A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
271 pág.
SAP_MM_Parametrizacoes

Pré-visualização | Página 8 de 20

movimento de estoque for gerado para um material.
Dicas
Escolher o tipo de movimento através do botão “Detalhe” ou da tecla F2 para determinar as características contábeis.
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 69 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.4.8 Criar lançamentos contábeis automáticos
Via Menus – OBYC IMG > Admin. de materiais > Avaliação e classificação contábil > Determinação de 
contas > Determinação de conta sem assistente > criar lançamento automático
.
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 determinar quais serão as operações que gerarão lançamentos automáticos a partir dos
movimentos de estoque.
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 70 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
Dicas
1. Selecionar o botão de “Class.Contábil” para determinar quais operações que gerarão lançamentos automáticos.
2. Selecionar uma das operações clicando duas vezes ou selecionar o botão “Selecionar” ou tecla F2.
3. Informar o Plano de Contas e executar os processos.
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 71 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.4.9 Determinar Contas-Contábeis
Via Menus - OBYC IMG > Admin. de materiais > Avaliação e classificação contábil > Determinação 
de contas > Determinação de conta sem assistente > criar lançamento 
automático
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 configurar os lançamentos contábeis baseado nas regras estabelecidas
Dicas
Código de agrupamento de conta está pré-definido no sistema e não permite ser modificado. É uma 
chave que tem diferente significado dependendo do procedimento que será usado para diferenciar a 
determinação da conta contábil. 
AUF - usado no recebimento físico p/ ordem de produção que não necessita na determinação de 
conta
BSA - usado nos saldos iniciais de estoque
INV - para ganho e perda de diferença de estoque
VAX - usado para saída de vendas sem necessidade de determinação de conta
VAY - usado para saída de vendas com necessidade de determinação de conta
VBO - usado para consumo de estoque de material
VBR - usado para consumo interno
VKA - para consumo de ordem de venda sem SD
VNG - usado para refugo ou sucata
VQP - usado para amostra de materiais
ZOB - usado para recebimento físico sem ordem de compra
PRF - usado para recebimento físico de ordem de produção
PRA - usado para saída de materiais e outros movimentos
PIP - usado para dívidas com fornecedores cujo fornecimento é contínuo. Ex.: água, luz, gás, etc
BRANCO - usado para recebimento físico e fiscal para ordem de compra
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 72 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.4.10 Determinar modificadores dos lançamentos automáticos
Via Menus - OMWB IMG > Admin. de materiais > Avaliação e classificação contábil > Determinação 
de contas > Determinação de contas sem assistente > criar lançamento 
automático > Classificação contábil >Saltar > Regras 
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 determinar quais são as variáveis que serão utilizadas para gerar os lançamentos contabeis
para determinado plano de contas 
Dicas
Para selecionar esta tela clicar no botão “REGRAS” da tela de “Lançtos.Autom-Contas”.
 Débito/Crédito - será utilizado a conta contábil
 Modificação geral - será utilizado o código de agrupamento de avaliação
 Modificação avaliação - será utilizado o código de agrupamento de conta
 Classe avaliação - será utilizado a classe de avaliação
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 73 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.4.11 Determinar chaves de lançamento
Via Menus - OMWB IMG > Admin. de materiais > Avaliação e classificação contábil > Determinação 
de contas > Determinação de contas sem assistente > criar lançamento 
automático > Classificação contábil > Saltar > Chave de lançamento
 Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 escolher qual será a chave de lançamento a ser utilizado no lançamento automático.
Dicas
 Para selecionar esta tela clicar no botão “CHAVE DE LANÇAMENTO” da tela de “Lançtos.Autom-Contas”.
Recomenda-se não alterar nem criar chave de lançamentos pré-definidos pelo sistema
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 74 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
 COMPRAS
4.5.1 Criar grupos de compra
Via Menus – OME4 IMG > Admin. de materiais > Compras > Criar grupos de compra
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 criar grupos de compra (comprador, grupo de compradores)
Dicas
Efetuada a cópia dos dados de grupo de compras da versão 4.0.
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 75 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.5.2 Definir grupos de contas de fornecedores
Via Menus – OBD3 IMG > Contabilidade financeira > Contabilidade de clientes e fornecedores > Contas 
de fornecedores > Dados mestre > Preparativos para criação de dados mestre de 
fornecedores > Definir grupo de contas com estrutura de tela (fornecedores)
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 definir grupo de contas de fornecedores.
O grupo de contas determina
· o tipo de atribuição de números
· o intervalo de numeração do qual o sistema atribui o número de conta usado para identificar o fornecedor
· se um vendedor CD está ou não envolvido
· que campos as telas contém e se as entradas nestes campos são obrigatórias ou opcionais
· que níveis de retenção de dados abaixo da organização de compras são permitidos (por exemplo,
subsortimento de fornecedor)
· que esquemas de parceria são válidos
Dicas
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 76 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.5.3 Determinar intervalos numeração para registro de fornecedor
Via Menus - OMSJ IMG > Logística - geral > Dados básicos logística: parceiro de negócios > Fornecedor 
> Controle > Determinar intervalos numeração para regs.mestre fornecedor
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 determinar intervalos de numeração para registros mestres de fornecedor e o tipo de controle a
ser adotado na criação do registro
Dicas
Para acessar essa tela clicar o botão “Intervalos” na tela de “Intervalos de numeração fornecedor”
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 77 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.5.4 Atribuir intervalos de numeração para grupo de contas de fornecedores
Via Menus - OMSJ IMG > Logística - geral > Dados básicos logística: parceiro de negócios > Fornecedor 
> Controle > Determinar intervalos numeração para regs.mestre fornecedor
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 atribuir intervalos de numeração para grupo de contas de fornecedores
Dicas
Para acessar essa tela clicar o botão “Intervalo numeração” na tela de “Intervalos de numeração fornecedores”
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 78 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.5.5 Definir funções do parceiro
Via Menus – OMZ1 IMG > Admin. de materiais > Compras > Determinaç.parceiro > Funções do parceiro > 
Definir funções do parceiro
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 definir as funções do parceiro de negócios.
Dicas
Versão: 1.0 –17/05/2004 MMAdministração de Materiais – Mario Malacarne Página 79 de 271
Parametrizações – Módulo MM
SAP MM
4.5.6 Determinar funções do parceiro admitidas por grupo de contas
Via Menus – IMG > Admin. de materiais > Compras > Determinaç.parceiro > Funções do parceiro > 
Determinar funções do parceiro admitidas por grupo de contas
Resumo do Processo
Permitir ao usuário do Sistema R/3 atribuir as funções do parceiro aos grupos de contas. As funções atribuídas a um grupo de
contas aparecerão como default na visão “Funções

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.