A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
75 pág.
Apostila Gestão da Inovação

Pré-visualização | Página 2 de 22

o setor de recursos humanos, na organização, passa a assumir grande importância para o processo de inovação.  
  
Quando pensamos na nossa realidade, onde a maioria das empresas são de porte pequeno ou médio, você deve se perguntar, mas como uma empresa pequena consegue possuir tal departamento?  
  
É importante frisar, que uma empresa pequena pode até não possuir um departamento específico para isto, mas ela deve com certeza possuir gestão de pessoas, independentemente do tamanho.  
  
A gestão de pessoas, sendo uma área de interesse da Administração, deve manter um plano alinhado ao objetivo estratégico da empresa.  
  
A gestão de pessoas deve cuidar de processos como de recrutamento e seleção, análise e descrição de cargos, políticas de incentivos ao desenvolvimento de carreiras, avaliações de desempenho, feedback, questões motivacionais, bem-estar dos colaboradores, bem como também deve pensar em rescisões (COELHO, 2008).  
  
Ainda segundo o mesmo autor, as empresas atuais encontram principalmente problemas em atrair e reter grandes profissionais. É nesta gestão, que as pequenas empresas devem se concentrar, para possuírem acesso às inovações de produto do mercado.  
  
Em relação à tecnologia de processo, alguns especialistas em administração, como Chiavenato (2004), por exemplo, dizem que as empresas devem possuir produtividade e eficiência em seu processo produtivo, ou dificilmente irá sobreviver ao mercado. O processo produtivo deve agregar qualidade ao produto e gerar satisfação ao cliente.  
 
                 FIGURA 3 - Processo Produtivo  
  
Um dos principais fatores que agem de forma direta sobre este tipo de inovação são os fatores de infraestrutura. De acordo com Carreteiro (2009), estes fatores, quando bem utilizados, adequam a empresa ao ambiente competitivo. Além disso, o autor nos conta que o grau de sofisticação tecnológica influencia diretamente neste fator.  
  
O ambiente de competição ao qual a empresa está envolvida, faz com que a sua competência em infraestrutura seja de competência de uma série de áreas, por exemplo, a gestão de decisões.  
  
Assim como este autor pontua, vamos fazer uma relação entre o capital humano e o acesso à inovação tecnológica. Ambos são necessários ao acesso a inovação, correto?  
  
Com certeza, ambas as gestões são imprescindíveis ao sucesso do negócio, e por isto, temos que propor a você a pensar um nível à frente, que trata as estratégias do negócio.  
   
Gestão de Pessoas   
   
Passemos por um breve histórico de como funcionava o departamento de recursos humanos de uma empresa desde o início da Era Industrial. Um bom exemplo do começo da industrialização mundial está na resenha, a seguir, do filme Tempos Modernos, de 1936.  
    
Resenha 
  
Relações de Trabalho no Início da Industrialização pelo Filme Tempos Modernos  
   
O personagem de Chaplin neste filme retrata bem as relações de trabalho do início do século, em que a empresa esperava do funcionário apenas que ele trabalhe sem parar, e na mesma posição horas e horas a fio. 
  
Em algumas passagens do filme, podemos ver ainda o dono da fábrica pedindo que o ritmo da produção aumentasse, sem qualquer preocupação com os trabalhadores. Fica evidente também que o trabalho se torna exaustivo, a ponto de o personagem desistir do emprego na fábrica, tentando trabalhar em outra área, mas sem sucesso, pois sabia fazer apenas o trabalho braçal da fábrica.  
  
Este modo de produção, em linha, apesar de ainda não ter acabado totalmente, hoje é completamente melhorado com o uso de tecnologias. Além de melhorias com a evolução tecnológica, a evolução da relação entre as empresas e as pessoas fez com que a história destas relações conturbadas ficasse apenas nos filmes, pelo menos no Ocidente.  
   
FIGURA 4 - Trabalho no início da industrialização  
  
  
Fonte: NEFTALI77, 123RF. 
   
A imagem mostra o personagem de Chaplin com um colega de trabalho na fábrica. Suas expressões e postura corporal coçando a cabeça, nos induzem a pensar que eles estão confusos com o trabalho. 
    
Podemos notar que, com o passar do tempo, a relação inicial vem se invertendo. Com a automatização das fábricas e informatização das tarefas mais rotineiras e "mecânicas", as pessoas passam de mão de obra para cérebro de obra (DALMAU; TOSTA, 2009 p. 10). 
   
A nova fase das organizações, de focar na eficiência e eficácia das pessoas, faz com que as empresas também se foquem na estratégia organizacional. Esta gestão de recursos humanos estratégica, atua na integração de todos os interesses da empresa, mediante a seleção e retenção de pessoal qualificado.  
   
Gestão Estratégica   
   
Segundo o autor mais famoso conhecido na área, Michael Porter (1980), estratégia competitiva são ações ofensivas ou defensivas para criar uma posição de defesa em uma indústria, para enfrentar algumas forças competitivas.
  
	Explorando a temática II
	Etapa 1  
	Etapa 2  
	Etapa 3  
	Pesquisa básica  
	Pesquisa aplicada  
	Desenvolvimento  
	Gera novos conhecimentos e avanços tecnológicos pioneiros  
	Resolve problemas práticos aplicando conhecimentos da pesquisa da etapa 1  
	Cria novos produtos e processos para atender a necessidade do mercado  
Procedimentos técnicos para a implantação da inovação   
   
No contexto atual de globalização, podemos dizer que a inovação é uma necessidade cada vez mais intensa. As informações chegam mais rápido, tanto para empresa quanto a concorrentes e consumidores. As novas tecnologias de produção que são disponibilizadas, também surgem com uma velocidade impressionante e da mesma forma se deterioram.  
  
O diferencial da organização competitiva está na capacidade de processamento de dados, informações e conhecimento de forma rápida e precisa. Esta capacidade é fundamental para a tomada de decisões corretas, que impactam diretamente na sobrevivência das organizações, sejam elas de grande porte ou de pequeno porte.  
  
Por isto, as organizações devem seguir alguns procedimentos para implantação, desenvolvimento e manutenção de inovação, que veremos nesta parte do livro.  
  
Na videoaula a seguir, você verá que é possível planejar a inovação dentro do ambiente organizacional.  
    
Videoaula: 7 passos para inovação  
Desde o início dos estudos da área estratégica, muitas teorias surgiram ou evoluíram. Podemos dizer que a estratégia são ações das empresas com objetivos definidos, que envolvem os diversos ambientes, visando tomada de decisão para a eficiência da organização.  
  
Este modelo de negócio prezado pela gestão estratégica, normalmente não é acessível a todas as organizações. A inovação em processos e tecnologias nas pequenas organizações representam o caminho e o fim para o sucesso.  
esquisa e Desenvolvimento  
   
Para que ocorra a inovação nas organizações, é necessário um processo, e devemos conhecer quais são estes processos. Para Mattos (2005), o processo de desenvolvimento de uma inovação necessita de pesquisa e desenvolvimento. Em algumas organizações, principalmente as grandes indústrias, por exemplo, Apple, Microsoft, Samsung, a área de pesquisa e desenvolvimento corresponde a um setor inteiro, onde os maiores investimentos são feitos.  
  
Ainda segundo Mattos (2005), a pesquisa e desenvolvimento segue alguns estágios, representados por ele na TABELA a seguir:  
   
TABELA 3 - Etapas da pesquisa e desenvolvimento  
  
Fonte: MATTOS, 2005, p. 24 [Adaptada].  
   
Ainda segundo o mesmo autor, a pesquisa é caracterizada por busca de conhecimentos científicos e tecnológicos que, por fim, devem resultar na última fase, que é o desenvolvimento de um novo produto, serviço ou processo.  
  
Alguns autores mencionam que em empresas que não possuem o porte de uma Apple, por exemplo, podem utilizar as universidades locais, como setores de pesquisa e desenvolvimento. A fase de pesquisa pode ocorrer por geração de ideias internas, mas também pode ter uma fonte externa.  
  
Na videoaula a seguir, você verá que no nosso país também existe inovação com alta tecnologia.  
   
Videoaula:

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.