A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
teste de personalidade ceper (1)

Pré-visualização | Página 2 de 2

importante termina, preciso encontrar outra rapidamente.
94- Sempre procuro gastar o mínimo de dinheiro possível, pois pode me fazer falta.
95- Acho que os outros não me compreendem e, até, me menosprezam.
96- As pessoas que me tratam muito bem me aborrecem e pouco me interessam.
97- Tudo faz com que me sinta culpado ou arrependido.
98- Muitas pessoas fazem o que eu digo porque tem medo de mim.
99- Nunca me esqueço dos insultos nem do ridículo que alguém tenha-me feito passar.
100- Quando alguém me elogia, nunca presto atenção.
101-Não tenho amigos em quem confiar, disponho somente de minha família.
102- Se as pessoas não sabem cuidar de si mesmas, problema delas; a mim não me importa.
103- Habitualmente me sinto vazio.
104- A vida é uma peça de teatro e eu sou o protagonista.
105- Não preciso me colocar no lugar dos outros para saber como se sentem.
106- Frequentemente penso que não saberei sobre o que falar com alguém a quem acabo de conhecer.
107- Algumas vezes sou mais sociável que outras.
108- As normas e que determinam o sucesso de uma empresa.
109- Não gosto de fazer as coisas quando me obrigam, de modo que costumo adiá-las até o último momento.
110- Costumo fazer favores ou sacrifícios pelos outros, embora eles não o peçam.
111- Desde criança tenho tido frequentes pensamentos de tristeza.
112- Frequentemente controlo a força grande parte do comportamento de meu parceiro e/ou dos meus fossem.
113- Frequentemente penso que meus amigos ou parceiros não são tão leais quanto eu gostaria que fossem.
114- Não sou capaz de sentir emoções fortes.
115- Costumo ficar tenso e alerta quando estou com pessoas, mesmo se forem conhecidas.
116- Se tiro proveito de meu comportamento, embora incomode os outros não deixarei de fazê-lo.
117- Frequentemente me invadem intensos sentimentos de raiva e ira que não posso controlar.
118- Frequentemente levo em conta o que me dizem.
119- É muito difícil que os sentimentos dos demais me afetem.
120- Acho que não sou tão interessante ou divertido como os outros.
121- Sou obcecado pela ideia de que me abandonem e que tenha de cuidar de mim mesmo.
122- Sou incapaz de mudar meus planos.
123- Incomodam-me muito as pessoas que pensam que podem fazer as coisas melhor do que eu.
124- Costumo escolher amigos que acabam me maltratando.
125- Gosto que as coisas dêem certo para mim.
126- Gosto muito de filmes violentos, armas e artes marciais.
127- Tenho muito cuidado de não contar coisas minhas, porque outras pessoas podem se aproveitar de mim. 
128- As situações que afetam os outros, me deixam indiferente.
129- Costumo ter pensamentos estranhos, dos quais gostaria de me livrar.
130- Realmente sou mais inteligente que os outros.
131- Em momentos muito tensos, ajo como se não fosse eu, como se estivesse em um sonho, e depois não me lembro bem do que aconteceu.
132- Considero que tenho muitos amigos íntimos.
133- Tenho a sensação de que sempre que as pessoas me criticam, é porque têm inveja de mim.
134- Acho que um desconhecido atraente nunca reparará em mim.
135- Quando estou sozinho acho que não vou saber cuidar de mim mesmo.
136- Sou uma pessoa muito organizada.
137- Se realmente não quero fazer algo, por mais que o professor ou meus pais me peçam, não vou fazer ou vou fazê-lo malfeito de propósito.
138- Quando alguém se preocupa realmente comigo perco o interesse por essa pessoa.
139-Faz muito tempo que estou triste e desanimado.
140- Com frequência costumo fazer com que as pessoas se aborreçam.
141- Quando posso escolher, prefiro fazer as coisas sozinho.
142- Minha satisfação vem em primeiro lugar.
143- Em momentos de tensão, cheguei a pensar que os outros falavam ou riam de mim ou queriam me prejudicar.
144- Quando uma reunião está ficando chata, consigo animá-la facilmente.
145- É preciso impor a força o respeito.
146- Evito realizar atividades novas por medo de que não saiam bem.
147- Costumo estar disposto a ceder diante dos demais, mesmo não estando de acordo com eles, porque temo que se aborreçam ou não me aceitem.
148- Normalmente me sinto culpado.
149- Desde pequeno estou frequentemente envolvido em brigas.
150- Não gosto de fazer coisas que nunca fiz antes porque posso fazer um papel ridículo.
NB. Algumas características psicométricas do CEPER podem ser encontradas em: Caballo,V.E. e Valenzuela, J.(2001). “Avaliação dos transtornos de personalidade por meio de um novo instrumento de auto-relato: o CEPER, em Psicologia Conductual,9,551-564.