurso se dissociam de fatores individuais. 
 
E O discurso é compreendido como uma prática particular. 
 
Questão 6/10 - Teoria e Crítica Literária 
Considere a seguinte citação: 
 
“É possível que, no centro do debate, estivesse o pressuposto de que a literatura 
incorporava valor universal, e que essa crise intelectual estava estreitamente ligada a 
mudanças na composição social das próprias universidades”. 
 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma 
introdução. Trad. Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 331. 
 
Considerando o dado fragmento de texto e os conteúdos do texto-base A literatura 
vista da margem: os heróis pós-estruturalistas sobre as características dos Estudos 
Culturais, analise as afirmativas a seguir: 
 
I. Os Estudos Culturais englobam mais de uma disciplina. 
II. Os questionamentos dos Estudos Culturais influenciaram diretamente a ideia de 
cânone. 
III. O valor de obras consagradas foi contestado pelos Estudos Culturais. 
IV. Expressões culturais antes marginalizadas continuaram em posição periférica 
depois dos Estudos Culturais. 
 
São corretas apenas as afirmativas: 
Nota: 10.0 
 
A 
I, II e III 
Você acertou! 
Comentário: “Os estudos culturais, associados ao pós-modernismo, englobam 
uma série de disciplinas [afirmativa I, correta], entre elas as relacionadas à 
literatura. Associados aos movimentos de vanguarda, valorizaram expressões 
culturais normalmente marginalizadas [afirmativa IV, incorreta], tais como a 
cultura popular ou a cultura urbana. Essa abertura proporcionou vários 
questionamentos relativamente à história da literatura e ao cânone como registro 
de obras consagradas e referendadas pela academia [afirmativa II, correta]. À 
medida que foi atribuído valor a obras que não pertenciam ao cânone [afirmativa 
III, correta], suas normas foram questionadas, validando-se novas abordagens, o 
que destituiu a unicidade do cânone e da própria história da literatura, ambos, 
agora, caracterizando-se pela pluralidade” (texto-base A literatura vista da 
margem..., p. 410). 
 
B I, III, IV 
 
C I e III 
 
D I, II e IV 
 
E I e II 
 
Questão 7/10 - Teoria e Crítica Literária 
Considere a seguinte passagem de texto: 
“A teoria surge no momento em que uma prática começa a voltar-se sobre si mesma, 
para esmiuçar as condições de suas próprias possibilidades [...]”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma 
introdução. Trad. Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 330. 
Levando em consideração o fragmento do texto dado e os conteúdos do texto-base 
Crítica feminista: uma contribuição para a história da literatura sobre os interesses 
e desenvolvimentos dos Estudos Culturais, assinale a alternativa correta: 
Nota: 10.0 
 
A 
Os Estudos Culturais prezaram novas abordagens metodológicas em diálogo 
com mais de uma disciplina. 
Você acertou! 
Comentário: “Os estudos culturais, associados ao pós-modernismo, englobam 
uma série de disciplinas, entre elas as relacionadas à literatura.” (texto-base 
Crítica feminista..., p. 410). 
 
B Os Estudos Culturais desconsideram a cultura popular e a cultura urbana. 
 
C 
Os Estudos Culturais tomam apenas os princípios epistemológicos estruturalistas 
para pensar a literatura. 
 
D Os Estudos Culturais reafirmaram a unicidade do cânone. 
 
E 
As expressões marginalizadas seguem não recebendo a atenção dos Estudos 
Culturais. 
 
Questão 8/10 - Teoria e Crítica Literária 
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A passagem do estruturalismo para o pós-estruturalismo em parte é, como o próprio 
Barthes disse, uma passagem da ‘obra’ para o ‘texto’. Ela deixa de ver o poema ou o 
romance como uma entidade fechada, equipada de significações definidas que são tarefa 
do crítico descobrir, para um jogo irredutivelmente pluralístico, interminável, de 
significantes que jamais podem ser finalmente apreendidos em torno de um único 
centro, em uma essência e significação únicas”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma 
introdução. Trad. Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 208. 
Tendo em vista a citação dada e os conteúdos do texto-base A literatura vista da 
margem: os heróis pós-estruturalistas, analise as seguintes proposições sobre o 
posicionamento de Roland Barthes quanto à ideologia literária: 
I. A literatura dita “realista” disfarça ou forja a natureza socialmente relativa da 
linguagem. 
PORQUE 
II. A linguagem construída como natural erige uma realidade que também é tomada 
como natural, instaurando um padrão e deturpando o referente. 
A respeito dessas asserções, assinale a alternativa correta: 
Nota: 0.0 
 
A 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta 
da primeira. 
“O próprio Barthes admite uma ideologia literária que corresponde a certa 
‘atitude natural’ e o seu nome é ‘realismo’. A literatura realista disfarça ou forja 
a natureza socialmente relativa ou construída da linguagem: ‘ela contribui para 
confirmar o preconceito de que existe uma forma de linguagem ‘ordinária’ que 
por vezes é natural. O problema é, para Barthes, que essa ‘linguagem natural’ 
traz o rótulo de que a realidade é assim, ou seja, de que o que está ali escrito é 
como é na realidade, o que deturpa a própria realidade e instaura um ‘padrão’ de 
realidade. Esse signo como ‘representação’, ‘reflexo’ nega o caráter produtivo 
(Foucault) da linguagem [...]” (texto-base A literatura vista da margem..., p. 
96). 
 
B 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa 
correta da primeira. 
 
C A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
 
D A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
 
E As asserções I e II são proposições falsas. 
 
Questão 9/10 - Teoria e Crítica Literária 
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“Dos estudantes sempre se esperara que, diante de um texto literário, pusessem 
temporariamente de lado suas histórias pessoais e o avaliassem a partir da perspectiva 
de um sujeito universal descomprometido, desvinculado de noções de classe, sexo e 
etnia”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma 
introdução. Trad. Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 331. 
Considerando o fragmento de texto dado e os conteúdos do texto-base Crítica 
feminista: uma contribuição para a história da literatura, assinale a afirmativa 
correta sobre os Estudos Culturais: 
Nota: 10.0 
 
A Os Estudos Culturais se ocuparam exclusivamente dos Estudos Literários. 
 
B 
Os estudos de gênero foram impulsionados pelos Estudos Culturais. 
Você acertou! 
“Associados aos movimentos de vanguarda, [os estudos culturais]