Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
AULA 4 APICULTURA

Pré-visualização | Página 1 de 6

AULA 4 
PEQUENAS CRIAÇÕES 
24/08/2020 
-Falamos sobre a origem da apicultura, as abelhas e de 
onde elas se originaram, qual a abelha usada para a 
produção de mel (que é a apis melífera africanizada), 
então de onde ela veio. Os tipos de apiário: fixo, móvel; 
e como se instala um apiário e qual seria o local ideal, 
qual é a caixa ideal e como é a cx para termos em um 
apiário e qual é a distância entre elas e a cor, e como 
iniciar um apiário (que seria a coleta do enxame que 
pode estar na natureza, podemos comprar caixas já 
prontas, como podemos comprar já os packages e até 
a coleta dos enxames migratórios). 
 
-Produção dos produtos das abelhas: mel, própolis, 
pólen e cera. 
-Mel: como as abelhas produzem o mel? O mel é 
produzido pelas abelhas melíferas a partir do néctar das 
flores, então as abelhas vão até as flores e coletam o 
néctar e levam para a colmeia para as operárias que 
estão presentes lá na colmeia, que tem a idade por 
volta de 11-20 dias para elas fazerem o mel. Elas 
coletam o néctar nas flores, então temos que tem flores 
que possuem o órgão reprodutor feminino e masculino, 
então as anteras onde temos o pólen (que é o aparelho 
reprodutor masculino, que é o androceu), e temos o 
aparelho reprodutor feminino que é o gineceu, que é o 
estigma-que é o local onde o pólen cai (que é o órgão 
reprodutor, o pólen seria o masculino) ele cai aqui no 
estigma e ocorre a fecundação aqui no ovário. E temos 
o nectário onde as abelhas coletam o néctar, e falamos 
que te flores que são masculinas ou femininas, e ad 
flores que tem tanto o masculino quanto o feminino pq 
daí a importância das abelhas para a polinização. 
Plantação da abóbora, que a produção de abóboras 
estava mto pequena e isso ocorre justamente pq a 
polinização estava mto baixa, sendo que a abóbora 
tem flores masculinas e femininas, sexos diferentes em 
flores diferentes. 
-Então as abelhas coletam o néctar no nectário que fica 
perto do ovário/gineceu que é o órgão reprodutor 
feminino das flores. E vemos o nectário da flor de 
laranjeira, que é onde elas coletam o mel de laranjeira. 
Elas coletam o néctar e armazenam no papo, td o que 
é liquido elas vão coletando e vão armazenar no papo 
justamente porque depois elas vão transferir esse néctar 
para a outra abelha que está presente dentro da 
colmeia. Então quem é que transforma o néctar em mel 
é a operária que está dentro da colmeia que tem a 
idade de 11 a 20 dias, que é a fase que elas sintetizam 
a cera ou que elas transformam esse néctar em mel. 
Então temos 2 etapas: a coleta do néctar pelas 
operárias que são as campeiras que vão nos campos 
coletar o néctar, quando elas chegam dentro da 
colmeia elas transferem esse néctar num contato língua 
a língua com a operária que vai fazer o mel, que recebe 
esse néctar e armazena ele no papo. 
 
Quando esse néctar é armazenado no papo essa 
operária que tem de 11 a 20 dias ela vai promover o 
processo de transformação do néctar em mel. E quais 
seriam esses processos? Temos 2 processos: o processo 
físico e o processo químico. O processo físico é a 
desidratação do néctar. Então dependendo do tipo de 
flor o néctar vem com um teor de açúcar que fica em 
média de 20 a 40%, e para ele se transformar em mel 
tem que haver uma perda de água (que é a 
desidratação) para aumento da concentração desses 
açúcares, então de 40% vai para 75 até 87% de 
açúcares, que seria em média uma concentração de 
açúcares do mel. E como que elas desidratam? 
Simplesmente elas vão estender a língua, elas 
regurgitam esse néctar que estava armazenado no 
papo e elas vão estender a língua, e essa língua em 
contato com o ar vai perder água. E o que elas fazem 
para auxiliar nessa desidratação do néctar? Elas batem 
as asas justamente para promover uma ventilação na 
colmeia para auxiliar a desidratação do mel. Esse seria 
então o processo físico, a desidratação do néctar que 
vai se transformar em mel, que é o produto que tem 
uma concentração de açúcares maior. Só que junto 
com isso nós temos o processo químico, o néctar tem a 
principal forma de açúcar na forma de sacarose, 
quando ele é armazenado no papo da abelha ele vai 
sofrer a ação de uma enzima chamada Invertase, que 
vai transformar a sacarose em glicose e frutose. Então a 
principal forma de açúcar e carboidrato presente no 
mel é a glicose e a frutose. Temos na vdd esses 
processos que podem acontecer junto, e à medida que 
o mel fica desidratado e pronto elas vão armazenando 
lá nos alvéolos. 
 
-Desidratação do néctar: quando o néctar é coletado 
ele pode possuir de 5 a 75% de açúcares, em média de 
25 a 40%, e quando ele é coletado as abelhas 
campeiras trazem o néctar até a colmeia e regurgitam 
esse néctar e transportam do seu papo para o papo das 
abelhas receptoras. A transferência do néctar da 
campeira para a abelha receptora (que é a abelha 
que tem a idade de confeccionar a cera e elaborar o 
mel), então aqui a abelha está transferindo no contato 
língua a língua o néctar para essa abelha que tem de 
11 a 20 dias, que é a que vai elaborar o mel. Processo 
químico: então quando o néctar está dentro do papo 
da abelha, porque ele armazena no papo e à medida 
que ela vai regurgitando e vai estendendo a língua esse 
néctar vai se desidratando. Então o mel é o néctar foi 
desidratado e o néctar que sofreu o processo químico. 
E esse processo químico ocorre onde? Enquanto o 
néctar está armazenado lá no papo, ele já vai sofrendo 
a ação da invertase, que vai convertendo a sacarose 
em glicose e frutose. Então na verdade são 2 processos 
que ocorrem juntos, ela só vai armazenar o mel que 
estiver pronto e opercular o mel que está pronto, ou 
seja, com o teor de açúcar adequado e com essas 
alterações químicas prontas. Então na verdade são 2 
alterações que ocorrem na transformação do néctar 
em mel, o químico precisa da enzima que está lá no 
papo dela; então o químico enquanto ele está 
armazenado tanto durante o transporte quanto durante 
a presença lá dentro da colmeia a abelha que vai fazer 
o mel, enquanto ele está ali esperando para ser 
desidratado já vai sofrendo ação da invertase. Então 
são 2 processos que ocorrem conjuntamente. O néctar 
diretamente na boca da outra abelha, quem vai fazer 
o mel é a abelha que está dentro da colmeia, as 
campeiras apenas coletam o néctar e trazem, e as 
receptoras, que são as abelhas que tem de 11 a 20 dias 
são elas que vão transformar o néctar em mel, pq a 
idade que ela elabora o mel ela ainda não sai da 
colmeia (lembrando que dependendo de cada idade 
elas tem uma função). A função da abelha campeira é 
coletar o néctar, e a função da abelha quando ela tem 
de 11 a 20 dias é fazer a cera e elaborar o mel, então 
quando elas chegam com o néctar elas transferem esse 
néctar para as abelhas que irão elaborar o mel (que 
tem de 11 a 20 dias), essa que vai elaborar o mel ela 
recebe o néctar e armazena no seu papo e vai 
transformar o néctar em mel. De que forma que ela 
transforma? Ela regurgita o néctar que veio do papo da 
receptora, e ela vai distender a língua com uma gota 
de néctar e vai em um lugar da colmeia onde as outras 
operárias produzem uma corrente de ar (e elas 
produzem essa corrente de ar batendo as asas, da 
mesma forma que elas resfriaram a colmeia/lembrando 
que para manter a temperatura elas batiam as asas e 
promoviam uma corrente de vento dentro da colmeia), 
além de manter a temperatura essa corrente de vento 
que elas fazem dentro da colmeia também é para 
auxiliar a desidratação do néctar. Então quando ele 
perde água, ele esfria e à medida que ele estava 
armazenado lá no papo, ele já vai sofrer ação da 
enzima invertase, que vai transformar a sacarose em 
glicose + frutose. Então à medida que o néctar foi 
transformado em mel, ela vai armazenando nos 
alvéolos. Só que quando o mel perde água ele vai 
esfriando, e aí ela coloca no alvéolo aquecendo e 
depois ela repete o processo quantas vezes forem 
necessárias até o mel chegar a 75-87% de açúcar. Então 
ela deposita,
Página123456