A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
GEO LOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

ATIVIDADE ROCHAS METAMORFICAS
1) A que se refere a orientação preferencial em uma rocha metamórfica? Pense em como o alinhamento de minerais relaciona-se com os processos metamórficos.
Devido a pressão dirigida exercida sobre as rochas, os minerais metamórficos podem ser comprimidos, alongados ou rotados para alinhar-se em uma direção particular. Assim, a pressão dirigida determina a forma e a orientação dos novos cristais metamórficos, que se originam a medida que os minerais recristalizam-se sobre a influência de calor e da pressão.
2) Por que não há rochas metamórficas formadas sob condições naturais de pressão e temperatura muito baixas?
Essas rochas são produzidas quando altas temperaturas e pressões das profundezas da Terra atuam em qualquer tipo de rocha (ígnea, sedimentar ou outra rocha metamórfica), embora mantendo sua forma sólida. As temperaturas do metamorfismo estão abaixo do ponto de fusão das rochas (aproximadamente 700°C), mas são altas o bastante (acima de 250°C) para as rochas modificarem-se por recristalização e por reações químicas.
3) Como a clivagem ardosiana está relacionada com forças tectônicas? Que forças fazem com que os minerais alinhem-se entre si?
4) Que tipo de plútons pode produzir o metamorfismo de grau mais alto, uma intrusão de granito a 20 km de profundidade ou uma intrusão de gabro a 5 km de profundidade? Justifique sua resposta.
Intrusão de granito a 20 km de profundidade, pois a medida que aumenta a profundidade as rochas são sujeitas a forças geradoras de estado de tensão.
5) Indique as condições termodinâmicas que podem determinar a coexistência numa rocha dos três polimorfos de Al2SiO5.
A andaluzite, a cianite e a silimanite são aluminossilicados que, sob diferentes condições de pressão e de temperatura, experimentam transformação polimórfica.
6) A andaluzita, a silimanita e a cianita podem ser consideradas como geobarômetro e geotermômetro. Fundamente esta afirmação.
7) Considere que um gnaisse atinge condições de temperatura na ordem de 800°C. Nestas condições, refira se ainda podemos considerar a existência de um ambiente metamórfico.
Os gnaisses são rochas de grão grosso e a razão entre os minerais granulares e os placóides é maior do que nas ardósias ou nos xistos. O resultado é uma foliação fraca e, assim, com pequena tendência para se partir. Sob condições de alta pressão e temperatura, as assembleias minerais das rochas de grau mais baixo, contendo micas e cloritas, transformar-se-ão em novas assembleias dominadas por quartzo e feldspato, com menos quantidade de micas e antifibpólios. Sendo assim, podemos considerar a existência de um ambiente metamórfico sim.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.