A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
1 aula 1 ano introdução ao estudo da química

Pré-visualização | Página 1 de 1

MATERIAL DE QUÍMICA PARA 1º ANO A/ B/ C/ D
Estudo da Química
Desde os tempos primitivos, os seres humanos observaram a transformação das substâncias (a carne cozinhando, a madeira queimando, o gelo derretendo) e especularam sobre as causas dessa transformação.
Os primeiros processos químicos conhecidos foram feitos pelos artesãos da Mesopotâmia, do Egito e da China. A princípio, trabalhavam com metais como o ouro e o cobre, às vezes encontrado em estado puro na natureza; mas rapidamente aprenderam a esquentar os minérios com madeira ou carvão de lenha para obter os metais. A maioria dos artesãos trabalhava nos mosteiros e palácios, fazendo artigos de luxo. Nos mosteiros, especialmente, os monges tinham tempo para especular sobre a origem das mudanças que viam. Suas teorias se baseavam frequentemente na magia, mas também elaboraram idéias astronômicas, matemáticas e cosmológicas, que utilizavam em suas tentativas de explicar algumas mudanças que hoje são consideradas químicas.
Na Grécia, desde os tempos de Tales de Mileto, cerca de 600 anos a.C., os filósofos começaram a fazer especulações lógicas sobre o mundo físico, em vez de confiar nos mitos para explicar os fenômenos. Tales acreditava que toda a matéria procedia da água, que podia solidificar-se para formar a terra ou evaporar-se para formar o ar. Seus sucessores ampliaram essa teoria na idéia de que o mundo era composto por quatro elementos: terra, água, ar e fogo. Aristóteles acreditava que a cada um desses elementos correspondiam quatro qualidades: calor, frio, umidade e secura; e que a combinação de elementos e qualidades em diferentes proporções resultava nos componentes do planeta. Portanto, mudando-se as proporções, podia-se transformar um elemento em outro, bem como as substâncias materiais formadas por eles, por exemplo, o chumbo em ouro. Tais idéias resultaram na alquimia que dominou boa parte da Idade Média.
Ao final do século XVIII, Lavoisier demonstrou, com uma série de experiências brilhantes, que o ar continha cerca de 20% de oxigênio e que a combustão devia-se à combinação deste elemento com uma substância combustível. Definiu os elementos como substâncias que não podem ser decompostas por meios químicos, preparando o caminho para a aceitação da lei de conservação da massa. Isto abriu o caminho da química moderna. Um passo importante foi, em 1803, a teoria atômica química do cientista inglês John Dalton, que atribuiu arbitrariamente ao hidrogênio a massa atômica 1 e logo calculou a massa atômica relativa dos elementos até então conhecidos. Em 1811, o físico italiano Amedeo Avogadro sugeriu que, a uma temperatura e pressão dadas, o número de partículas em volumes iguais de gases era o mesmo e introduziu a distinção entre átomos e moléculas.
Os estudos dos espectros de emissão e absorção dos elementos e compostos começaram a adquirir importância, tanto para os químicos como para os físicos, culminando no desenvolvimento do campo da espectroscopia. Além disso, iniciou-se a pesquisa básica sobre os colóides e a fotoquímica. Ao final do século XIX, todos os estudos deste tipo foram englobados em um campo conhecido como físico-química. Nesta época ainda, chegou-se à descoberta da radioatividade. Os métodos químicos foram utilizados para isolar novos elementos, como o rádio, para separar novos tipos de substâncias, conhecidas como isótopos, e para sintetizar e isolar os novos elementos transurânicos.
A química tem exercido uma enorme influência sobre a vida humana: desenvolvem-se técnicas para sintetizar, com grande economia, substâncias novas; criam-se novos plásticos e tecidos e ainda fármacos para todo o tipo de doenças. Ao mesmo tempo, teve início a união de ciências que antes estavam totalmente separadas. A criação de disciplinas intercientíficas, como a geoquímica ou a bioquímica, estimulou todas as ciências originais.
Podemos dizer que a Química é a ciência que estuda a estrutura das substâncias e as suas transformações. A Química está presente em tudo e todos nós precisamos dela em nossas atividades diárias, vejamos os exemplos:
Na agricultura: os agricultores utilizam a química para escolher o melhor fertilizante para o preparo da terra e também quando precisam corrigir o pH do solo, quando ele está ácido eles utilizam uma base para neutralizar o pH, ou seja, diminuir sua acidez.
Na medicina: existem muitas substâncias usadas como medicamentos e os médicos precisam ter conhecimento da química para saber a composição dessas substâncias e sua ação no organismo.
Na engenharia: é preciso entender a química ao escolher materiais para a produção de equipamentos, para a construção civil e até na fabricação de alimentos.
Na cozinha: o ato de cozinhar envolve processos químicos e as donas de casa conhecem muito bem as transformações que ocorrem quando estão cozinhando um alimento. Ao prepararmos um alimento sobre o fogo, esse passa por mudanças em sua estrutura o que nos permite ingeri-lo.
A química é essencial desde os primórdios da civilização, mas digamos que ela tem passado por grandes avanços tecnológicos nos últimos anos. O que seria da agricultura sem o conhecimento químico para produzir os fertilizantes e aumentar a produção de alimentos? A ciência, com suas descobertas na área da saúde, tem propiciado a cura para milhões de pessoas, como a quimioterapia que tem papel fundamental no tratamento do câncer.
Mas o uso indevido dessa ciência pode causar sérios danos ao meio ambiente. Com o passar dos anos, o uso indiscriminado de produtos químicos tem causado alterações perigosas, podendo colocar em risco a vida na Terra. Sendo assim, é preciso conhecer muito bem a Química para utilizá-la de maneira correta.
Nome:
Turma:
Atividade Avaliativa
1. Assinale V (verdadeiro) ou F (falso) nas sequências abaixo:
( ) A química é muito importante para vida.
( ) A química é ruim para o homem e para o meio ambiente.
( ) Estudando química, você aprende a pensar de forma lógica.
( ) As substâncias fabricadas pelo homem são feitas de alguma coisa extraída da natureza.
( ) A química prejudica o progresso do mundo moderno.
A sequência correta é:
A) V, V, V, V, V
B) V, F, V, V, F
C) F, V, F, F, V
D) V, F, V, V, V
E) F, V, V, V, F
2. Julgue os itens a seguir, marcando (V) para verdadeiro e (F) para falso.
( ) Para a preservação da saúde dos indivíduos, deveria ser proibido o uso de produtos químicos nos alimentos.
( ) Apesar dos benefícios que os produtos químicos trazem para indústria, deve-se evitar a ingestão de quaisquer deles.
( ) O corpo do ser humano, por ser um produto natural, não possui elementos químicos em sua constituição até que ele comece a ingerir remédios.
A sequência correta é:
A) V, V, V
B) V, F, V
C) F, V, F
D) F, F, F
E) F, V, V