A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
161 pág.
3º Ano EM Regular Diurno

Pré-visualização | Página 28 de 34

termo possui diferentes significados, sendo que no senso comum é tido como algo ideal,
que contém um conjunto de ideias, pensamentos, doutrinas ou visões de mundo de um
indivíduo ou de determinado grupo, orientado para suas ações sociais e políticas.
Diversos autores utilizam o termo sob uma concepção crítica, considerando que ideologia pode
ser um instrumento de dominação que age por meio de convencimento; persuasão, e não da
força física, alienando a consciência humana.
O termo ideologia foi usado de forma marcante pelo filósofo Antoine Destutt de Tracy e o
conceito de ideologia foi muito trabalhado pelo filósofo alemão Karl Marx, que ligava a ideologia
aos sistemas teóricos (políticos, morais e sociais) criados pela classe social dominante.
De acordo com Marx, a ideologia da classe dominante tinha como objetivo manter os mais ricos
no controle da sociedade.
fonte: https://www.significados.com.br/ideologia/
 
Lei da Oferta e Procura :
 
A Lei da Oferta e da Procura (Demanda) busca estabilizar a procura e a oferta de um
determinado bem ou serviço. Oferta é a quantidade do produto disponível em mercado,
enquanto procura é o interesse existente em relação ao mesmo. A oferta depende do preço, da
quantidade, da tecnologia utilizada na fabricação entre outras coisas relacionadas aos
produtos e serviços. A procura é influenciada pela preferência do consumidor final, a
compatibilidade entre preço e qualidade e a facilidade de compra do produto.
O fator determinante para a procura de um determinado bem ou serviço deixou de ser o preço,
pois o mesmo sofre alterações por causa de qualquer desequilíbrio entre a oferta e a procura.
Dessa forma, pode-se dizer que o preço de algo é determinado pelo próprio consumidor, pois
quando esses passam a buscar mais um produto qualquer, o produtor eleva o seu preço,
fazendo com que o consumidor pague mais se deseja adquirir o mesmo. Em contrapartida,
quando um produto não é mais procurado o produtor é estimulado a deixar de produzi-lo para
que não tenha despesas em relação à oferta sem demanda.
O preço de um bem ou serviço é fixado levando em consideração a relação entre a procura e a
necessidade do consumidor final e, ainda, os custos gerados na fabricação e o tempo gasto em
sua produção. Os fatores que influenciam o consumidor final a procurar um determinado
produto são as necessidades em relação ao mesmo, o poder de compra, a concorrência, a
qualidade, a satisfação do cliente entre outros.
Fonte :  Brasil Escola
 
Sociologia para o Enem: Conheça 7 conceitos importantes de Marx
 
Karl Marx foi um importante sociólogo e filósofo alemão. Seus pensamentos e ideias acabaram
influenciando diversas áreas de estudos. Confira 7 conceitos de Karl Marx que você deve saber
para a prova do Enem:
 
Classes sociais:Classe social pode ser definida como um grupo de agentes sociais nas mesmas
condições no processo de produção, e que possuem afinidades políticas e ideológicas.
Segundo Marx, a divisão da sociedade em classes é consequência dos papéis desiguais que os
grupos sociais têm no processo de produção.
De acordo com a teoria marxista, em todas as sociedades capitalistas existe uma classe
dominante, que controla direta ou indiretamente o estado, e as classes dominadas por esta. A
classe dominante seria aquela que impõe a estrutura social mais adequada para a exploração
da força de trabalho.
127
Luta de classes:
 
O conceito de luta de classes está bastante relacionado ao conceito de classes sociais. Para
Marx, entre as classes de cada sociedade há uma luta constante por interesses opostos, na
sociedade capitalista, a divisão social ocorreu devido a apropriação dos meios de produção
para um grupo de pessoas (burgueses) e outro grupo explorado devido à sua capacidade e força
de trabalho (proletariado).
 
Mais-valia:
 
Seguindo a lógica de Marx para definir a luta de classes, os trabalhadores são economicamente
explorados e os patrões obtém o lucro através da chamada mais-valia. Este conceito, de
acordo com a perspectiva marxista, pode ser compreendido da seguinte forma: imagine que
um funcionário demore cerca de 2 horas para fabricar um determinado produto. Neste período,
ele produz o suficiente para pagar todo o seu trabalho. Entretanto, este funcionário permanece
mais tempo na fábrica e recebe o equivalente à produção de apenas um deste produto. O custo
da produção continua o mesmo, assim como o salário do funcionário, que receberá menos para
gerar mais lucro.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Alienação:
 
A alienação, para Marx, seria uma espécie de aprisionamento. Para ele, o trabalho, ao invés de
realizar o homem, o escraviza. Sua vida passa a ser medida pelo o que ele possui e não pelo o
que ele é.
128
Para o sociólogo alemão, existem diferentes formas de alienação, como a religião ou o Estado.
Mas a alienação principal para Marx seria a econômica.Consciência de classe:
O conceito de consciência de classe diz respeito ao sentimento de pertencimento que um
indivíduo tem pela classe social específica a que pertence. Desta forma, um indivíduo com
consciência de classe irá agir de forma solidária com os restantes membros desta classe, na
defesa dos interesses coletivos. A consciência de classe é determinada  pela luta de classes.
 
Proletariado:
Karl Marx entendia que a única riqueza que um trabalhador poderia possuir e multiplicar era sua
prole (filhos). No processo das primeiras Revoluções Industriais, os trabalhadores buscavam
ter muitos filhos para que eles se tornassem os novos “braços trabalhadores” para o mercado
de trabalho. O termo proletariado surge para designar essa massa de trabalhadores prontos
para venderem suas forças de trabalho.
O proletariado é o oposto à burguesia dentro da teoria marxista, é o que possui apenas a força
de trabalho como propriedade.
 
Força de trabalho:  
Marx diz que não é o trabalho que é explorado pela sociedade capitalista, mas sim a “força de
trabalho” ou a capacidade de trabalho que um operário tem. Segundo as normas da economia
capitalista, esta força de trabalho é paga pelo seu “valor”, e o salário é o que permite manter e
reproduzir a força de trabalho.
Fonte : QG do ENEM
 
PARA SABER MAIS –https://www.youtube.com/watch?v=m93ihi0DIgE&feature=youtu.be
129
130
Agora é hora de testar seus conhecimentos, lembre-se que as pesquisas e consultas são
permitidas e bem-vindas para que você realize com sucesso as atividades.
 
1) O materialismo histórico dialético é o método de análise da sociedade criado por Karl Marx,
um dos clássicos da Sociologia. A respeito desse método, é possível afirmar que :
 
a) o materialismo explica que as condições materiais de existência não são fatores
determinantes para o modo de ser e pensar de cada um. 
b) a sociedade e a política surgem da ação da natureza e não da ação concreta dos seres
humanos no tempo. 
c) o materialismo explica que são as relações sociais de produção que determinam o modo de
ser e pensar de cada indivíduo. É um modo histórico, já que a sociedade e a política surgem da
ação concreta dos seres humanos no tempo. 
d) a História é um processo contínuo e linear, logo a realidade é estática e o movimento da
história possui uma base material e econômica, mas não obedece a um movimento dialético. 
e) a base material ou econômica constitui a “superestrutura” da sociedade, que exerce
influência direta na “infraestrutura” da sociedade, ou seja, nas instituições jurídicas, políticas e
ideológicas.
 
2 .  (ENEM 2001) “... Um operário desenrola o arame, o outro o endireita, um terceiro corta, um
quarto o afia nas pontas para a colocação da cabeça do alfinete; para fazer a cabeça do alfinete
requerem-se 3 ou 4 operações diferentes; ...” (SMITH, Adam. A Riqueza das Nações.
Investigação sobre a sua Natureza e suas Causas. Vol. I. São Paulo: Nova Cultural, 1985).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A respeito do texto e do quadrinho são feitas as seguintes afirmações: 
 
I. Ambos retratam a intensa divisão do trabalho, à qual são submetidos os operários. 
II. O texto refere-se à produção informatizada

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.