Fisiocratas Resumo
2 pág.

Fisiocratas Resumo


DisciplinaEconomia I34.504 materiais257.576 seguidores
Pré-visualização1 página
Fisiocratas
- A riqueza está no acumulo de produtos, e não em metais preciosos como achavam os mercantilistas. A riqueza não dinheiro, a riqueza é produto.
- Fisiocratas são liberais que acreditam no livre mercado, influenciados pelo iluminismo
- França Sec XVIII
- O único trabalho que realmente gera produtos é a agricultura, os demais apenas comercializam ou transformam esses bens
- As principais classes são, classes produtoras CP, classe de proprietários, e classes estéreis.
- O enriquecimento vem pela geração de produto liquido, que é o excedente entre o que é produzido e o que é consumido.
- O juros que a classe produtora recebe é o que ajuda o sistema a se expandir
- Os donos de terra recebem uma renda que não advém da produção, é uma renda improdutiva, eles absorvem uma parte do produto liquido que não deveriam receber e por isso a economia não cresce como deveria. A renda deve ser direcionada para as classes produtivas
- Importância do capital inicial para a classe produtora
- A classe produtora não recebe Lucro, mas sim Juros, que é o retorno do capital inicial que tomaram para iniciar suas atividades produtivas
- Quanto mais a renda ficar com a classe produtora mais a economia pode crescer. Por tanto a politica deve se inclinar para que haja esse crescimento econômico, de forma que:
Eliminação de monopólios, preço dos manufaturados deve ser baixos, tributação que não incida sobre a produção/acumulação. Síntese: Liberalismo.
- Os mercantilistas trazem para o centro da teoria o comercio, os fisiocratas trazem a produção para o centro
- Fisiocracia = Poder da natureza; apenas da terra/natureza pode-se gerar riqueza.
- A indústria e comércio são estéreis, transformam ou transportam, não criam.
- Para fisiocratas:
· há uma ordem natural na sociedade
· Defesa da propriedade privada
· Condenam a intervenção estatal, são minarquistas
· Laissez-faire
- Fisiocratas são a influencia de Adam Smith.
- Expoentes: Quesnay, Turgot e Marques de Mirabeau