Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Exercício PABX - Sistema de Telefonia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistemas de Telefonia
Telemática – 2020.1
Atividade 1 – N1 – Sistemas PABX
Professor: Amarilton L. Magalhães
Aluno:
1. O que é um PABX? Cite duas de suas funcionalidades.
2. Qual a função dos módulos de interconexão em um PABX analógico?
3. Qual a diferença entre linhas tronco e linhas ramais?
4. O que é Discagem Direta a Ramal (DDR)? Explique a relação entre a faixa de numeração DDR com a
quantidade de ramais que a empresa possui.
5. Considere dois ramais pertencentes a um PABX de uma empresa, e que os mesmos estão habilitados
a realizar ligações externas (para a PSTN). O PABX possui um tronco analógico com uma empresa
provedora de telefonia fixa. Os dois ramais podem realizar ligações simultâneas para números externos?
Explique.
6. Apresente e discuta a arquitetura de um PABX IP.
7. Quais os desafios para implantação de um PABX IP?
8. Cite razões pelas quais o PABX analógico apresenta custos mais elevados que o PABX IP.
9. Comente as diferenças, em pelo menos três aspectos, entre um PABX analógico e um PABX digital.
Respostas
Lista - Sistema de Telefonia
Aluno: Sidney José Rodrigues Lima Matŕıcula: 20132173000359
1. Podemos definir um PABX como uma central automática de comutação privada, do inglês
- Private Automatic Branch Exchange. O PABX é um equipamento de interconexão
automática para telefonia interna. Sua composição é feita por várias terminações para
ligação de aparelhos telefônicos e conexões com linhas telefônicas externar, além dos
telefones de cada usuário são chamados de ramais e as linhas telefônicas externas de
linhas tronco. Existem várias funcionalidades com a utilização do PABX, algumas delas
são:
• Por meio do PABX qualquer pessoa da empresa pode fazer ligações externas simul-
taneamente. Ninguém precisará esperar o colega encerrar a chamada para fazer a
sua;
• É posśıvel configurar ramais para identificar cada setor da empresa, facilitando o
trabalho da recepcionista e do colaborador responsável por filtrar as ligações nos
departamentos;
• Realizar ligações gratuitas entre os ramais internos.
2. Tem como principal função, permitir a interconexão de portas em diferentes módulos.
Os módulos são cartões de interfaces que fazem a interligação com os dispositivos de
ponta(endpoints ou Gateway).
3. As linhas troncos são linhas telefônicas externas, que conecta de uma central telefônica
até um cliente. Já as linhas ramais são os telefones de cada usuário, ou seja, se estiver
utilizando um PABX em uma empresa com 30 funcionários e cada um possui um telefone
conectado ao PABX essas ligações são as linhas ramais.
4. A Discagem Direta a Ramal(DDR) permite que cada telefone interno da empresa receba
chamadas externas diretamente em seu ramal. A faixa de numeração DDR é o que será
contratado com a operadora ou o fornecedor dos serviços de telefonia para a empresa, ou
seja, a quantidade de telefones internos que necessitam de um número de telefone válido
externamente. Já a quantidade de ramal que a empresa possui são os telefones internos
que a empresa possui em sua estrutura, assim pode-se ter mais telefones do que números
DDR.
5. Não, Já que para troncos analógicos só pode-se realizar conexão externa apenas um cliente
por vez, ou seja, para realizar mais chamadas externas devem-se ter mais troncos.
6. A arquitetura de um PABX IP é composta por alguns componentes, inicialmente temos
o controlador de processos que é um servidor onde executa uma aplicação em um sistema
operacional padrão, por exemplo, Linux, Unix, Microsoft dentre outros. O benef́ıcio em
se utilizar um Hardware e Software comercial é a redução nos custos de desenvolvimento
e fabricação.
Existem os dispositivos de ponta (endpoints) que são os telefones IP que conectam-se à
Rede IP de forma direta, em vez de utilizar os cartões de interfaces dedicadas dos módulos.
Esses equipamentos necessitam de um endereço IP e podem ser atualizados por Firmware
através de um servidor TFPT com novas funcionalidades.
Os Gateways são interfaces ou equipamentos que convertem a sinalização e o canal de voz
para a rede IP, realizam a integração com a PSTM e possibilitando o uso dos telefones
analógicos ou digitais existentes, reduzindo custo com a migração para nova arquitetura.
E tem-se os módulos de interconexão que são realizados através da rede IP. Haverá um
degradação na qualidade da voz se acontecer algum congestionamento ao longo do trajeto
dos dados, normalmente no link WAN
7. Os desafios para implantações de um PABX IP são:
• Em uma falha de um equipamento qualquer (Switch ou Roteador), todos os usuários
daquele segmento ficarão sem comunicação;
• Se o equipamento principal falhar, ele automaticamente se registra no equipamento
Backup;
• A Rede IP deve ser projetada para possuir uma alta confiabilidade, com múltiplos
caminhos para cada dispositivo;
• Em um ambiente real, normalmente existe apenas um único caminho entre o PABX
IP e o Gateway ;
• Se este caminho falhar, a área coberta por este Gateway não terá mais serviço;
• Sistemas VoIP não fazem retransmissão;
• O PABX IP pode sofrer qualquer tipo de ataque, pelo simples fato de ser mais um
componente de uma Rede IP.
8. O PABX analógico apresenta custos mais elevados já que eram feitos com microproces-
sadores o que alavancava mais no custo para seu desenvolvimento. Além da rede ser por
comutação de circuitos o que fazia com que algumas empresas precisassem de mais linhas
troncos se quisessem realizar mais de um chamada por vez. O PABX tradicional utilizava
tecnologia proprietária, assim os usuários ficavam sempre limitados ao mesmo fabricante
para adicionar outras funcionalidades em seu equipamento, logo há um custo maior, visto
que quaisquer modificações na programação ou conserto dependerá dos técnicos especia-
lizados.
9. As diferenças entre PABX Analógico e PABX IP são:
• Flexibilidade:
– No Analógico há pouca flexibilidade para adicionar ou mover uma extensão requer
mudança f́ısica nas ligações.
– No IP há grande flexibilidade, visto que uma extensão funciona em qualquer nó
da rede, inclusive na internet.
• Interligação:
– No Analógico não da suporte com outros PABX, limitando assim sua ampliação.
– No IP é fácil interligar diversos PABX’s através de uma VPN/WAN ou pela inter-
net.
• Configuração:
– No Analógico é complexa e complicada a configuração do sistema.
– No IP é simples e fácil, normalmente é baseada em interface WEB de configuração.
• Interação com Computadores:
– No Analógico não existe interação.
– No IP os computadores e telefones são integrados em uma única rede.