A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
ava1 Sistema cardiorespiratorio e nervoso

Pré-visualização | Página 1 de 2

Ir para o menuIr para o conteúdoIr para o cabeçalho
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
	Acadêmico:
	
	
	Disciplina:
	Anatomorfofisiologia do Sistema Cardiorrespiratório e Nervoso (17498)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual Semipresencial ( Cod.:637565) ( peso.:1,50)
	Prova:
	20274261
	Nota da Prova:
	
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada   Questão Cancelada
Parte superior do formulário
	1.
	Essas estruturas são tendões que se ligam em cada cúspide das válvulas cardíacas aos músculos papilares nos ventrículos do coração, o que impede que as válvulas se invertam durante a contração ventricular. Sobre essas estruturas, analise as opções a seguir:
I- Cordas tendíneas.
II- Cúspides.
III- Prolapso da valva
IV- Prolapso da valva e cúspides.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a opção IV está correta.
	 b)
	Somente a opção I está correta.
	 c)
	Somente a opção II está correta.
	 d)
	Somente a opção III está correta.
	2.
	Os impulsos elétricos do coração normalmente começam através do popularmente conhecido marcapasso natural, o qual permite ao coração bater de forma rítmica (em um mesmo compasso), gerando potenciais de ação (estimulação cardíaca) entre 90 a 100 vezes por minuto. Os impulsos são transportados por feixes elétricos (vias de células especializadas) das câmaras superiores para as inferiores para que possam se contrair. Sobre a estrutura que gera o impulso elétrico do coração, analise as opções a seguir:
I- Nó Sinoatrial (NSA).
II- Nó Atrioventricular (NAV).
III- Fibras de Purkinje
IV- Nó Atrioventricular (NAV) e ramos direito e esquerdo do fascículo atrioventricular.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a opção IV está correta.
	 b)
	Somente a opção I está correta.
	 c)
	Somente a opção III está correta.
	 d)
	Somente a opção II está correta.
	3.
	A velocidade de disparo de potenciais de ação pelo nó sinoatrial (enquanto gerador de impulsos elétricos) pode ser controlada por hormônios e alguns neurotransmissores. Quando estamos em repouso, a liberação de acetilcolina pelo sistema nervoso parassimpático geralmente leva a uma diminuição da frequência do nó sinoatrial para, aproximadamente, 75 batimentos por minuto. Entretanto, cabe destacar que o nó sinusal, pode sofrer danos, o que pode desencadear impedimento na geração de impulsos, porém, como defesa do organismo humano, há uma estrutura que assume enquanto gerador de impulso essa responsabilidade. Sobre o seguimento que assume a geração de impulso elétrico como mecanismo de compensação a uma frequência de 40 a 60 batimentos por minuto, frente à inatividade do nó sinoatrial, analise as opções a seguir:
I- Nó atrioventricular (NAV).
II- Nó sinoatrial (NSA).
III- Fibras de Purkinje
IV- Nó atrioventricular (NAV) e ramos direito e esquerdo do fascículo atrioventricular.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a opção III está correta.
	 b)
	Somente a opção II está correta.
	 c)
	Somente a opção IV está correta.
	 d)
	Somente a opção I está correta.
	4.
	As valvas atrioventriculares direita e esquerda, como seu nome sugere, estão localizadas entre os átrios e os ventrículos. Enquanto os átrios e os ventrículos estão relaxados (em diástole), essas valvas permanecem abertas e o sangue contido nos átrios flui em direção aos ventrículos. Quando os ventrículos se contraem (sístole ventricular), essas valvas se fecham e impedem que o sangue retorne aos átrios, direcionando, assim, o sangue contido nos ventrículos para o tronco pulmonar e para a aorta. Sobre os temos que as válvulas atrioventriculares direita e esquerda são conhecidas, analise as sentenças a seguir:
I- A valva atrioventricular direita é também chamada de valva tricúspide, pois apresenta três válvulas ou cúspides.
II- A valva atrioventricular direita é também chamada de mitral ou bicúspide, pois apresenta três válvulas ou cúspides, enquanto a valva atrioventricular esquerda é chamada de valva tricúspide, por apresentar apenas duas válvulas.
III- A valva atrioventricular direita é também chamada de mitral ou bicúspide, por apresentar apenas duas válvulas, enquanto a valva atrioventricular esquerda é chamada de valva tricúspide, pois apresenta três válvulas ou cúspides.
IV- A valva atrioventricular esquerda é chamada de mitral ou bicúspide por apresentar apenas duas válvulas.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a sentença II está correta.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	Somente a sentença III está correta.
	 d)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	5.
	O eletrocardiograma, popularmente identificado com as abreviações ECG, é a reprodução gráfica da atividade elétrica do coração (impulso elétrico) durante o seu funcionamento, registada a partir da superfície do corpo. A superfície do corpo humano emana pequenas correntes elétricas, que no indivíduo em repouso são identificadas como despolarização e repolarização do coração, isto refere-se basicamente a toda a atividade elétrica que é registada ao nível do tronco. Os potenciais elétricos produzidos pelo músculo cardíaco são a soma da quantidade mínima de eletricidade gerada pelas células musculares cardíacas individuais. Essas pequenas correntes são registadas através de um aparelho chamado eletrocardiógrafo. Para tanto, um ciclo cardíaco do ponto de vista mecânico é representado pela sístole (contração) e diástole (relaxamento). Já com relação à condução elétrica, é representada pelas ondas P, o complexo Q, R, S e a onda T, as quais se referem à atividade das câmeras cardíacas. Sobre as estruturas que se referem às ondas P, o complexo Q, R, S e a onda T, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A onda P marca a propagação do potencial de ação do nó sinoatrial pelos dois átrios, e logo em seguida os átrios se contraem. O complexo QRS marca a propagação do estímulo pelos ventrículos, os quais se contraem em seguida. A última onda, denominada onda T, marca o momento de relaxamento dos ventrículos.
(    ) A onda P marca a propagação do potencial de ação do nó sinoatrial pelos dois ventrículos, e logo em seguida os ventrículos se contraem. O complexo QRS marca a propagação do estímulo pelos átrios, os quais se contraem em seguida. A última onda, denominada onda T, marca o momento de relaxamento dos ventrículos.
(    ) A onda P marca a propagação do potencial de ação do nó atrioventricular pelos dois ventrículos, e logo em seguida os ventrículos se relaxam. O complexo QRS marca a propagação do estímulo pelos átrios, os quais se contraem em seguida. A última onda, denominada onda T, marca o momento de relaxamento dos ventrículos.
(    ) A onda P marca a propagação do potencial de ação do nó atrioventricular pelos dois átrios, e logo em seguida os átrios se contraem. O complexo QRS marca a propagação do estímulo pelos ventrículos, os quais se contraem em seguida. A última onda, denominada onda T, marca o momento de relaxamento dos ventrículos.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - V - F.
	 b)
	V - V - V - F.
	 c)
	V - F - F - F.
	 d)
	F - F - F - V.
	6.
	A função primordial do coração é bombear sangue para todo o corpo. Para isso, ele funciona como uma bomba dupla, o seu lado esquerdo bombeia sangue oxigenado (arterial) para diversas partes do corpo. Enquanto isso, o lado direito bombeia sangue venoso para os pulmões. Esse fenômeno relacionado ao sistema de contração pode ser identificado como um fenômeno mecânico. Entretanto, o coração possui outra particularidade, o chamado fenômeno elétrico, o qual se refere ao sistema de condução elétrica através do seu marcapasso natural e demais componentes. O sistema de condução cardíaco são estruturas em que se produz e se transmite o estímulo elétrico, permitindo e contribuindo para a presença da contração do coração. Sobre as estruturas que fazem parte do sistema de condução cardíaca, a contar do seu início de percurso até a porção final,