Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
139 pág.
Apostila com questões e respostas

Pré-visualização | Página 1 de 50

Caderno
Código Penal para Escrivão - PC SP
1. Id: 591333 Ano: 2018 Bancas: FCC Instituições: TRT - 15ª Região Provas: Técnico Judiciário - Segurança Disciplina: Direito Penal
Assuntos: 3.11 Crimes contra a administração pública
Astolfo, é surpreendido na prática de crime de roubo e recebe ordem de prisão por dois policiais militares do Estado X que estão devidamente fardados e com viatura.
Para evitar a prisão, Astolfo arremessa pedras em direção aos policiais ferindo a ambos que, ainda assim, conseguem prendê-lo com o uso da força necessária. Em
relação à ação contra a execução de ordem legal praticada por Astolfo, sem prejuízo de outros crimes decorrentes da violência, ele poderá responder pelo crime de 
a) Desacato. 
b) Desobediência. 
c) Resistência. 
d) Obstrução à justiça.
e) Desinteligência. 
2. Id: 387716 Ano: 2008 Bancas: PC-MG Instituições: PC-MG Provas: Delegado de Polícia Disciplina: Direito Penal Assuntos: 2.4 Concurso
de Pessoas
Considerando o concurso de pessoas, assinale a afirmativa INCORRETA. 
a) A participação está condicionada à eficácia causal e à consciência de participação em ação comum e, por ser acessória, só é punível se o crime chega a ser ao
menos tentado, ressalvadas as disposições expressas em contrário.
b) Conforme a regra geral, as condições e circunstâncias de caráter pessoal do agente, subjetivas, não se comunicam entre co-autores e partícipes, respondendo
cada um individualmente, de acordo com elas.
c) No desvio subjetivo de conduta há verdadeira quebra da teoria monista respondendo os partícipes conforme a intensidade volitiva e atuação no crime praticado
pelo autor.
d) O Código Penal brasileiro prevê expressamente a possibilidade da autoria mediata nos casos de ocorrência de erro determinado por terceiro, coação moral
irresistível e obediência hierárquica.
3. Id: 230860 Ano: 2012 Bancas: IMAM Instituições: Prefeitura de Lavras - MG Provas: Advogado Disciplina: Direito Penal Assuntos: 3.11
Crimes contra a administração pública
I. Para efeitos penais, ------------------------------------- funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função em entidade paraestatal, e quem trabalha para
empresa prestadora de serviço contratada ou conveniada para a execução de atividade típica da Administração Pública. 
II. Constitui crime denominado ------------------------------------- retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa
de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal. 
III. Constitui crime denominado ------------------------------------- exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, ou antes, de
assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida. 
IV. Constitui crime denominado ------------------------------------- patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se
da qualidade de funcionário. 
Tendo em vista as disposições do Código Penal sobre os crimes contra a Administração Pública, preenche CORRETAMENTE as lacunas acima a seguinte opção:
a) considera-se – prevaricação – concussão – tráfico de influência
b) não considera – prevaricação – concussão – tráfico de influência
c) equipara-se a – prevaricação – concussão – advocacia administrativa
d) equipara-se a – concussão – prevaricação – advocacia administrativa
4. Id: 519943 Ano: 2017 Bancas: VUNESP Instituições: TJ-SP Provas: TJ-SP - Escrevente - Técnico Judiciário (Interior) Disciplina: Direito
Penal Assuntos: 3.10.4 Outras Falsidades
A respeito dos crimes previstos nos artigos 293 a 305 do Código Penal, assinale a alternativa correta.
a) O crime de supressão de documento (art. 305 do CP), para se caracterizar, exige que o documento seja verdadeiro.
b) A falsificação de livros mercantis caracteriza o crime de falsificação de documento particular (art. 298 do CP).
c) O crime de falsificação de documento público (art. 297 do CP) é próprio de funcionário público.
d) No crime de falsidade de atestado médico (art. 302 do CP), independentemente da finalidade de lucro do agente, além da pena privativa de liberdade, aplica-se
multa.
e) O crime de falsidade ideológica (art. 299 do CP), em documento público, é próprio de funcionário público.
5. Id: 183837 Ano: 2013 Bancas: MPE-PR Instituições: MPE-PR Provas: Promotor de Justiça Disciplina: Direito Penal Assuntos: 2.2.2
Tipicidade, 2.2.2.19 Erro de Tipo Acidental
Assinale a alternativa incorreta: 
a) Semprônio pretendendo matar seu pai Tício, desfere disparos de arma de fogo contra este, enquanto Tício conversava com seu vizinho Esmenio. Entretanto por
erro na execução, Semprônio acaba apenas por atingir e matar Esmenio. Neste caso Semprônio responderá pelo crime de homicídio doloso, com a incidência da
agravante genérica prevista no art. 61, II, letra “a” do CP (ter praticado o crime contra ascendente); 
b) Semprônio pretendendo matar seu vizinho Esmenio, desfere disparos de arma de fogo contra Esmenio enquanto ele conversava com Tício pai de Semprônio.
Entretanto por erro na execução, Semprônio acaba apenas por atingir e matar Tício. Neste caso Semprônio responderá pelo crime de homicídio doloso, sem a
incidência da agravante genérica prevista no art. 61, II, letra “a” do CP (ter praticado o crime contra ascendente); 
c) Semprônio pretendendo matar seu vizinho Esmenio, desfere contra ele disparos de arma de fogo, enquanto Esmenio conversava com Tício, pai de Semprônio.
Entretanto por erro na execução, além de atingir e matar Esmenio, também atinge e mata seu pai Tício. Neste caso Semprônio responderá por crime de homicídio
doloso, com a aplicação da regra prevista para o concurso formal de crimes;
d) Semprônio pretendendo lesionar seu vizinho Esmenio, e visualizando que este se encontrava na sala distraído, arremessa uma pedra através da vidraça da
residência de Esmenio. Entretanto por erro na execução do crime, a pedra acaba por atingir o aparelho de televisão da sala, danificando-o. Neste caso Semprônio
responderá por crime de dano; 
e) Semprônio pretendendo lesionar seu vizinho Esmenio, e visualizando que este se encontrava na sala distraído, arremessa uma pedra através da vidraça da
residência de Esmenio. Entretanto por erro na execução do crime, além da pedra atingir e lesionar superficialmente Esmenio, acaba também por acertar e danificar o
aparelho de televisão da sala. Neste caso Semprônio responderá apenas por crime de lesões corporais leves.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual
Cópia registrada para (CPF:)
6. Id: 217532 Ano: 2012 Bancas: CESPE/ CEBRASPE Instituições: TJ-AC Provas: Técnico Judiciário - Área Judiciária Disciplina: Direito Penal
Assuntos: 2.3 Imputabilidade, 2.2.1 Conceito de Crime, 2.3.5 Exigibilidade de Conduta Diversa
A coação irresistível, que constitui causa de exclusão da culpabilidade, é a coação moral, porquanto a coação física atinge diretamente a voluntariedade do ato,
eliminando, se irresistível, a própria conduta.
( ) Certo
( ) Errado
7. Id: 604188 Ano: 2008 Bancas: FCC Instituições: TRF - 5ª REGIÃO Provas: Analista Judiciário - Área Judiciária - Execução de Mandados
Disciplina: Direito Penal Assuntos: 3.11 Crimes contra a administração pública, 3.11.2.7 Concussão
José, funcionário de empresa prestadora de serviço contratada para a execução de serviços de alargamento de avenida, exigiu de João, proprietário de
estacionamento existente no local, quantia em dinheiro para não bloquear com entulho o acesso ao referido prédio. Nesse caso, José cometeu crime de
a) corrupção ativa.
b) prevaricação.
c) concussão.
d) corrupção passiva.
e) peculato.
8. Id: 371824 Ano: 2009 Bancas: FCC Instituições: MPE-SE Provas: Técnico do Ministério Público – Área Administrativa Disciplina: Direito
Penal Assuntos: 2.2.2 Tipicidade, 2.2.2.11 Consumação e Tentativa
Considere: 
I. Tício resolveu matar seu desafeto. Elaborou um plano de ação, apanhou uma faca e o atacou, desferindo- lhe
Página123456789...50