A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
TAREFA 2 - UNIDADE 2 - SAA - resolução

Pré-visualização | Página 1 de 1

UFERSA - UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO 
TAREFA 2 – 2ª UNIDADE – SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 2020.3 
Aluno(a): Beatriz Barboza de Souza _____________ Data: 11_/ 07 / 2020 . 
 
1: O conjunto elevatório esquematizado na figura a seguir trabalha nas seguintes 
condições: 
Vazão: Q = 34 L/s 
Material: Ferro fundido novo (C = 130) 
Rendimento do conjunto: 75% 
Funcionamento contínuo 
Lsucção = 5,1 m; 
Lrecalque = 48,3 m; 
Lista de peças: 
1 – Válvula de pé e crivo 
2 – Curva 90º 
3 – Válvula de retenção 
4 – Curva 90º 
5 – Registro de gaveta 
6 – Curva 90º 
7 – Saída de tubulação 
 
Calcule: 
a) Diâmetro de recalque e sucção; 
b) Altura estática de sucção; 
c) Altura estática de recalque; 
d) Altura estática total; 
e) Perda de carga na sucção; 
f) Perda de carga no recalque; 
g) Altura manométrica de sucção; 
h) Altura manométrica de recalque; 
i) Altura manométrica total; 
j) Potência consumida pelo conjunto elevatório; 
k) Potência instalada. 
 
 
 
2: Quais os principais motivos que levam a utilização de estações elevatórias em um 
sistema? 
Em alguns casos os locais a serem atendidos pelo SAA estão em pontos altos ou muito 
afastados das fontes de abastecimento de água, assim, as elevatórias tornam-se essenciais 
na captação, adução, tratamento e rede de distribuição de água, para conduzir o líquido 
a cotas mais elevadas, ou para aumentar a capacidade de adução do sistema. 
 
3: Em um sistema, a depender de suas necessidades, pode ser insuficiente um único 
conjunto de motor-bomba e, então, serem instaladas outras máquinas para reforço. Como 
essas máquinas podem ser associadas e quais as diferenças entre essas associações para 
efeito de cálculo e funcionamento do sistema? 
Podem ser associadas em serie ou em paralelo. 
Associação em serie é utilizada quando se necessita variar a altura manométrica de elevação, 
sendo que a vazão não se altera, mas a pressão e a altura manométrica vão aumentando à medida 
que passa pelos equipamentos. Esse tipo de associação é utilizado quando a elevatória precisa 
atender reservatórios com cotas e distancias diferentes ou em reservatórios que há a variação 
de pressão. 
Associação em paralelo é utilizada quando a vazão desejável é muito elevada ou quando a vazão 
desejável é variável, sendo que nesse caso a vazão é alterada, a pressão aumenta e a altura 
manométrica permanece praticamente constante. Uma das vantagens é se houver problemas 
com alguma das bombas não necessita parar o abastecimento pode-se apenas parar o 
funcionamento da que está com problema, assim diminuindo apenas a vazão, mas o 
abastecimento continua. 
4: Quais os principais problemas que podem vir a ocorrer em uma elevatória e quais as 
medidas mais utilizadas para prevenção? 
Ar nas canalizações, pois ele causar alguns transtornos como aumento de pressão e diminuição 
da vazão, para corrigir esse problema se utiliza as ventosas que tem a função de expulsar o ar 
das tubulações; 
No caso de bombas não afogadas deve-se manter a escorva da bomba, ou seja, retirar o ar e 
preencher a tubulação com água, para isso se utiliza as válvulas de pé; 
Evitar a entrada de sedimentos nas tubulações para isso se utiliza o crivo; 
Dimensionar dispositivos de proteção para pontos onde há possível variações de pressão ou 
velocidade, pois isso pode vir a danificar o sistema; 
Evitar a cavitação, para isso se faz um projeto adequado da linha de sucção, visando minimizar 
as baixas pressões. Normalmente, nas bombas afogadas, não se ocorre cavitação devido se 
trabalhar com pressões positivas.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.