A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Atividade II da AD2 de HPA I 2020 2º

Pré-visualização | Página 1 de 2

Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro
Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro
Avaliação a Distância – AD2 2020/2º
Disciplina: História do Pensamento Administrativo I – HPA I
Coordenadores: José Antônio de Souza Veiga e Marcelo Sobreiro
Aluno (a): ___________________________________ Polo:___________________ 
 (
Orientações para a atividade:
Esta etapa da AD2
 será feita na própria Plataforma na ferramenta “Atividades”.
 
Esta atividade está relacionada com as aulas 
6
 
a 9
 e vale 
4
,0 pontos.
Em caso de dificuldades na postagem da atividade, peça ajuda ao
s
 
mediado
r
es
 a distância.
A atividade deverá ser entregue através dessa ferramenta até a data prevista no cronograma (até
 
18
/
1
0/2020
).
Envie o arquivo em formato 
doc
 ou 
pdf
.
Não deixe para p
ostar a atividade no último dia.
)
Com base nas aulas 6 a 9, preencha as lacunas das afirmativas abaixo. Cada questão desta atividade vale 0,2 ponto, totalizando 4,0 pontos.
1ª Questão: Ao montar a estrutura administrativa, Fayol destacava as áreas da empresa, de acordo com suas funções básicas: , funções técnicas, funções comerciais ,funções de segurança , funções contábeis e funções administrativas .
2ª Questão: 
a) Ford conseguiu colocar em prática a vercatilização porque havia aperfeiçoado as técnicas de produção em massa antes de seus fornecedores, podendo reduzir extremamente os custos, se fizesse tudo por conta própria. Para a época, a verticalização era a solução possível para assegurar a qualidade do produto e a gestão eficiente dos suprimentos de peças e componentes(estoques) . 
b) Não havia fornecedores especializados em número suficiente para atender à demanda das fábricas fordistas. Já as fábricas modernas tornaram-se montadoras, pois terceirizam a produção de todos os componentes e peças dos produtos que vendem. Assim, o processo de horizontalização é o mais adequado em face do grande número de fornecedores especializados que atuam no setor automobilístico. 
3ª Questão: O modelo fordista de produção em massa tem três elementos-chave:
1) a linha de montagem móvel ;
2) o abastecimento através das linhas auxiliares;
3) as linhas de produção de peças .
4ª Questão: 
a) Um dos responsáveis pelo salto de qualidade na organização empresarial no século XX, Alfred Sloan sucedeu o criador da General Motors, Willian Durant , no comando da empresa, seu desafio passou a ser a criação de cultura, estratégia e direção globais, ou seja, produzir carros que atendessem a todos os gostos . 
b) A solução foi a criação de um novo modelo de estrutura organizacional – a estrutura divisional – para dar suporte à gestão de negócios da General Motors. Ao contrário da estratégia de massificação de Ford, a estratégia da General Motors baseava-se na segmentação de mercados.
5ª Questão: 
a) Ford optou pela estratégia de fomento da economia de escala, que consistia no aumento da produção e na diminuição do custo unitário do produto. Isto lhe possibilitou baixar o preço final do produto e ainda obter uma margem de lucro razoável. Para Ford, o consumidor era padronizado ; seu foco era exclusivamente no produto. 
b) Sloan criou um novo conceito de produto: o produto marca (Cadillac, Chevrolet, Oldsmobile), baseando-se na expectativa do americano médio de alcançar status social. Ele priorizava o mercado e procurava atender aos diversos segmentos de consumidores. 
6ª Questão: 
a) O fordismo começou a entrar em declínio em meados dos anos 1960, quando as empresas europeias e japonesas iniciaram seus esforços de exportação para o resto do mundo. Era o início do fim da hegemonia americana, sobretudo no setor automobilístico. 
b) O que os engenheiros europeus e japoneses criticavam no modelo fordista americano era o grande desperdício de materiais, a rigidez a inflexibilidade da produção em massa e vercatilização excessiva da produção, desprezando o imenso potencial dos fornecedores de matérias-primas e componentes.
7ª Questão: Produção flexível consiste em fabricar um produto, em geral em pequenos lotes , de acordo com as encomendas dos clientes. Para isso, é preciso fazer mudanças constantes nas máquinas da linha e produção (MAXIMINIANO, 2000, p. 224). Com a produção flexível utiliza-se menos espaço nas fábricas, já que não há estoque e há menos horas de trabalho.
8ª Questão: O conceito de ________________________, que tem a finalidade de produzir e entregar produtos de alta qualidade e baixo custo, feitos sob medida para atender às necessidades e expectativas dos clientes.
9ª Questão: _____________, um antropólogo australiano radicado nos Estados Unidos e professor das Universidades da Pensilvânia e de Harvard, tornou-se o fundador do movimento das relações humanas. Este movimento surgiu como contraponto à _______________________, centrada nas ideias de Taylor, Fayol e seus seguidores, e tornou-se a base para a _______________________.
10ª Questão: A seguir, os elementos que compõem o sistema Toyota:
1. Todo funcionário verifica a qualidade, identifica e corrige os erros durante o processo. Sempre que necessário, a linha de produção é interrompida para os devidos reparos;
2. As peças chegam de acordo com a necessidade da produção (fim dos estoques) – ________________________________.
3. Fabricação das mercadorias por encomenda – _____________________________, ou seja, uma grande equipe de vendedores domiciliares de automóveis colhem informações sobre os tipos de carros desejados pelos clientes, para que a fábrica os produza sob encomenda.
4. Os fornecedores podem ser empresas formalmente separadas ou podem ser membros do mesmo _______________ (um grupo de empresas ligadas por esquemas de participação acionária nas diversas empresas – _______________________).
11ª Questão: O conceito de______________________, oriundo do modelo de produção japonês, abrange o controle do desperdício em todos os níveis da produção, passando pelo estoque e transporte. Esse sistema tem como finalidade o corte de “gordura” nos processos produtivos industriais, isto é, o que se pretende é eliminar tudo o que não gera valor para o cliente. Uma das ferramentas para controlar os desperdícios é o______________________ em um processo. 
12ª Questão: O_____________ é baseado no conceito que considera os clientes a razão de ser de qualquer empresa, por meio de acompanhamento de dados, análises estatísticas e uma gestão com vistas à melhoria e reinvenção dos processos da produção e de negócios.
13ª Questão: Follett dedicou grande atenção ao estudo do exercício do controle nas organizações. Identificou três tipos de controle organizacional: o ______________, exercido pelo grupo sobre seus membros; o ______________, exercido individualmente por cada indivíduo; e o ____________________________, exercido tanto pelo grupo quanto pelo indivíduo.
14ª Questão: ___________________ foi o precursor no estudo dos males da sociedade industrial e dos efeitos nocivos da vida doentia da fábrica na psique dos trabalhadores. O _________________________ era apenas um sintoma de um problema de maior amplitude. Era o que Mayo denominava __________________________. Os trabalhadores sentiam-se deprimidos porque estavam ____________ e _____________.
15ª Questão: 
a) O movimento em reação à __________________________________, iniciado por Mayo, resultou na _________________________________, que se estabeleceu a partir da necessidade de humanização e ________________________________________. 
b) Mayo realizou pesquisas sobre as condições de trabalho dos operários da ______________________________, uma fábrica de montagem de relés de telefones localizada no bairro de ____________________, na cidade de Chicago (EUA). A fábrica, com 40 mil operários, era vista como um modelo de administração; de repente, sua produção começou a declinar e surgiram conflitos com os trabalhadores.
16ª Questão: Perrow identificou quatro problemas que ocorrem nas organizações
burocráticas:
• _____________________: levar