A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
75 pág.
Apostila Gestão da Inovação

Pré-visualização | Página 6 de 22

autora.  
   
Contudo, podemos dizer que como o processo criativo depende de pessoas, o grau de instrução e até mesmo o ambiente social e cultural impacta neste processo. Assim, temos que pensar que para um processo criativo se aproximar o máximo possível da eficiência, no contexto empresarial, temos que aproximá-lo da ciência.  
  
A ciência pura, da forma que é exercida hoje, encontra-se mais neutra de posições pessoais, por isto a evolução da tecnologia com base científica tem tanto valor. A maioria das inovações provenientes da ciência possui respostas a problemas que beneficiam muitas pessoas.  
  
Confira a indicação de notícia a seguir.  
 
 
 
FDA aprova primeira terapia genética contra o câncer nos EUA  
  
A evolução tecnológica, juntamente com a evolução da ciência, tem gerado muitos resultados, e a matéria a seguir traz um exemplo de evolução que ocorreu recentemente e que possui potencial de marcar a medicina como nunca feito antes. São os chamados tratamentos personalizados, ou como a reportagem diz, terapias genéticas.  
   
Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/fda-aprova-primeira-terapia-genetica-contra-cancer-nos-eua-21765276 
   
Fonte: BAIMA, Cesar. FDA aprova primeira terapia genética contra o câncer nos EUA. Jornal O Globo. 30 ago. 2017. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/fda-aprova-primeira-terapia-genetica-contra-cancer-nos-eua-21765276>. Acesso em: 20 jan. 2018. 
 
   
Gestão da Criatividade  
   
Entrando em um contexto empresarial, podemos dizer que as empresas não tratam a questão da criatividade com o devido cuidado. Este fato é facilmente compreendido no contexto brasileiro, onde a maioria das organizações possui porte pequeno ou médio.  
  
Contudo, quando passamos para uma visão geral, alguns estudiosos afirmam que a abordagem da criatividade deve ser analisada por todos os níveis de empresas. Os recursos humanos têm condições de fazer a gestão da criatividade desde empresas de médio porte, afinal, é neste ambiente onde encontram-se as maiores concorrências.  
  
Por isto a abordagem da criatividade nas organizações tem grande relevância para nosso estudo. Para John Kao (1996 apud TERRA, 2000), a abordagem da criatividade no contexto empresarial está diretamente associada à criação de valor, tanto para a empresa quanto para os clientes. Para ele, as mentes de pessoas altamente capacitadas é o que diferencia as organizações sucedidas ou não.  
  
Para Terra (2000), a gestão da criatividade é necessária pois as empresas estão sendo obrigadas a reinventarem-se por necessidade de crescimento, e por atuarem em um mercado altamente competitivo. Além disto, as pessoas buscam exercer a criatividade e se não conseguem, acabam decidindo mudar de emprego. Um marco para a criatividade, ainda segundo este autor, é a tecnologia da informação que fornece cada vez mais instrumentos para a manifestação da criatividade.  
  
O estudioso no assunto, John Kao (1996 apud TERRA, 2000) propõe uma auditoria para a criatividade da empresa, pelo motivo de considerar a criatividade tão importante quanto os bens materiais da organização. No QUADRO, a seguir, apresentamos o esquema de auditoria, proposta pelos autores.  
    
QUADRO 1 - Auditoria da criatividade nas empresas  
	Fator 1: Resultado da Criatividade   
·        Qual é o valor dos ativos criativos da empresa (equipamentos especiais, pessoas, arquitetura)?
·        Qual a proporção das receitas que vem de produtos com idade inferior a um ano? E inferior a 5 anos?
	Fator 2: Créditos pela Criatividade   
·        Quem levou até o fim as iniciativas mais criativas? Quem as apoiou?
	Fator 3: Ocasiões Criativas   
·        Ocorreram espontaneamente? Resultado de algum desafio específico ou benchmarking (comparação com a concorrência)?
	Fator 4: Sistema de Suporte a Criatividade   
·        Desenho do ambiente de trabalho? Espaços especiais para a socialização?
·        Existem elementos culturais explicitamente apoiadores à criatividade?
·        Quais os elementos pedagógicos (treinamento on-the-job*, anos sabáticos**, exercícios de meditação***)?
·        Premiações especiais?
·        Sistemas de informática de suporte?
	Fator 5: Pessoas   
·        Qual tem sido o resultado quanto a achar, atrair, desenvolver e reter talentos especiais?
·        Quem é responsável pelo recrutamento? Apenas o departamento de RH?
	Fator 6: Capital Criativo   
·        Quais são os sistemas existentes para gerar ideias criativas, armazená-las e protegê-las?
·        Como são recompensados os responsáveis por essas ideias?
*Treinamento on-the-job: treinamento realizado pelo colaborador de forma prática.  
**Anos sabáticos: período em que o colaborador se afasta da empresa para se dedicar a projetos pessoais, podendo ser financiado pela empresa, ou não.  
***Exercícios de meditação: são atividades de relaxamento realizadas na empresa, durante o horário de expediente.  
  
Fonte: TERRA, 2000, p. 40.  
   
Confira o estudo de caso:  
 
Estudo de caso
Gestão da Criatividade, as lições da 3M  
   
Neste estudo de caso, o objetivo de aprendizagem é como a gestão da criatividade tem impacto como diferencial na eficiência das organizações. 
   
A empresa 3M é hoje mundialmente famosa, contudo iniciou suas atividades em 1902 no estado de Minnesota, nos Estados Unidos, atuando em mineração. Ao longo de todos os anos de existência, a empresa foi abrindo seu leque de produtos, passando para produção de abrasivos em 1905, lixas automotivas em 1920, fitas adesivas em 1925, chegando até aos produtos mais conhecidos como as esponjas Scotch-Brite® em 1950 e ao Post-it® em 1980. 
  
Com todo este histórico de inovação, a empresa 3M é o case mais conhecido até hoje de empresa com gestão de criatividade.  
  
Contudo, o diretor de Marketing da empresa, Luiz Serafim, afirma que a companhia não possui um departamento exclusivo para inovação. Ele afirma que existe uma área de produto e que este os desenvolve. Porém, todo funcionário que chega na empresa, já na integração, é bombardeado de informações para entender que a perpetuação da inovação na 3M é responsabilidade de cada um (JAKITAS, 2013).  
  
Corroborando com Luiz, Ernest Gundling também da 3M diz que inovação é uma nova ideia implementada com sucesso que produz resultados econômicos.  
  
Ainda segundo alguns estudos publicados sobre a empresa, a inovação é incentivada por meio de um ambiente colaborativo entre os funcionários. A empresa ainda procura pessoas com espírito criativo, desde o recrutamento, e após a contratação, há uma série de treinamentos para desenvolver ainda mais a capacidade criativa das pessoas.  
  
Muitas patentes são feitas todos os anos pela empresa, que no ano de 2015 chegou ao número de 100.000. Seu faturamento em 2013 superou os 30 bilhões de dólares ao redor do globo. Alinhado ao faturamento, há o reconhecimento dos funcionários que mais se destacam, sendo os mesmos indicados pelos próprios colegas.  
   
Fonte: NOSSA História. 3M Global Gateway. Disponível em: <https://solutions.3m.com.br/wps/portal/3M/pt_BR/about-3M/information/more-info/history/>. Acesso em: 20 jan. 2018 [Adaptado]. 
 
 
O caso da empresa 3M nos demonstra que nem sempre é necessário seguir todos os passos da gestão da inovação, porém devemos sempre incentivá-la. A empresa, no caso apresentado, não faz uma gestão da inovação propriamente dita, porém, possui a inovação como um de seus objetivos estratégicos, e como estratégia de recursos humanos, ao contratar e treinar as pessoas para perpetuar a inovação. 
  
É possível identificar a gestão da criatividade na empresa 3M? Quantos dos itens apontados no quadro é possível identificar no texto do estudo de caso? 
Conclusão da unidade de ensino
UNIDADE 2
Explorando a temática I
Olá, aluno(a)!  
  
Nesta unidade seremos introduzidos aos conhecimentos necessários à empresa inovadora. Dessa maneira, você terá acesso a informações sobre o funcionamento não apenas de sua estrutura organizacional, mas também dos elementos que a sustentam.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.