A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
AVALIAÇÃO II - Legislação Aduaneira

Pré-visualização | Página 1 de 2

05/10/2020 UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo Da Vinci - Portal do Aluno - Portal do Aluno - Grupo UNIASSELVI
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php 1/5
Acadêmico: Adriele Draeger (1637402)
Disciplina: Legislação Aduaneira (LOD29)
Avaliação: Avaliação II - Individual FLEX ( Cod.:650484) ( peso.:1,50)
Prova: 22389429
Nota da Prova: 10,00
Legenda: Resposta Certa Sua Resposta Errada 
1. A Admissão Temporária é o regime que possibilita a entrada e a saída de bens no país, com
objetivo e tempo definido e suspensão total ou parcial do pagamento de impostos aduaneiros
incidentes na importação. Exige, ainda, o compromisso expresso de reexportação. Sobre a
aplicação deste regime, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: http://fazenda.gov.br/carta-de-servicos/.../aduana-2013-admissao-temporaria-de-
bens. Acesso em: 10 out. 2018.
 a) Esta modalidade permite a importação a título de reposição do mesmo produto na mesma
quantidade a qual será exportada, com isenção de impostos.
 b) A realização das operações de importação são beneficiadas com a suspenção de
impostos dos produtos e mercadorias destinadas na reposição de insumos dos produtos
anteriormente exportados.
 c) Regime oferecido pela Legislação Brasileira que permite importar insumos que seja
transformado em produtos a serem exportados sem as devidas tributações.
 d) Permite a importação de máquinas e equipamentos para exploração econômica
(fornecimentos de serviços ou produção industrial), como arrendamento operacional,
aluguel ou empréstimo. Os impostos são parcialmente suspensos, e seu pagamento será
relativo ao tempo de permanência no país.
05/10/2020 UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo Da Vinci - Portal do Aluno - Portal do Aluno - Grupo UNIASSELVI
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php 2/5
2. Os países têm aumentado a sua interdependência econômica, tornando o comércio
internacional uma atividade muito movimentada. De acordo com Giovanela e Pinho (2012), a
exportação consiste no processo de venda de mercadorias e serviços além das fronteiras de
um país, envolvendo dois agentes principais: o exportador e o importador. Devemos, no
entanto, considerar a participação de outros agentes secundários, mas de grande
importância nas atividades, dentre eles, os agentes de cargas, os armadores, as corretoras
de câmbio, as instituições financeiras, as autoridades normativas e fiscalizadoras, entre
outros. O procedimento de exportação envolve diversos atores que emitem documentos
diversos para que seja considerado regular o envio de mercadorias para exportação. Dentre
os documentos necessários, encontramos o contrato de câmbio, a apólice de seguro e a
fatura consular. Com relação a esses documentos, classifique V para as sentenças
verdadeiras e F para as falsas:
( ) A existência do contrato de câmbio obriga o exportador a transferir ao banco operador
em moeda local o valor em moeda estrangeira da operação de exportação.
( ) A letra de câmbio é título caracterizado como de débito de saque internacional, que
equivale a título de compromisso de dívida.
( ) O documento emitido pela companhia seguradora que tem como base a proposta do
exportador ou importador é reconhecido como apólice de seguro.
( ) O atendimento às formalidades do despacho aduaneiro de importação é concretizado
pela emissão da fatura consular obtida junto às câmaras de comércio que representam os
interesses do país importador no Brasil.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: GIOVANELA, Adriana; PINHO, Amarildo F. de. Processos de Exportação. Indaial:
Uniasselvi, 2012.
 a) F - V - F - V.
 b) V - V - F - F.
 c) F - F - V - V.
 d) V - F - V - F.
3. A Carta de Crédito (Letter of Credit - L/C), ou Crédito Documentário, é um documento
bastante complexo, pois estabelece uma série de cláusulas que devem ser cumpridas. Essa
modalidade oferece garantias ao exportador e ao importador, desde que sejam cumpridas
corretamente todas as cláusulas. Ela envolve alguns bancos nas operações do comércio
internacional. Considerando a quantidade mínima de bancos envolvidos nessa modalidade,
assinale a alternativa CORRETA:
 a) Apenas um.
 b) Cinco.
 c) Seis.
 d) Quatro.
4. Diversos são os custos com relação ao produto importado. Além dos impostos, há alguns
custos pagos após a documentação estar toda regulamentada. Após a autoridade
alfandegária verificar os produtos e a legalidade da operação, é preciso pagar um
despachante e a taxa de armazenagem. Neste mesmo momento paga-se a capatazia, tanto
em portos quanto aeroportos. Com relação aos custos sobre a importação é cobrada a
Armazenagem e a Capatazia. Acerca da tributação que é adicionada as despesas de
Armazenagem e de Capatazia, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: https://www.asaas.com/blog/quais-os-custos-de-importacao/. Acesso em: 5 out.
2018.
 a) Outros tributos e tarifas adicionais.
 b) Tributação sequencial.
 c) Outras tarifas.
 d) Tributos cumulativos.
05/10/2020 UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo Da Vinci - Portal do Aluno - Portal do Aluno - Grupo UNIASSELVI
https://portaldoalunoead.uniasselvi.com.br/ava/notas/request_gabarito_n2.php 3/5
5. Existem diversas definições para nomenclaturas e uma delas denomina-se como uma
linguagem estabelecida para identificação de mercadorias no comércio internacional, listando
os produtos de acordo com critérios lógicos. A necessidade dessa linguagem se deu em
razão de diversas situações decorrentes da comercialização externa de mercadorias entre
países de língua e culturas diferentes. Por esta razão, houve a necessidade de criar uma
linguagem adequada para identificar, em seus detalhes, a mercadoria a ser negociada. Com
a finalidade de compatibilizar as nomenclaturas aduaneiras, foi implantado no comércio
internacional pelo Conselho de Cooperação Aduaneira de Bruxelas o Sistema Harmonizado
de Designação e de Codificação de Mercadorias (SH), quando, em 1983, o Brasil tornou-se
signatário com demais países. Os países do Mercosul sentiram a necessidade de uma
nomenclatura unificada, levando assim à criação da Nomenclatura Comum do Mercosul
(NCM) com base no sistema harmonizado. Com relação ao Sistema Harmonizado (SH) e sua
composição, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( ) Classificação de mercadorias que são comercializadas internacionalmente através de
codificações e respectivas descrições.
( ) Linguagem homogênea entre a descrição da mercadoria e o código numérico.
( ) Facilita as negociações obtendo melhor detalhamento das mercadorias e respectivas
classificações. 
( ) A sua forma de estruturação compreende seções, capítulos, que são divididos em
posições e subposições, atribuídos por códigos numéricos.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: CARPIO, Rômulo F. M. V. Del. Gestão de operações de exportação e importação.
Balneário Camboriú: Fundação Getúlio Vargas, 2010.
 a) F - F - V - V.
 b) V - V - V - V.
 c) V - F - F - F.
 d) F - V - V - F.
6. As empresas exportadoras tem várias formas de comercializar seu produto para o exterior,
exportação de forma direta, forma indireta e via trading Company, conhecida como venda
equiparada. No entanto, com a finalidade de incentivar estas empresas à competitividade e
conquista de novos mercados, e incremento nas exportações, o governo beneficia o
exportador através de incentivos fiscais na redução dos custos dos produtos exportados.
Desta forma, as vendas através das exportações podem ser realizadas no país a sociedades
comercias exportadoras; a clientes no exterior e a empresas comerciais exportadoras no
país. Sobre o exposto, analise as sentenças a seguir:
I- As exportações indiretas, ou seja, o exportador vende suas mercadorias a empresas
comerciais exportadoras, por sua vez, usufruem do custeio dos créditos tributários nas
compras de insumos e da suspensão de pagameto de IPI, ICMS, PIS/Pasep e COFINS,
resultando na isenção após comprovação do