A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
105 pág.
SILVA, Denise Ferreira da divida impagavel

Pré-visualização | Página 38 de 38

o 
processo de criação/estabelecimento d’Outro? Como esta prática 
contribui para a luta anticolonial e anticapitalista global? O que 
passa a ser possível se abrimos mão da nossa presumida ou 
autoconferida prerrogativa à certeza epistemológica e segurança 
ontológica? Ao abandonar-se o desejo pelo entendimento, a 
violência não mais domina a mente autodeterminada dotada da 
capacidade de conhecer. Na verdade, a própria noção da mente 
autodeterminada começa a minguar visto que defronta-se com sua 
própria limitação. Portanto, confiar nos textos da filósofa não é 
um chamado para aceitar ou absorver um determinado argumento. 
Na verdade, tal confiança floresce pacientemente pois o que guia a 
leitora é a inseparabilidade da existência.
197
A Dívida Impagável, de Denise Ferreira da Silva, materializa 
parceria entre a Oficina de Imaginação Política e a editora 
Living Commons, e marca assim o inicio de uma série de 
publicações por vir.
Concebemos a tradução para além da versão de uma língua 
para outra, como intervenção na imaginação política de um 
contexto específico, e do qual esta pode vir a se expandir. 
Neste sentido, esta publicação (re)compõe uma constelação de 
ações contínuas, apresentações, publicações, leituras de Tarot, 
entre outras iniciativas e atividades, anteriores e ainda porvir, 
em parceria com Denise Ferreira da Silva e em conjunção à 
multiplicidade de suas práticas, dentre as quais a escrita. Textos 
que foram préviamente publicados em inglês, alguns também em 
português, foram reelaborados por Ferreira da Silva de modo a 
se articularem aqui como capítulos introduzidos por “(Di)Ante(s) 
do texto”, escrito para (con)figurar este livro-evento. Essa 
articulação significou a expansão dos textos, reformulações e 
precisões que trazem uma renovada potência. Acreditamos, junto 
com a autora, que nos gestos de poética negra feminista habita 
uma “práxis radical” portadora de germes de pensar e viver 
“Outra-mente”. Esperamos também que esta seja uma public-
ação, isto é, que o livro assuma os contornos de uma ação pública, 
contribuíndo para o fortalecimento e a (re)distribuição de 
ferramentas, assim como produzindo condições de possibilidade 
para mover novas e singulares emergências para enfrentar 
as urgências do passado-presente-futuro e, em particular, em 
relação à necessidade de interromper a violência total que 
estrutura e reencena dioturnamente o “Mundo Ordenado pela 
tríade colonial-capital-racial” e para exigir a “restauração do 
valor total expropriado de terras nativas e corpos escravos”.
Vale também lembrar que este livro é uma iniciativa coletiva que 
plasma o trabalho e afeto de inúmeras pessoas às quais gostaria 
198
de agradecer nominalmente, a começar por Denise Ferreira da 
Silva, pela parceria de anos, confiança e generosidade em relação 
a trabalharmos na tradução ao português brasileiro de alguns de 
seus textos, contribuíndo assim com a publicação e distribuição 
de seus escritos, e com as leituras, discussões e afetos que estes 
movem. A Valentina Desideri pela parceria, amizade e conversas 
infinitas. A Jota Mombaça e Michelle Mattiuzzi pela parceria, 
amizade e (des)confiança e aqui em particular pela potência de 
sua “Carta à leitora preta do fim dos tempos”. A Pedro Daher por 
seu “O abrir-mão para o futuro” e minucioso trabalho conjunto 
de tradução e revisão dos textos de Ferreira da Silva. A Diego 
Ribeiro pelas composições e desenhos de nossas publicações. A 
Gabi Ngcobo, Jochen Volz, Júlia Rebouças, Lars Bang Larsen 
e Sofia Olascoaga, pelo convite a participar de Incerteza Viva 
– 32a Bienal de São Paulo, que gerou as condições materiais, 
simbólicas e institucionais para darmos em 2016 o pontapé inicial 
da Oficina de Imaginação Política. A Rita Natálio e Thiago de 
Paula pelo trabalho, convivência e conversas durante a Bienal. A 
Benjamin Seroussi e à Casa do Povo pela parceria que permitiu a 
continuidade de nosso programa desde então e, agora, a impressão 
desta publicação, garantindo a distribuição gratuita. Acredito que 
tudo que faço é uma maneira de agradecer, como diz Mercedes 
Sosa, gracias a la vida. Porém, agradecer é um gesto que contém 
certa dimensão de risco, afinal onde começar e onde parar? Sendo 
assim, gostaria de agradecer a Ana Dupas pelo amor, aprendizados 
e vida vivida em con-junções, e a Akin, que abriu novas dimensões 
do viver. Gostaria também de agradecer a você que está lendo estas 
linhas, gracias. 
Amilcar Packer, dezembro de 2019.
OIP é uma iniciativa implicada em práticas performativas por justiça 
social. Suas principais atividades consistem em grupos de estudo, 
leituras públicas, debates e oficinas, práticas de escrita e tradução 
coletiva, publicações impressas e on-line, buscando produzir, distribuir e 
desenvolver ferramentas de imaginação radical. 
lugar de agência e afetos entre modos de fazer, aprender e cuidar
intervenção nos sistemas de (re-)produção e invenção de mundos 
implicação ética nas contradições e paradoxos das coletividades
oficina
imaginação
política
Edição: Oficina de Imaginação Política e Living Commons, 2019.
Tradução: Amilcar Packer e Pedro Daher. 
Revisão: Amilcar Packer e Pedro Daher. 
Projeto gráfico: Amilcar Packer e Diego Ribeiro.
Impresso em dezembro de 2019 pela gráfica Forma Certa, em tipologia 
Vremena, miolo em papel polém, capa e inserções em colorplus. 
FERREIRA da SILVA, Denise - A Dívida Impagável, (São Paulo: 2019).
ISBN 978-85-7715-615-3
APOIO:
Denise Ferreira da Silva é Professora 
Titular e Diretora do Instituto de Justiça 
Social (GRSJ) da Universidade de British 
Columbia. Seu trabalho relacionado 
à arte inclui textos para publicações 
ligadas às Bienais de Liverpool e São 
Paulo de 2016, Veneza 2017 e documenta 
14, bem como colaborações como os 
filmes Serpent Rain (2016) e 4Waters-
Deep Implicancy (2018), com Arjuna 
Neuman; e eventos (performances, 
palestras e sessões privadas) e textos 
relacionados, como Poethical Readings e 
o Sensing Salon, com Valentina Desideri.
9 7 8 - 8 5 - 7 7 1 5 - 6 1 5 - 3ISBN
	_Hlk17041433
	_GoBack

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.