A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Avaliação - Aspectos Jurídicos da Atuação Policial III - SENASP

Pré-visualização | Página 1 de 2

Você concluiu a avaliação para Aspectos Jurídicos da Atuação Policial VA 
Confira o resultado: 
 Questões Corretas = 9,00 
 Questões Erradas = 1,00 
 
GABARITO 
 Questão 1 
Marque a alternativa CORRETA em uma situação de oposição à execução de ato 
legal, mediante violência ou ameaça por parte de um indivíduo em face de uma 
busca pessoal realizada por um policial: 
 
Sua resposta: O delito de resistência se consuma quando uma pessoa se utilizar de violência ou 
ameaça (não precisa ser grave) para impedir ou obstruir um procedimento legal, realizado pelo 
profissional de segurança pública competente, como por exemplo, para evitar uma prisão ou uma 
reintegração de posse. (em 6/3/2019 15:31:18) 
 Questão 2 
Empregando os conhecimentos jurídicos sobre a abordagem policial em eventos 
esportivos, intensificação de policiamento ou em instrução criminal, julgue os itens 
abaixo: 
 
I - A busca em mulher sempre será feita por outra mulher, sendo obrigatória a 
presença de uma policial durante as operações. Caso não seja possível, a 
operação deve ser cancelada, sob pena de se incorrer em abuso de 
autoridade e constrangimento ilegal. 
 
II - A busca domiciliar realizada durante o dia, com determinação judicial, exige o 
cumprimento de determinados protocolos, previstos na legislação, como por 
exemplo o de se ler o conteúdo do mandado, sob pena de nulidade dos atos. 
Havendo resistência e quando a diligência importar risco aos agentes 
policiais, o uso da força será empregado para que a medida judicial seja 
cumprida. Nesses casos o policial apresentará e lerá o mandado, logo que for 
possível. 
 
III - O caminhão, ainda que seja empregado para o exercício da profissão do 
motorista, não pode ser considerado extensão de sua residência, nem local 
de seu trabalho, mas apenas instrumento deste. 
 
IV - A busca pessoal pode ser realizada, independentemente da existência de 
fundada suspeita de um crime, durante a realização de eventos esportivos, 
sob o fundamento do inciso III do art. 13-A da Lei n° 10.671/2013 (Estatuto 
de Defesa do Torcedor). 
 
V - Independente da notícia concreta de que tenha havido uma infração penal, a 
busca pessoal pode ser realizada durante a intensificação de policiamento 
com a finalidade de se preservar a ordem pública e de se garantir à 
população um ambiente livre de riscos e perigos e sob o fundamento do 
dever-poder de polícia. 
 
Estão INCORRETOS: 
 
Sua resposta: Somente o item I. (em 6/3/2019 15:36:07) 
 Questão 3 
Ao se recordar da ideia de que nenhuma ocorrência é igual a outra, ainda que 
envolva a mesma pessoa, o mesmo lugar, o mesmo horário, dentre outros fatores, 
considere os aspectos discricionários da atuação policial para julgar os itens 
abaixo, marcando “C” para as afirmações “CORRETAS” e “E” para as afirmativas 
“ERRADAS”: 
 A previsão legal e regulamentar do dever-poder de polícia é abrangente, 
permitindo ao profissional de segurança pública escolher as medidas 
oportunas e convenientes para se atingir o fim público. 
 
 Para legitimar as ações discricionárias, aqui é de se aplicar a ponderação de 
valores, mediante emprego do princípio da proporcionalidade com seus 
requisitos de adequação, necessidade e razoabilidade ou proporcionalidade 
em sentido estrito. 
 
 Discricionariedade não se confunde com arbitrariedade. Discricionariedade é 
liberdade de agir dentro dos limites legais; arbitrariedade é ação fora ou 
excedente da lei, com abuso ou desvio de poder. 
 
 Caracteriza-se discricionariedade durante a atuação policial quando o 
profissional de segurança pública tem uma margem de liberdade para adotar 
uma decisão, optando por uma medida, dentre as várias soluções possíveis 
(ex.: abordar, intervir, verbalizar, empregar dispositivo eletrônico de controle, 
mobilizar, algemar, etc.). 
 
 A faixa de opção do ato discricionário encontra limitações no cumprimento 
do interesse coletivo, devendo se observar ainda os elementos do ato 
administrativo: competência, finalidade, forma, motivo, objeto. 
 
O resultado é: 
 
Sua resposta: C – C – C – C – E (em 6/3/2019 15:42:25) 
 
Resposta correta: C – C – C – C – C 
 Questão 4 
No âmbito da atuação dos profissionais de segurança pública, a fim de assegurar a 
regularidade administrativa, havendo notícia de transgressão da disciplina, a 
autoridade deve exercer o dever-poder disciplinar, adotando providências para 
apurar os fatos e eventualmente impor sanção disciplinar. Diante disso, marque “V” 
para as alternativas “VERDADEIRAS” e “F” para as alternativas “FALSAS”: 
 
 A Administração Pública não tem liberdade de escolha para apurar ou deixar de 
apurar, punir ou deixar de punir. O exercício do dever-poder disciplinar é ato 
vinculado, em benefício do bem comum. Assim, tomando conhecimento da falta 
praticada, cumpre instaurar procedimento adequado para esclarecer os fatos e 
eventualmente aplicar a sanção, após o devido processo legal, com resguardo 
da ampla defesa e contraditório. Não observando essa determinação, o superior 
hierárquico estará passível de responder por condescendência criminosa, 
infração administrativa e civil. 
 
 Uma só conduta pode ensejar a instauração de distintos processos ou 
procedimentos (penal, civil, disciplinar), sem que configure o bis in idem, com 
imposição de punição, respeitados o devido processo legal, ampla defesa e 
contraditório. Com efeito, no exercício das atribuições, durante a realização de 
uma abordagem policial, o profissional de segurança pública, que praticar 
desvio de conduta, poderá se ver responsabilizado em diferentes esferas 
(disciplinar, civil ou penal). 
 
 A responsabilidade administrativa do servidor não será afastada no caso de 
absolvição criminal que negue a existência do fato ou sua autoria. 
 
 A independência entre as instâncias penal e administrativa, consagrada na 
doutrina e na jurisprudência, permite à Administração impor punição disciplinar 
ao servidor faltoso à revelia de anterior julgamento no âmbito criminal, mesmo 
que a conduta imputada configure crime em tese. 
 
 É possível que haja absolvição em uma esfera e condenação em outra, sem 
comunicação entre elas. Entretanto, excepcionalmente, poderá ocorrer a 
comunicação entre os processos, quando provada a inexistência do fato ou a 
negativa de autoria no processo penal. Por exemplo, se ficar comprovado no 
processo penal que o servidor não se beneficiou pecuniariamente, ou ainda, se 
realmente o fato não existiu, de forma vinculada, as demais instâncias serão 
atingidas. 
 
 
O resultado é: 
 
Sua resposta: V – V – F – V – V (em 6/3/2019 15:43:39) 
 Questão 5 
Autoexecutoriedade é um atributo do dever-poder de polícia. Diante disso, julgue 
os itens abaixo, marcando “C” para as afirmações “CORRETAS” e “E” para as 
afirmativas “ERRADAS”: 
 
 Na hipótese em que o policial se depare com uma ocorrência, e precise 
intervir, seja para alertar, seja para abordar, prender ou adotar outra medida 
prevista na legislação, com o intuito de preservar a ordem, proteger pessoas 
e bens, ele o fará de imediato, sem a necessidade de se dirigir a um juiz 
solicitando uma decisão que fundamente sua atuação. 
 
 Para que a segurança seja alcançada de forma imediata e justamente por 
ser respaldado nos atributos do ato administrativo, dentre eles o da 
presunção de legalidade e de veracidade, o comportamento dos agentes 
policiais, durante a preservação da ordem pública, em nenhum momento 
será submetido ao controle judicial. 
 
 Tendo em vista a proteção constitucional do direito à liberdade de 
locomoção (art. 5°, caput, CF/88), mesmo diante de um flagrante delito, o 
policial necessita de um mandado de busca pessoal para cumprir suas 
atribuições. 
 
 A previsão constitucional estabelece que “a casa é asilo inviolável do 
indivíduo, ninguém nela podendo penetrar