A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
APX 1- A Noção de Comunidade e Modelo de Polícia

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE -AVALIAÇÃO PRESENCIAL 1- 2020.1
Consórcio CEDERJ- Curso: Tecnólogo em Segurança Pública e Social
Disciplina: A Noção de Comunidade e Modelos de Polícia
Data: 23/04/2020 Pólo: Resende/RJ
Nome do aluno: Carlos César de Paula Matrícula: 19113150356
Questão 1 (2 pontos)
O processo de formação do Estado moderno acompanha dinâmicas de secularização, por um lado, e o desenvolvimento dos instrumentos bélicos, por outro. Max Weber, por sua vez, indica que o Estado moderno é um agrupamento de dominação que apresenta caráter ins-titucional e que procurou monopolizar, nos limites de um território, a violência física legí-tima (WEBER, 2008, p. 46). A partir de seus conhecimentos acerca da formação dos estados modernos, disserte sobre a importância do processo de secularização, ou seja, de separação entre os interesses religiosos e cívicos no âmbito do estado, para a formação da noção de democracia na modernidade.
Resposta: O Estado Moderno tem duas vertentes: a burocracia e a economia capitalista. Ele é comparado a Leviatã, que tem o poder sobre a religião e o poder das armas, que sig-nifica a sua soberania através do aparelhamento bélico de seu exército na proteção de seu território e com isso legitimar a sua violência para o controle da ordem e contra o inimigo externo que venha confrontar a sua soberania. 
Com o avanço do protestantismo idealizado por Martino Lutero e adesão de alguns mo-narcas, enfraqueceram o poder da igreja católica e com isso facilitando o surgimento do Estado Moderno. A secularização foi um processo histórico-religioso de desencantamento e emancipação, passando a um conceito lógico da razão. 
Vários conflitos interno surgiram no estado moderno, em nome da liberdade e da igualda-de, onde vários monarcas perderam seus poderes sobre o Estado, surgindo o regime Repu-blicano e com isso o sistema representativo, dando um grande passo para a democracia moderna.
Questão 2 (2 pontos)
É possível dizer que a democracia é um regime e um comportamento político. Tanto o re-gime como o comportamento político democrático têm como pressuposto a liberdade con-tra as formas autoritárias de exercício de poder. Considerando o monopólio do uso da força legítima pelo estado na modernidade, como apresenta Weber, explique quais são os limites entre o uso da força estatal e a garantia de direitos e liberdades fundamentais dos cidadãos, em um regime democrático.
Resposta: O Estado moderno se define pelo monopólio da força legítima, sobre a sobera-nia de seu território com relação a defesa de uma possível agressão externa e não contra o cidadão, que deve ter seus direitos preservados e garantidos pelo Estado. A força legítima dada aos agentes de segurança pública é para a manutenção da ordem, dos poderes cons-tituídos e dos direitos dos cidadãos.
Questão 3 (2 pontos)
“Remoções na Vila Autódromo expõem o lado B das Olimpíadas do Rio - Moradores resistem a deixar a Vila Autódromo, comunidade ao lado do Parque Olímpico: Milhares de pessoas deixaram suas casas devido à organização do megaevento”.
“‘Bem-vindos’ à Vila Autódromo, ‘a comunidade que venceu o prêmio internacional de urbanismo’. Não há tráfico e nem milícia. O terreno é plano, de fácil acesso. E a vida, mesmo com todas as suas dificuldades, sempre foi tranquila, feliz. Seus moradores, há décadas vivendo lado a lado, batem papo nas esquinas, nos comércios e nos botecos. Mas o assunto parece ser único: resistir a deixar o local. ‘Todos nós temos medo, mas não podemos nos acovardar’, discursa uma moradora, de 50 anos, diante de duas dezenas de vizinhos que, às seis horas da tarde de um sábado, se reúnem na pequena igreja da comunidade. Na verdade, o projeto de urbanismo premiado internacionalmente nunca foi implantado. A maioria das casas parecem ter sido bombardeadas — e nesse caso, pela própria Prefeitura do Rio.
Rio de Janeiro, 5 de agosto de 2015.
Retirado de:
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/06/20/politica/1434753946_363539.html
Valendo-se da diferenciação entre direito legal e (insulto) moral, explique a importância
de associações de moradores para reivindicar direitos de cidadania, incluindo o de habitação digna.
Tome como exemplo as políticas de renovação urbana exercidas pelos poderes públicos,
no contexto dos grandes eventos na cidade do Rio de Janeiro.
Resposta: As associações de moradores tem um papel fundamental dentro de uma comunidade, pois seus representantes são eleitos democraticamente pelos moradores e tem todo o conhecimento dos problemas locais. A associação de moradores é o elo de ligação entre a comunidade e o poder público e através dela são feitas as reinvindicações de seus direitos de cidadania, seja na saúde, educação ou até mesmo de uma moradia digna.
As políticas de renovação urbana exercidas pelo poder público no Rio de Janeiro, para receber a Copa do Mundo e as Olimpíadas, mexeram com a vida de muitas pessoas, tiraram o direito de ir e vir, desapropriaram muitas residências sem levar em consideração com a história de cada um naquele local, mudando as suas rotinas..
Qualquer mudança ou projeto urbanístico para uma cidade ou comunidade, deve ser discutido amplamente com as associações de moradores, comerciantes, orgãos representativos governamentais e não governamentais, para chegar a um senso comum.
Questão 4 (2 pontos)
Essa questão deve ser respondida em duas partes:
(a) Apresente três características dos modelos de polícia Anglo-Saxão e Continental (três características de cada modelo); (1,0)
Resposta: 
1- Modelo Anglo-saxão ou Inglês: é um modelo menos centralizado e menos militarizado; destacando no controle comunitário com interesses mais locais, com ênfase na patrulha preventiva e no consentimento público de suas ações com tradição no Common Law.
2- Modelo Europeu Continental ou Francês: é um modelo mais centralizado e militarizado; se destacando nos desafios políticos e administrativos, priorizando a ordem pública e a defesa social e se baseia na tradição da Civil Law.
(b) Indique qual dos modelos possui maior influência sobre a polícia brasileira e por que (ofereça pelo menos uma evidência dessa influência). (1,0)
Resposta: O modelo vem a influenciar a polícia brasileira é o francês, pois quando a família Real veio para o Brasil em 1808, surge a Guarda Real, no modelo português, que era influ-enciado pelo modelo francês. É um modelo mais estatal, mais centralizado e mais militari-zado (diferente do modelo inglês).
O objetivo geral da polícia no Brasil é a manutenção da ordem e da lei e nos estados, a po-lícia militar trabalha na repressão ao crime, ações ostencivas contra a ilegalidade ou na prevenção das atividades ilícitas, e a polícia civil tem sua meta na investigação e na elabo-ração de inquéritos policiais para o sistema judicial elaborar um julgamento, se baseando na tradição Civil Law. 
Questão 5 (2 pontos)
Essa questão deve ser respondida em duas partes:
De acordo com o material ao qual você teve acesso, responda:
(a) De que maneiras é possível exercer a democracia? Justifique a sua resposta. (1,0)
Resposta: A relação entre o Estado e sociedade deve ser o de promover o bem público, dentro dos paradigmas da ordem e da liberdade ; não basta que apenas um regime seja democrático, o comportamento da sociedade também deve ser.
(b) Tendo em mente o bom funcionamento de uma democracia, é possível afirmar que as manifestações públicas contribuem ou prejudicam o exercício da
democracia? Justifique a sua resposta. (1,0)
Resposta: Depende de que forma será a manifestação, se for de uma maneira ordeira e em danos a integridade física, ao patrimônio público ou individual, configura um ataque a de-mocracia.
Podemos citar uma manifestação positiva que foi o da "Diretas já" em 1984, mas a essên-cia da democracia está na hora de escolher seus representantes, através do voto direto.