Contabilidade de Custos I - 3 CONT A
264 pág.

Contabilidade de Custos I - 3 CONT A


DisciplinaContabilidade I1.279 materiais3.348 seguidores
Pré-visualização50 páginas
E. M. DR. LEANDRO FRANCESCHINI 
 Rua Geraldo de Souza, nº 157/221 - Jardim Carlos Basso - Sumaré/SP 
Telefones: (19) 3873-2605/3873-7296/3873-1574 
www.leandrofranceschini.com.br 
 
ATIVIDADES 
 
Material de apoio para resolução das atividades, livro Contabilidade de Custos (Eliseu Martins), em anexo. Cap. 1.
 
I. Assinalar Falso (F) ou Verdadeiro (V): 
a) ( ) A Contabilidade de Custos é mais ampla 
do que a Contabilidade Gerencial. 
b) ( ) O conhecimento do custo é vital para se 
saber, dado o preço, se um produto é 
lucrativo ou não, e quanto. 
c) ( ) A Controladoria e a Tecnologia de 
Informação vêm criando sistemas de 
informação que permitem um melhor e 
mais ágil gerenciamento de custos. 
d) ( ) O papel da Contabilidade de custos, no 
que tange a decisões, é fazer a 
alimentação do sistema sobre valores 
relevantes apenas no curto prazo. 
e) ( ) O papel da Contabilidade de Custos, no 
tange a decisões, é fazer a alimentação do 
sistema sobre valores relevantes tanto no 
curto quanto ao longo prazo. 
 
II. Assinalar a alternativa correta: 
 
1) A respeito do período que vai até a Revolução 
Industrial, no século XVIII, não se pode afirmar 
que: 
a) Somente a Contabilidade Financeira 
(Geral) existia até então. 
b) A Contabilidade Geral foi desenvolvida na 
era Mercantilista. 
c) A Contabilidade Geral estruturou-se para 
servir ao comércio. 
d) A apuração dos valores de compra dos 
bens era muito difícil. 
e) Para apurar o resultado, bastava levantar 
os estoques físicos. 
 
2) As funções gerenciais mais relevantes da 
Contabilidade de Custos são: 
a) Auxílio ao controle e apuração de Imposto 
de Renda. 
b) Ajuda à tomada de decisão e levantamento 
de Balanço. 
c) Auxílio ao controle e ao processo de 
tomada de decisão. 
d) Valorização dos estoques físicos e tomada 
de decisões. 
e) Auxílio ao controle e à valoração dos 
estoques físicos. 
 
3) Quanto à função Gerencial de controle, pode-
se afirmar que a Contabilidade de Custos é 
importante para: 
a) Apenas auxiliar na avaliação dos estoques 
físicos. 
b) Fornecer dados para fixar padrões de 
comparação. 
c) Apenas auxiliar na avaliação dos lucros 
globais. 
d) Auxiliar na avaliação de estoques e lucros 
globais. 
e) Auxiliar na preparação de demonstrações 
contábeis. 
 
4) Um exemplo de informação gerada pelos 
Sistemas de Custos é: 
a) Lucro do período. 
b) Índice de liquidez. 
c) Custo por unidade 
d) Lucro por ação. 
e) Dividendos a pagar. 
 
5) A conciliação entre Contabilidade Financeira e 
a de Custos é: 
a) Irrelevante. 
b) Fundamental. 
c) Desnecessária. 
d) Projetada. 
 
III. Assinalar a alternativa correta: 
 
1) Não é informação gerada por um Sistema de 
Custos: 
a) Valor dos estoques. 
b) Custos das perdas. 
c) Custo por departamento. 
d) Duplicatas a receber. 
e) Custo por etapa do processo. 
 
2) Como exemplo de decisão gerencial que pode 
ser subsidiada pelo Sistema de Custos temos: 
a) Distribuição de ações aos sócios. 
b) Constituição de reserva legal. 
c) Pagamento de multas ambientais. 
d) Administração de preços de venda. 
e) Manutenção da conta \u201cCaixa e Bancos\u201d. 
 
3) Como exemplos de elementos fabris de custos 
de uma empresa de manufatura, podem-se 
citar: 
a) Depreciação de equipamentos e compra 
de ações. 
b) Refugos, sobras, e salários da alta 
administração. 
c) Mão de obra, matéria-prima, sobras e 
refugos. 
d) Energia, material de escritório e salário do 
pessoal da contabilidade. 
SÉRIE / CURSO: Técnico em Cont./Adm. DISCIPLINA: Contabilidade de Custos I 
1º Semestre/2020 PROFESSORA: Rosimar 
Tema: Introdução à Contabilidade Custo 
E. M. DR. LEANDRO FRANCESCHINI 
 Rua Geraldo de Souza, nº 157/221 - Jardim Carlos Basso - Sumaré/SP 
Telefones: (19) 3873-2605/3873-7296/3873-1574 
www.leandrofranceschini.com.br 
 
e) Material de escritório, telefone e material 
de embalagem. 
 
4) A falta de conciliação entre Contabilidade de 
Custos e Contabilidade Geral traz: 
a) Acurácia. 
b) Distorções. 
c) Oportunidades. 
d) Relevância. 
e) Fundamentos. 
 
IV. Assinalar Falso (F) ou Verdadeiro (V): 
a) ( ) As funções do Contador tornaram-se 
mais simples, com o advento da 
indústria de manufatura. 
b) ( ) Até o século XVIII, as empresas viviam 
basicamente do comércio. 
c) ( ) Lucro bruto é o resultado do confronto 
do custo do custo das mercadorias ou 
produtos vendidos ou dos serviços 
prestados aos clientes com a 
respectiva receita líquida. 
d) ( ) O uso da Contabilidade de Custos 
como instrumento gerencial sempre foi 
a principal preocupação dos 
Contadores, Auditores e Fiscais. 
e) ( ) Somente indústrias manufatureiras 
devem-se utilizar da Contabilidade de 
Custos. 
 
V. Assinalar Falso (F) ou Verdadeiro (V): 
a) ( ) Em empresas prestadoras de serviços, 
a Contabilidade de Custos pode ser 
utilizada para dar suporte ao processo 
de gestão: planejamento, execução e 
controle das atividades. 
b) ( ) A Contabilidade de Custos tem um 
escopo mais amplo que a 
Contabilidade Gerencial. 
c) ( ) A utilização de informações de custos 
passou, ao longo do tempo, do setor de 
serviços para o de manufatura. 
d) ( ) Sistemas de Custos são subsistemas 
do Sistema de Informação Gerencial 
(SIG). 
e) ( ) O Sistema de Custos em empresas em 
empresas prestadoras de serviços não 
tem contas de estoques e os elementos 
de custos são os mesmos do sistema 
de custos de empresas industriais de 
manufatura. 
 
VI. Assinalar a alternativa correta: 
 
1. Não é objetivo normal de um sistema de custo 
fornecer informação para subsidiar o processo 
de: 
a) Controle. 
b) Planejamento. 
c) Tomada de decisão. 
d) Avaliação de desempenhos. 
e) Distribuição de dividendos. 
 
2. Uma entidade objeto de custeio é: 
a) Uma pessoa física ou jurídica 
organizacional. 
b) O montante de custos de um produto ou 
serviço. 
c) Uma variável aleatória importante para os 
gestores. 
d) Qualquer coisa cujo custo seja importante 
conhecer. 
e) O custo e o benefício de determinada 
decisão tomada. 
 
3. Não é entidade objeto de custeio: 
a) Decisão. 
b) Produto. 
c) Atividade. 
d) Processo. 
e) Departamento. 
 
4. São exemplos de decisões normalmente 
tomadas com base em informações de custos: 
a) Concessão de descontos sobre preços. 
b) Estabilidade e declínio do produto no 
mercado. 
c) Crescimento e maturidade do produto no 
mercado. 
d) Elaboração de Balanço e Demonstração 
de Resultados. 
e) Retaliação de novos concorrentes 
entrantes no mercado. 
 
5. Informações de custos tendem a ser mais úteis 
em situações de: 
a) Cartel. 
b) Oligopólio. 
c) Monopólio. 
d) Capitalismo. 
e) Concorrência. 
 
Eliseu Martins
Da Faculdade de Economia, Administração e 
Contabilidade da Universidade de São Paulo
Contabilidade de Custos
O Uso da Contabilidade de Custos como Instrumento 
Gerencial de Planejamento e Controle
Sua Utilização para Fins Fiscais e Societários
As Diferenças entre os Métodos de Custeio:
Custeio por Absorção
Custeio Variável
RKW
ABC (Custeio Baseado em Atividades)
9ª Edição
SÃO PAULO
EDITORA ATLAS S.A. \u2013 2003
© 1977 by EDITORA ATLAS S.A.
1. ed. 1978; 2. ed. 1980; 3. ed. 1987; 4. ed. 1990; 5. ed. 1996; 6. ed. 1998;
7. ed. 2000; 8. ed. 2001; 9. ed. 2003; 3á tiragem
Composição: Formato Serviços de Editoração S/C Ltda.
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Martins, Eliseu, 1945
 Contabilidade de custos / Martins, Eliseu. - 9. ed. - São Paulo : Atlas,
2003. '
Bibliografia.
ISBN 85-224-3360-7
1. Contabilidade de custos I. Título.
90-0846 CDD-657.42
 
Índices para catálogo sistemático:
1. Contabilidade de custos 657.42
2. Custos : Contabilidade 657.42
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS -