A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
antropologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disciplina:
	Antropologia Social e Cultural (PSI24)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Discursiva) - Individual Semipresencial ( Cod.:639523) ( peso.:4,00)
	Prova:
	19482596
	Nota da Prova:
	-
	
	
Parte superior do formulário
	1.
	Sendo a Antropologia o conhecimento científico da diversidade cultural humana e de como nossas diferentes características são imbuídas simbolicamente de significado, essa se ocupa também das percepções sociais acerca de nossas origens étnicas. No Brasil, o censo público realizado pelo IBGE adota o critério racial na classificação de nossa população. Disserte sobre as razões que levaram o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística adotar o critério de "negro" para caracterizar os grupos sociais chamados de "pretos" e "pardos"pelo senso comum.
	Resposta Esperada:
O IBGE justifica a agregação dos componentes tradicionalmente chamados de "pretos" e "pardos" sob a designação de "negro", tendo em vista a condição social comum a essas duas classificações raciais feitas pelo senso comum. Outro fator que concorre para tal consiste na igual dificuldade de ascensão social que essas categorias enfrentam na sociedade brasileira. Também justifica a decisão do IBGE o racismo igualmente sofrido por essas categorias raciais.
	2.
	O termo Cultura surge no final do século XVIII e início do século XIX, por meio de pesquisadores europeus. Na Alemanha, o termo "Kultur" foi designado para abarcar todos os aspectos espirituais de um grupo social, já na França a ideia de cultura estava ligada ao termo "Civilization", que designava as características materiais de um povo. Estes termos foram aprofundados e depois sintetizados por um importante antropólogo evolucionista inglês, chamado Edward Tylor, que criou o termo "Culture". Disserte sobre o entendimento de Tylor sobre o conceito de cultura.
	Resposta Esperada:
Para Tylor, o conceito de cultura refere-se ao conjunto total de elementos que compõem um grupo social, tanto objetivos e subjetivos, quanto materiais e imateriais, como as crenças, os valores, a religiosidade, as leis, a moral, a produção material como os instrumentos, as músicas, os utensílios domésticos, e outros.
Parte inferior do formulário