A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Laje cogumelo e laje lisa

Pré-visualização | Página 1 de 1

LAJE COGUMELO E LAJE LISA 
Lajes são elementos estruturas que constituem a interface dos pavimentos 
de uma edificação, atuando como suporte de contrapisos e como teto. Na 
concepção estrutural, comumente as lajes são apoiadas em vigas que, por sua 
vez, se apoiam em pilares para distribuir os carregamentos da edificação. 
A laje caracteriza-se por ser um elemento plano, na forma de placa, com 
comprimento e largura de dimensões muito superiores à espessura. Além disso, 
ela é submetida à flexão. 
Existem diversos tipos de lajes. Neste documento, trataremos sobre a laje 
cogumelo e a laje lisa, expondo a diferença entre elas, suas características, 
vantagens e desvantagens. 
Diferentemente das lajes tradicionais, as lajes cogumelos possuem como 
principal característica o fato de serem apoiadas diretamente em pilares dotados 
de capiteis, dispensando a necessidade de vigas. Nessas condições, a laje 
cogumelo pode ser maciça, em concreto armado ou protendido, ou nervurada. 
Por sua vez, a laje lisa difere-se da laje cogumelo pelo fato de os pilares 
não possuírem capitel. 
A Figura 1 ilustra a laje lisa e a laje cogumelo, expondo a diferença entre 
elas. 
 
 
 
 
 
 
 
Figura 1: Esquema da laje lisa e da laje cogumelo. 
 
Fonte: Adaptado de ABECE/IBRACON (2014). 
Como vantagens da laje lisa e da laje cogumelo, citam-se: 
• Fácil execução, tendo em vista a ausência de vigas; 
• Permite vencer grandes vãos; 
• Melhor condição de ventilação e iluminação; 
• Maior altura do pé-direito. 
Por outro lado, as principais desvantagens são: 
• Elevado custo da obra; 
• Necessidade de mão de obra especializada; 
• Cuidado adicional com o fenômeno de punção, que gera elevadas 
tensões de cisalhamento na laje por conta da ausência das vigas.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.