Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Curso Livre Noções Básicas de Cartografia, Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento

Pré-visualização | Página 1 de 2

1.
	As projeções cartográficas podem ser definidas como a correspondente matemática entre as coordenadas planas do mapa e as coordenadas esféricas (angulares) da Terra, sobre elas é correto afirmar que: 
	A)
	As projeções Regional Transversa de Mercator (RTM) e Local Transversa de Mercator são modificações da projeção de Lambert.
	B)
	A esfera é um sólido achatável e planificável. Logo, ela não sofrerá deformação ao ser achatada.
	C)
	A equivalência assegura que as formas ou ângulos das feições na superfície terrestre sejam preservadas na projeção.
	D)
	As projeções cartográficas necessariamente distorcem a Terra, por isso é impossível, a princípio, à escala de qualquer mapa plano ser perfeitamente uniforme. (CORRETA)
	2.
	Considere as duas escalas a seguir representadas e assinale a alternativa correta:
	
	A)
	A escala a) é do tipo gráfica e a escala b) é do tipo numérica.
	B)
	A escala a) representa 500 metros no terreno.(CORRETA)
	C)
	A escala b) contém erros, pois deveria estar em centímetros.
	D)
	As duas escalas possuem as mesmas propriedades.
  
	3.
	A localização de um ponto na superfície terrestre é determinada por meio de um sistema de coordenadas ou de referência, sobre eles, pode-se afirmar que:
	A)
	Os sistemas de coordenadas planas utilizam dois ângulos (latitude e longitude) e uma distância à origem.
	B)
	O círculo antártico, no hemisfério norte, é denominado de círculo polar ártico.
	C)
	As coordenadas cartesianas apresentam-se em unidades esféricas, por exemplo, graus sexagesimais, enquanto as coordenadas esféricas são expressas em unidades métricas.  
	D)
	Rede geográfica é a malha formada pelos meridianos e paralelos de um globo ou mapa. (CORRETA)
	4.
	Em um mapa, a distância entre dois pontos é de 10 cm (dez centímetros) e a distância real é de 10 km (dez quilômetros). Este mapa está representado na seguinte escala numérica:
	A)
	1:100.000(CORRETA)
	B)
	1:10.000.
	C)
	1:100.
	D)
	1:1.000.
	5.
	Em um mapa, a distância de uma ponte é de 5 cm (cinco centímetros) e a distância real dela é de 15 km (quinze quilômetros). Esta ponte está representada na escala:
	A)
	1:1.000
	B)
	1:300.000
	C)
	1:300.000(CORRETA)
	D)
	1:5.000
	6.
	Com relação aos símbolos abaixo, pode-se afirmar que:
	
	A)
	A variável visual granulação é seletiva, porque permite separar os dados num mesmo plano de visibilidade.
 
 
	B)
	A variável visual tamanho é indicada para representar dados ordenados.
 
 
	C)
	A variável visual arranjo se refere às diferentes formas e configurações dos símbolos.
 
 
	D)
	A variável visual forma é ideal para diferenciar múltiplos caracteres, como nos dados qualitativos.(CORRETA)
	7.
	Conforme Nogueira (2009), na elaboração de mapas, o principal guia do profissional é a semiologia (variáveis visuais ou variáveis gráficas). Os tipos de variáveis visuais são:  
	A)
	Forma, tamanho, cor, croma, orientação, granulação, arranjo, ordenada, qualitativa e quantitativa.
	B)
	Ordenada, qualitativa e quantitativa. 
	C)
	Forma, tamanho, cor, croma, orientação, granulação e arranjo.(CORRETA)
	D)
	Pontual, linear e zonal.
	8.
	Sob o aspecto cartográfico, a análise de risco no mapa a seguir teve qual tratamento? 
	
	A)
	Qualitativo.
	B)
	Agrupativo.
	C)
	Evolutivo.
	D)
	Ordenado.(CORRETA)
	9.
	A representação gráfica dos mapas temáticos deve ser:
	A)
	Monossênica, com ambiguidade na sua apresentação.
	B)
	Monossênica, sem ambiguidade na sua apresentação.(CORRETA)
	C)
	Polissêmica, com ambiguidade na sua apresentação.
 
	D)
	Polissêmica, sem ambiguidade na sua apresentação.
	10.
	A representação cartográfica do mapa é: 
	
	A)
	Zonal. 
	B)
	Pontual e zonal.
	C)
	Pontual, linear e zonal.
	D)
	Pontual. (CORRETA)
	11.
	Um estudo na Amazônia brasileira tem interesse em discriminar as áreas desflorestadas e florestadas com o objetivo de avaliar impactos antrópicos. As imagens de sensoriamento remoto constituem uma fonte importante de informação para este tipo de aplicação, sendo o produto mais indicado as imagens:
	A)
	Multiespectrais, na faixa do vermelho.
 
	B)
	Multiespectrais, na faixa do infravermelho-médio. 
 
	C)
	Multiespectrais, na banda X.
 
	D)
	RADAR, na banda L.(CORRETA)
	12.
	A aerofotogrametria é a produção de imagens por meio de câmeras fotográficas instaladas em bases de aviões e helicópteros. Essa prática enquadra-se nas características de:
	A)
	Mapeamento fotográfico por câmeras especiais.
	B)
	Cartografia fotográfica.
	C)
	Enquadramento aéreo.
	D)
	Sensoriamento Remoto.(CORRETA)
	13.
	Na fase de aquisição, processos de detecção e registro de informações, alguns elementos devem ser bem compreendidos. Sobre eles, pode afirmar:
	A)
	A direção associada ao espalhamento é previsível e calculada pela lei de Snell-Descartes, enquanto a direção da refração é imprevisível.
	B)
	A energia eletromagnética pode ser descrita apenas em termos ondulatórios de comprimento de onda e frequência.
	C)
	De acordo com a teoria quântica, cada substância é capaz de absorver e de emitir radiação em apenas determinados comprimentos de onda.(CORRETA)
	D)
	Quanto maior o comprimento de onda, maior a frequência. Logo, o comprimento de onda e a frequência são proporcionais. 
 
	14.
	A vegetação tem, na região, espectro eletromagnético do visível, um pico de reflectância. Com base nessa afirmação, a faixa do espectro eletromagnético que corresponde a esse pico de reflectância é:
	A)
	Verde.
	B)
	Vermelho.
	D)
	Infravermelho próximo.(CORRETA)
	15.
	Considerando as aplicações do Sensoriamento Remoto, é correto afirmar:
	A)
	A ideia do processamento digital de imagens de sensoriamento remoto é a de fornecer ferramentas para facilitar a aquisição de imagens.
	B)
	Um sistema de classificação de uso da terra, por exemplo, deve se basear apenas em dados de sensoriamento remoto que fornecem principalmente informações sobre a cobertura do solo.
 
	C)
	As principais aplicações de Sensoriamento Remoto em Geografia concentram-se na utilização das informações para o monitoramento de uso da terra e para o monitoramento de processos morfológicos.(CORRETA)
	D)
	A função do sistema de classificação para mapeamento de uso da terra é definir duas classes principais de hierarquia de informação.
	16.
	Um analista de geoprocessamento necessitou, em um projeto, transformar dados vetorizados do município de Florianópolis (SC) para valores de pixel. Esta transformação é denominada de:
	A)
	Digitação. 
	B)
	Compressão
	C)
	Vetorização.
	D)
	Rasterização.(CORRETA)
	17.
	Os CADs são, muitas vezes, erroneamente classificados como SIG, pois:
	A)
	Faltam alguns recursos de manipulação de dados alfanuméricos.(CORRETA)
	
18.
	
Por qual motivo o espacial é tão especial:
	A)
	Poucas atividades e decisões humanas envolvem um componente geográfico.
	B)
	Ainda que boa parte da informação geográfica seja estática, o processo de atualização é complexo e caro.(CORRETA)
	C)
	A informação geográfica é unidimensional, pois é necessária apenas uma coordenada, por exemplo, a longitude, para definir um local.
	D)
	Ela não é projetada sobre uma superfície plana, sendo usada apenas nos computadores.
	19.
	Não faz parte de um Sistema de Informações Geográficas − SIG:
	A)
	Interface com usuário.
	B)
	Consulta espacial. 
	C)
	Entrada e integração de dados.
	D)
	Análise estrutural num programa de desenho (CAD).(CORRETA)
	20.
	O geoprocessamento é um conjunto de técnicas relacionadas ao tratamento da informação espacial. Ele engloba as seguintes tecnologias:
	A)
	O Sensoriamento Remoto, a Cartografia Sistemática e Temática, Banco de Dados Geográficos, o WebGIS, a Geodésia, a Topografia e o Sistema de Informação Geográfica.(CORRETA)
	B)
	O Sensoriamento Remoto, a Cartografia Sistemática e Temática, Banco de Dados Geográficos, o GNSS, Estrutura Raster e Vetorial, a Topografia e o Sistema de Informação Geográfica.
 
 
	C)
	O Sensoriamento Remoto, Resolução Espacial, Resolução Temporal, Resolução
Página12